Simule e contrate

G1


Assistam aos vídeos do telejornal com as notícias das regiões de Sorocaba, Jundiaí e Itapetininga (SP). Assistam aos vídeos do telejornal com as notícias das regiões de Sorocaba, Jundiaí e Itapetininga (SP).
Carlos Mesa afirmou que cabe ao partido dele ser oposição. A apuração oficial ainda está no começo, mas pesquisas indicam vitória no primeiro turno de Luis Arce, candidato do partido de Evo Morales. Candidato de Evo Morales deve vencer a eleição na Bolívia Carlos Mesa, o principal adversário de Luis Arce nas eleições da Bolívia, afirmou nesta segunda-feira (19) em uma rede social que caberá a ele ser da oposição. "Faço um agradecimento a todos os bolivianos que votaram no Comunidade Cidadã (CC). Ao povo boliviano pelo seu compromisso democrático. A todos os dirigentes do CC, a nossos aliados. Cabe-nos sermos líderes de oposição. Honraremos a Bolívia", ele escreveu. Quem é Luis Arce, apontado por projeções como novo presidente do país Initial plugin text A apuração ainda não chegou a um resultado final, mas as pesquisas de boca de urna apontam uma vitória em primeiro turno de Luis Arce, do partido Movimento ao Socialismo (MAS), o mesmo de Evo Morales. Arce tem 53%, segundo a entidade Tu Voto Cuenta, contra 30,8%, de Carlos Mesa. Pela pesquisa, o candidato do MAS alcançou a maioria simples e estaria eleito. Uma pesquisa da Ciesmori divulgada pela rede de TV Unitel mostra números parecidos: Arce com 52,4% e Mesa com 31,5%. No entanto, foram contabilizados cerca de 20% dos votos até agora. "Todos os dados até agora mostram uma vitória para o MAS", disse Evo Morales em uma entrevista coletiva em Buenos Aires. Jeanine Añez, a presidente interina e adversária do MAS, também já declarou que Arce é o vitorioso. Arce foi ministro da Economia de Evo. Ele se pronunciou pouco depois da meia-noite em La Paz. "Nós iremos trabalhar e vamos concluir o processo de mudança sem ódio. Nós vamos aprender e superar os erros que cometemos [no passado] como MAS", disse ele. Resultado oficial Tribunal Eleitoral da Bolívia decide não divulgar resultados preliminares das eleições O resultado pode levar mais de um dia para ser conhecido, pois o Tribunal Superior Eleitoral decidiu eliminar o sistema de apuração preliminar, como mostra o vídeo acima, e manter apenas a contagem individual, muito mais lenta Na eleição de 2019, foi justamente a adoção dos dois sistemas paralelos que causou confusão, quando números do sistema de Transmissão de Resultados Eleitorais Preliminares, batizado de Trep, começaram a diferir da contagem individual de votos. A votação do domingo transcorreu em clima pacífico, e foi encerrada sem problemas às 17 horas (18 horas em Brasília). Os eleitores votaram para escolher quem vai substituir Jeanine Añez, a presidente interina que assumiu em novembro de 2019, após a anulação da votação daquele ano e os distúrbios que levaram Evo Morales a renunciar. Para evitar os problemas do ano passado, grupos ligados a fundações e universidades observaram os locais de votação, segundo Juan Carlos Nunes, da Fundación Jubileo, uma fundação católica de incentivo à democracia no país.

A idosa foi socorrida para uma unidade hospitalar da cidade. Não há informações sobre o estado de saúde. Idosa que teve corpo incendiado por genro, em Limoeiro do Norte, Ceará; ela foi socorrida com vida Arquivo Pessoal Um homem foi preso após atear fogo a sogra, uma idosa de 82 anos, para chamar atenção da mulher, filha da vítima. O caso ocorreu neste domingo (18), no Bairro Doutor José Simões, em Limoeiro do Norte. O criminoso estava sob efeito de bebida alcoólica e confessou o crime à polícia, segundo a Secretaria da Segurança Pública do Ceará. A idosa foi socorrida com vida para uma unidade hospitalar da cidade. Não há informações sobre o estado de saúde dela. O Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE) esteve no local para conter as chamas que também atingiram partes da casa. O genro foi autuado por homicídio doloso, informou a secretaria. Um inquérito policial foi instaurado na Delegacia Regional de Russas, da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), e as circunstâncias do caso serão apuradas pela Delegacia Municipal de Limoeiro do Norte.
O presidente do Conselho de Ética do Senado, Jayme Campos (DEM-MT), afirmou nesta segunda-feira (19) que o senador Chico Rodrigues (DEM-RR) deveria se licenciar do mandato por 121 dias a fim de 'não ter nenhuma dúvida de que ele quer, de fato, esclarecer a verdade". Jayme Campos deu a declaração em Brasília após ter se reunido com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), na residência oficial do Senado. Na semana passada, Chico Rodrigues foi flagrado com R$ 33 mil na cueca. O dinheiro foi encontrado durante uma operação que cumpriu mandados de busca e apreensão na casa do parlamentar. A operação apura suposto esquema de desvio de recursos públicos destinados ao combate ao coronavírus em Roraima. Rodrigues nega as acusações. Afirma ainda que o dinheiro serviria para ele pagar funcionários. Após a operação, partidos políticos protocolaram uma representação no Conselho de Ética no Senado para cassar o mandato de Chico Rodrigues. O Supremo Tribunal Federal discutirá nesta semana a situação do senador. "Alguns acham que tem que aguardar, naturalmente, a decisão do colegiado do STF. Outros acham que seria bastante oportuno o próprio senador Chico Rodrigues que, naturalmente, poderia até pedir uma licença por 121 dias para deixar muito tranquila a apuração para os órgãos de controle, pelos órgãos de fiscalização, na medida em que apenas tem um inquérito contra ele, não tem nenhuma coisa de forma concreta, nenhum processo ainda contra o senador Chico Rodrigues", declarou o presidente do Conselho de Ética nesta segunda-feira. "Se eu fosse ele [Chico Rodrigues], eu pediria uma licença por 121 dias para não ter nenhuma dúvida de que ele quer, de fato, esclarecer a verdade. E a verdade, com certeza, será na medida em que este inquérito poderá transformar em processo e ele, o que alega na própria representação, poderá certamente tentar coagir do exercício do mandato alguma pessoa ou outra, quem quer que seja, para que naturalmente não seja retratada a verdade", acrescentou Jayme Campos.

Confira as reportagens do telejornal na região noroeste paulista. Confira as reportagens do telejornal na região noroeste paulista.

Entidade demonstrou preocupação com o início do inverno na Europa e América do Norte. Ainda nesta segunda-feira (19), OMS informou que 184 países aderiram à iniciativa Covax. Diretor geral da OMS, Tedros Adhanom, durante coletiva de imprensa em Genebra. JN O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, demonstrou nesta segunda-feira (19) preocupação com a chegada do inverso no Hemisfério Norte, em especial na Europa e nos Estados Unidos. "Na sexta-feira, falamos da fase preocupante em que a pandemia da Covid-19 entrou. À medida que o Hemisfério Norte entra no inverno, vemos os casos se acelerarem, principalmente na Europa e na América do Norte", afirmou Tedros durante coletiva. O diretor de emergências da OMS, Mike Ryan, também lembrou da Ásia, onde alguns países têm registrado aumento nas infecções e afirmou que o mundo está entrando em uma segunda onda da pandemia. "A segunda onda está chegando", afirmou Ryan. "Quando vemos a Ásia, vemos que países que foram pouco afetados na primeira onda estão sendo mais afetados agora", alertou o diretor de emergências da OMS. A líder técnica, Maria van Kerkhove, afirmou que "não há uma a segunda onda inevitável", mas lembrou que, neste momento da pandemia, os países e os sistemas de saúde já sabem o que fazer e como achatar a curva de transmissão nas comunidades. "Este vírus opera em clusters e precisa das pessoas para se propagar", lembrou van Kerkhove, pedindo que os países evitem eventos coletivos e reuniões presenciais, principalmente em lugares fechados. "Temos que estar preparados para abrir mão do que gostamos neste momento [para conter a segunda onda]", completou Ryan. A OMS reforçou que os sistemas de saúde testem todos os casos suspeitos, rastreiem os contatos e isolem por 14 dias os infectados. "Temos que rastrear e localizar todos os casos", afirmou van Kerkhove. "Os indivíduos infectados devem ser quarentenados fora de casa [se vivem com outras pessoas] e por 14 dias. Isso significa não sair de casa, não ir trabalhar, não receber visitas." Aliança Covax Ainda nesta segunda, a OMS informou que 184 países aderiram à aliança internacional Covax, uma iniciativa liderada pela entidade que irá garantir a compra equitativa da futura vacina contra a Covid-19. O último número anunciado havia sido de 171 países. Os últimos países a aderirem, segundo Tedros, foram Uruguai e Equador. A entidade voltou a afirmar que espera que as vacinas adquiridas pela Covax cheguem aos idosos e demais grupos de risco até o início de 2021. Covid-19: países europeus ampliam medidas para conter segunda onda de infecção Mais de 40 milhões de infectados O mundo alcançou a marca de 40 milhões de casos confirmados de coronavírus, segundo o monitoramento da universidade norte-americana Johns Hopkins nesta segunda. O número de mortos pela Covid-19 desde o início da pandemia em todo o planeta passa de 1,1 milhão. Segundo o levantamento, o país com o maior número absoluto de casos continua sendo os Estados Unidos, com mais de 8,1 milhões. Em seguida, vem a Índia, com mais de 7,5 milhões. O Brasil aparece em terceiro lugar, com mais de 5,4 milhões de registros do coronavírus desde o início da pandemia. Os três países concentram mais da metade dos casos no mundo. VÍDEOS: Reportagens sobre o coronavírus do JN Initial plugin text
PM disse que vítima brigou com dono do estabelecimento e filho do proprietário é o principal suspeito. Ninguém foi preso. Um homem de 53 anos foi esfaqueado e morto na tarde deste domingo (18) no Bairro Jardim Primavera, em Uberaba. Testemunhas disseram que o crime foi em decorrência de um desentendimento em um bar entre a vítima e o pai do autor. O suspeito do crime não foi encontrado. Parentes da vítima acionaram o Serviço Móvel de Urgência (Samu) após verem ele caído no quintal de casa. O homem tinha três perfurações, sendo duas na região da barriga e uma no pescoço. Ele estava em parada cardiorrespiratória, os médicos tentaram reanimar, mas morreu no local. A Polícia Militar (PM) foi chamada e uma testemunha, 75 anos, contou que é dono de um bar e no dia anterior a vítima estava bêbada e teria passado a mão em uma cliente. O idoso pediu para que ele não repetisse o ato e houve um desentendimento e ameaça de morte por parte do cliente. Ainda segundo a polícia, na tarde deste domingo, o filho do idoso, um homem de 39 anos, ficou sabendo do desentendimento e quis tirar satisfação com a vítima. Durante a conversa, ambos brigaram e o autor esfaqueou o homem. Em seguida, ele fugiu. O sobrinho da vítima ouviu barulho e, ao olhar pelo muro da casa, viu o tio caído. Ele chamou o Samu e contou que o homem era alcoólatra e tinha constantes atritos com vizinhos. A perícia técnica esteve no local para a realizar os trabalhos e a remoção do corpo para o Instituto Médico Legal (IML). A polícia segue no rastreamento do autor.

Bebê foi encontrada dentro de saco plástico, ainda ligada à placenta e com o cordão umbilical intacto no domingo (18). Nesta segunda-feira (19), ela segue internada em hospital no Recife, com quadro clínico estável. Recém-nascida encontrada em lixeira no Cabo de Santo Agostinho passa bem A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar quem abandonou a recém-nascida encontrada dentro de uma sacola plástica em uma lixeira no município do Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife, na manhã do domingo (18). Nesta segunda-feira (19), a bebê permanece com quadro clínico estável no Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), no Centro da capital pernambucana (veja vídeo acima). O caso é investigado pelo delegado Rafael Duarte, da Delegacia do Cabo de Santo Agostinho. Ainda ligada à placenta e com o cordão umbilical intacto, a recém-nascida foi encontrada em uma lixeira na Rua Evangélica, no bairro de Pirapama, após um senhor escutar o choro da bebê e ligar para a Polícia Militar (PM). Bebê foi deixado em lixeira em Pirapama, no Cabo de Santo Agostinho Polícia Militar/Divulgação “Quando eu me acordei, meu vizinho disse que o avô dele tinha escutado o choro de uma criança e pensou que era um gatinho. Mas, quando viu, foi um neném que estava enrolado em um plástico”, contou a dona de casa Renata Alves, que mora próximo ao local de onde a recém-nascida foi encontrada. O resgate da bebê foi feito pelos soldados Caio Melo e Marcilene da Silva, que faziam rondas em uma viatura da PM pelo local. “Inicialmente foi um choque. Quando eu abrir o saco, eu achei que ela estava sem vida, mas eu mexi mais um pouco e ela se mexeu. Aí foi o momento de correria para salvar aquela vida”, disse Caio. Bebê foi deixado em lixeira e resgatado por PMs no Cabo de Santo Agostinho Polícia Militar/Divulgação “Foi muita emoção naquele momento e tristeza por ela se encontrar naquela situação. Fiquei grata a Deus por estar ali para ajudar a socorrê-la e salvar a vida dela”, contou Marcilene. Eles levaram a bebê para o Hospital Infantil do Cabo, onde a recém-nascida recebeu os primeiros cuidados médicos. Depois, ela foi transferida para o Imip. Em nota, a instituição afirmou que a bebê deu entrada na Emergência Pediátrica às 10h30 do domingo (18), pesando 2,6 quilos. “A referida criança foi prontamente atendida, realizando exames iniciais para análise de suas condições clínicas, entre outras medidas médicas necessárias. No momento, encontra-se em observação e estável clinicamente”, declarou o Imip na nota. Atenção: imagem forte G1 Bebê achada por policiais em lixeira foi internada no Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira, no Recife Polícia Militar/Divulgação Conselho Tutelar A conselheira tutelar do Cabo, Sheila Ferreira, afirmou ao G1 que o Conselho Tutelar foi avisado sobre o caso pelo hospital e que, quando a bebê tiver alta, vai para uma casa de acolhimento do município. Além disso, o Conselho Tutelar vai encaminhar um relatório sobre a situação para o Ministério Público de Pernambuco para que a Justiça decida o que acontece com a recém-nascida, que ficará na casa de acolhimento até sair a decisão judicial. "A gente vai na delegacia também registrar um boletim de ocorrência para que essa mãe seja identificada", declarou. Até a última atualização desta reportagem, não havia informações sobre a identificação da mãe da bebê. Vídeos mais vistos do G1 nos últimos 7 dias

Setor teve renda de R$ 1 milhão com mais de 66 mil pessoas indo aos cinemas de quinta (15) a domingo (18). "A ilha da fantasia" Divulgação/SONY PICTURES ENTERTAINMENT "A Ilha da Fantasia" voltou a liderar a bilheteria nacional de quinta (15) a domingo (18). Mais de 66,8 mil pessoas foram aos cinemas gerando uma renda de R$ 1,05 milhão para o setor no período, segundo dados da ComScore. O filme com Michael Peña e Lucy Hale foi visto por 18 mil pessoas e teve uma renda de R$ 301,1 mil no período. O longa já esteve no primeiro lugar do ranking em outras duas semanas. (Veja lista completa de bilheteria abaixo). "Scooby - O Filme", líder da semana anterior, caiu para segundo lugar com arrecadação de R$ 281,6 mil e público de 18,9 mil. Já o filme "40 dias - O Milagre da Vida" completa o top 3. Como é feita a programação dos cines drive-in Como as sessões e salas vão se adaptar para a reabertura O levantamento semanal da ComScore não informa quantas salas de cinema estão abertas e quantos cinemas drive-in enviaram os dados de bilheteria. Veja o ranking da bilheteria no país: 'A Ilha da Fantasia' - R$ 301, mil 'Scooby - O Filme' - R$ 281,6 mil '40 dias - O Milagre da Vida' - R$ 110,7 mil 'As Faces do Demônio" - R$ 98,55 mil 'É Doce!' - R$ 71,3 mil 'A maldição do espelho' - R$ 61,2 mil 'O Roubo do Século' - R$ 45,3 mil 'Magnatas do Crime' - R$ 30,8 mil 'Harry Potter e a Pedra Filosofal' - R$ 29,3 mil 'Armas em Jogo' - R$ 27 mil Cinemas reabrem na cidade de São Paulo com protocolos rígidos VÍDEOS: Semana Pop explica temas do entretenimento

Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Sul do Rio de Janeiro e Costa Verde. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Sul do Rio de Janeiro e Costa Verde.

TEM Notícias apresenta as propostas dos oito candidatos à Prefeitura de Sorocaba (SP) com o tema emprego. Candidatos à Prefeitura de Sorocaba falam sobre propostas para área de empregos Divulgação O TEM Notícias 1ª edição está apresentando as propostas dos candidatos a prefeitos de quatro cidades da região para determinados assuntos de interesse dos cidadãos. O tema desta semana é emprego. Os candidatos enviaram vídeos à TV TEM falando das principais propostas do plano de governo para a área de empregos. Cada um teve direito a até 30 segundos. Confira abaixo, em ordem alfabética por nome usado na urna eletrônica, as propostas dos oito candidatos à Prefeitura de Sorocaba (SP): Carlos Péper (Solidariedade) - 77 Candidato a prefeito Carlos Péper fala sobre propostas para empregos em Sorocaba "Vamos dar incentivos fiscais às empresas que já existem aqui, desde que elas aumente o número dos seus funcionários, gerando mais empregos. Também vamos atrair novas indústrias para que nossa Sorocaba tenha condições de gerar emprego para todos que aqui moram, dando dignidade a eles." Dr. Leandro (Democratas) - 25 Candidato a prefeito Dr. Leandro fala sobre propostas para empregos em Sorocaba "Precisamos de um plano de ação rápida, onde irei diminuir os impostos das empresas para gerar empregos, facilitar aberturas de novas empresas, tornar Sorocaba mais atrativa para o grande investimento, qualificar e dar oportunidades aos jovens, e, principalmente, acabar com a burocracia para incentivar o empreendedor." Jaqueline Coutinho (PSL) - 17 Candidata a prefeita Jaqueline Coutinho fala sobre propostas para empregos em Sorocaba "Vamos trabalhar em três eixos a atração de novas empresas para criação de novas vagas. Qualificação dos trabalhadores com ampliação e diversificação dos cursos ofertados pela Uniten e o fortalecimento da atuação do PAT, fazendo com que as vagas de emprego cheguem até o trabalhador." Maria Lúcia (PSDB) - 45 Candidata a prefeita Maria Lúcia fala sobre propostas para empregos em Sorocaba "Com ideias criativas e soluções inovadoras, vou recolocar a cidade nos trilhos. Com o programa Praça Viva, vamos garantir renda a pelo menos 400 famílias, que trabalharão na zeladoria comunitária das nossas praças. Vou reduzir o tempo para abertura de empresas na cidade, levar células do Parque Tecnológico aos bairros, fomentando a inovação e o empreendedorismo." Prof. Flaviano Lima (Avante) - 70 Candidato a prefeito Prof. Flaviano Lima fala sobre propostas para empregos em Sorocaba "Planejamos transformar o distrito do Éden em um novo polo industrial de alta tecnologia de Sorocaba. Vamos apresentar um plano de regularização de dívidas municipais e estudar incentivos fiscais para empresas que têm o projeto de expansão com geração de empregos. Vamos implantar o 'Sorocaba é Ágil' de licenciamento de obras e abertura de empresas, além de criar o Fundo de Crédito Sorocaba, que garante o Renda Família Sorocabana de incentivo à qualificação profissional." Raul Marcelo (PSOL) - 50 Candidato a prefeito Raul Marcelo fala sobre propostas para empregos em Sorocaba "Uma das primeiras medidas que vamos tomar é alteração dos grandes contratos de zeladoria de Sorocaba, que estão indo hoje para grandes empresas, transformando em milhares de pequenos contratos, contratando diretamente os Microempreendedores Individuais da própria comunidade para fazer o serviço de limpeza e também de manutenção dos próprios municipais nas escolas e nos postos de saúde." Renan (PDT) - 12 Candidato a prefeito Renan fala sobre propostas para empregos em Sorocaba "Vou criar programas de incentivo fiscal para direcionar investimentos aos bairros com baixo número de vagas formais. Vou articular com bancos públicos a oferta de linhas de créditos com taxa de juros reduzidas para pequenos e microempreendedores. Quero criar o programa Emprego Direto, que estabelece que empresas terceirizadas do município devam contratar 50% de seus funcionários através do PAT." Rodrigo Manga (Republicanos) - 10 Candidato a prefeito Rodrigo Manga fala sobre propostas para empregos em Sorocaba "Nós vamos dar início aqui ao projeto 'Arruma Sorocaba', semelhante ao que acontece em Diadema, aonde a prefeitura contrata pessoas que estão desempregadas ou que fazem parte de algum programa social do Governo Federal com Bolsa Família. Essas pessoas vão trabalhar com zeladoria e cuidados das ruas e praças da nossa cidade, ganhando um salário mínimo e uma cesta básica. De imediato, vamos contratar duas mil pessoas, podendo dobrar esse número para quatro mil pessoas." VÍDEOS: Funciona Assim Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí

Números desta segunda-feira mostram mais duas mortes e 337 novos casos. Desde o início da pandemia, 34.525 pessoas se recuperaram da doença. Boletim epidemiológico desta segunda-feira (19) mostra que Campinas (SP) somou mais duas mortes pela Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, e chegou a 1.287 moradores que faleceram desde o início da pandemia. A cidade também alcançou a marca de 36.140 casos, alta de 337 em relação ao balanço de sexta-feira (16) -- a prefeitura não envia balanços aos fins de semana. Os novos casos e os óbitos contabilizados pelo governo municipal não significam que ocorreram de um dia para o outro, mas sim que foram registrados no sistema após resultados de exames. Veja, abaixo, os números atualizados pela administração municipal e o comparativo com o boletim epidemiológico mais recente, de sexta (16). Confirmados: 36.140 (337 a mais) Em investigação: 559 (cinco a menos) Descartados: 75.683 (1.404 a mais) Óbitos em investigação: 10 (uma a menos) Recuperados: 34.525 (489 a mais) Pessoas internadas com Covid: 266 (cinco a menos) Pessoas em isolamento domiciliar: 59 (149 a menos) Óbitos: 1.287 (dois a mais) Idade, sexo, comorbidades: veja o perfil das vítimas em Campinas Acompanhe no gráfico abaixo o total de casos positivos desde 13 de março, quando Campinas registrou o primeiro morador infectado, e o acumulado diário com dados da administração municipal. Veja, agora, a curva de casos por data de confirmação pela prefeitura desde o início da pandemia. Novas mortes As vítimas registradas nesta segunda-feira tinham entre 59 e 91 anos. A mais nova possuía doenças preexistentes (comorbidades), enquanto a outra não. Veja os detalhes abaixo: 23/09: Homem, 56 anos, com comorbidades. Estava em hospital público. 16/10: Mulher, 91 anos, sem comorbidades. Estava em hospital privado. A Secretaria de Saúde ainda aguarda resultados de exames de mais 10 pessoas que morreram com suspeita da Covid-19. Confira a curva do número de mortes acumuladas por dia do registro do óbito desde o início da pandemia no gráfico abaixo. Veja abaixo a curva de óbitos por data de registro na cidade desde o início da pandemia até os dados contabilizados pela administração nesta quarta-feira. VÍDEOS: mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias Formas erradas e corretas de usar máscara de proteção contra o coronavírus Arte/G1 Initial plugin text Veja mais notícias da região no G1 Campinas.
A partir desta segunda-feira (19), unidades do Ciretran em Cabo Frio, Macaé, Santo Antônio de Pádua e Miracema funcionam a partir das 8h. O Detran-RJ reabriu nesta segunda-feira (19) mais 16 postos de Ciretrans. No interior do Rio, os postos que retomaram os atendimentos ficam nas cidades de Cabo Frio, Macaé, Santo Antônio de Pádua e Miracema. Além da reabertura, também foram disponibilizados novos horários nos postos de vistoria. O atendimento começa mais cedo, às 8h, aumentando a capacidade diária de usuários nos postos. Outra medida adotada a partir desta segunda-feira é a mudança na dinâmica de atendimento nestes postos. Todos os serviços veiculares que não requerem vistoria voltam a ser realizados nas salas de atendimento, sem necessidade do modelo drive-thru. “Estamos trabalhando para que as unidades sejam reabertas, com total segurança para funcionários e usuários. Estamos disponibilizando os EPIs necessários e seguindo todos os protocolos de saúde. Com mais essas 16 unidades, já conseguimos reabrir todas as 28 Ciretrans no estado e, em breve, vamos disponibilizar mais serviços nesses locais”, frisou o presidente do Detran.RJ, Adolfo Konder. Nas unidades de Nova Iguaçu, Mesquita, São João de Meriti, Macaé, Santo Antônio de Pádua, Barra Mansa, Resende, Cabo Frio, Barra do Piraí, Valença, Miracema, Itaboraí, Três Rios e Angra dos Reis, estão disponibilizados os serviços de Licenciamento Anual. Além da reabertura de unidades, o Detran também está ampliando as vagas para transferência de propriedade especial em outras Ciretrans. Com aumento de 200 vagas em todo o estado, o serviço também está disponível em Campos dos Goytacazes, Nova Friburgo, Volta Redonda, Araruama, Macaé, Barra Mansa, Cabo Frio, Barra do Piraí, Itaboraí e Maricá. As Ciretrans funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h e, para evitar aglomeração, os serviços precisam ser agendados através do site, www.detran.rj.gov.br, ou teleatendimento (21) 3460-4040/4041/4042. Aumento no atendimento em postos de vistoria A partir desta segunda (19), também serão disponibilizados novos horários nos postos de vistoria. O atendimento ganha mais uma hora, passando a ser realizado de 8h às 17h, aumentando a capacidade diária de usuários nos postos. Além disso, para facilitar ainda mais o usuário, e evitar aglomeração nas unidades, todos os serviços veiculares que não requerem vistoria serão realizados nas salas de atendimento, sem a necessidade de levar o veículo. Os serviços de transferência de propriedade, alteração de município, troca de jurisdição, segunda via de Certificado de Registro de Veículo (CRV) e troca de placa continuarão a ser realizados no modelo drive-thru, onde o motorista não precisa sair do veículo para realizar o procedimento. É necessário respeitar o horário agendado, sem antecipação, para não causar fila e consequente aglomeração, o que não é o desejável neste período de pandemia. O Detran-RJ também pede para que as pessoas não levem acompanhantes aos postos.

José Fortunati (PTB) fez uma sequencia de entrevistas pelas internet, dentro do estúdio onde grava os programas eleitorais, enquanto João Derly (Republicanos) visitou uma creche particular na Vila Ipiranga. Sebastião Melo (MDB) gravou programa eleitoral, na Usina do Gasômetro. Os candidatos à Prefeitura de Porto Alegre cumpriram compromissos de campanha nesta segunda-feira (19), de acordo com agenda eleitoral na cidade. A RBS TV acompanha três candidatos por dia. Veja em ordem alfabética, do nome na urna, como foi o dia dos candidatos: José Fortunati (PTB), João Derly (Republicanos) e Sebastião Melo (MDB). Confira as agendas dos candidatos à Prefeitura de Porto Alegre José Fortunati (PTB) José Fortunati (PTB) Reprodução/RBS TV O candidato José Fortunati, do PTB, fez uma sequencia de entrevistas pelas internet, dentro do estúdio onde grava os programas eleitorais. A primeira delas a jornalistas de São Paulo. Na pauta, questões sobre a política local e nacional. Fortunati falou sobre como pretende organizar o ano letivo de 2021, caso seja eleito, e também sobre os planos para melhorar a qualidade da educação na cidade. "Em primeiro lugar, temos que garantir que ano letivo de 2021 aconteça com muita segurança. Comunidade tem que ter um protocolo de saúde bastante seguro pra que ao voltar pras aulas, a comunidade escolar tenha essa segurança. Em segundo lugar, temos que trabalhar retorno da escola de tempo integral, que na minha gestão nós aplicamos em todas as escolas e que infelizmente atualmente poucas escolas continuam com educação em turno integral. Terceira proposta é trabalharmos para formação continuada dos profissionais da educação pra que nós possamos crescer no IDEB". João Derly (Republicanos) João Derly (Republicanos) Reprodução/RBS TV João Derly, candidato do Republicanos, visitou uma creche particular na Vila Ipiranga, na Zona Norte de Porto Alegre. Ele conversou com a proprietária da escolinha e conheceu as medidas adotadas para proteger às crianças do novo coronavírus. O candidato disse que, se eleito, pretende criar projetos para ampliar o atendimento integral dos alunos na rede municipal. "A gente vai trabalhar fortemente no plano municipal de educação e aí ouvir todo o setor e a gente colher dados pra gente poder fazer ação mais efetiva pra melhorar a educação da cidade de Porto alegre. Trabalhar também fortemente na questão do contraturno, porque eu sou fruto do contraturno. Quando criança eu pude conhecer o judô, que me levou a ter vários benefícios na questão esportiva. A gente poder fortalecer a questão esportiva, achar as altas habilidades que estão escondidas. A gente vai trabalhar fortemente pra gente achar as altas habilidades e oportunizar as crianças a se desenvolverem". Sebastião Melo (MDB) Sebastião Melo (MDB) Reprodução/RBS TV Sebastião Melo, candidato à prefeitura pelo MDB, gravou programa eleitoral, na Usina do Gasômetro, na Orla do Guaíba, onde falou sobre o projeto de obras do local. Na ocasião, o candidato também destacou suas propostas para a educação na Capital. Ele falou da retomada das aulas no ano que vem e do plano para aumentar a nota do Ideb, o Índice de desenvolvimento da educação básica. "Quero discutir fortemente o combate à evasão escolar. Quero discutir também um plano de metas pra cada escola. Eu penso que o diretor de uma escola tem que acompanhar turma por turma, e aquela turma daqueles que não estiverem bem numa turma, tem que ir pro reforço escolar pra aprender, mas reforço escolar no turno inverso. Acredito numa escola que você potencialize os conselhos municipais, que envolva a comunidade. Acredito numa escola que tenha mais tecnologia, que ensine o aluno pra vida". Pesquisa do Ibope revela intenções de voto para a Prefeitura de Porto Alegre nas eleições Veja outros vídeos sobre Eleições 2020 no RS

Dois prédios da cidade serão grafitados por Sarah Soares e Diógenes Moura no 'Festival Paredes Vivas', que tem objetivo de conscientizar a população sobre assuntos ambientais e sociais. Diógenes Moura é graduado pela Faculdade de Administração e Arte de Limeira e iniciou seu trabalho artístico aos 12 anos Arquivo pessoal A Cidade de Piracicaba (SP) recebe de 19 de outubro a 15 de novembro o Festival Paredes Vivas, que convida artistas locais para pintar dois grandes murais de graffiti nas paredes laterais de prédios da cidade. O projeto utiliza a arte urbana com objetivo de conscientizar a população sobre assuntos ambientais e sociais. Além de Piracicaba, o festival também acontecerá em Cotia (SP), Jundiaí (SP) e na capital paulista. Sarah Soares Fernandes, de Piracicaba, descobriu sua paixão pela arte no ano de 2018 Arquivo Pessoal O primeiro mural será feito por Sarah Soares, no dia 19 de outubro, na parede do Edifício Metrópole que fica na Rua Alfredo Guedes, 2020. Já o segundo mural será produzido no dia 2 de novembro por Diógenes Moura, no Edifício Fecchio, na Avenida Rui Barbosa, 126. O festival também vai disponibilizar uma série de cinco vídeo-aulas sobre a temática ambiental e arte urbana, com acesso gratuito e livre para toda a comunidade escolar. Os professores e alunos interessados poderão baixar os vídeos educativos no site do festival. Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba
Assista aos telejornais da TV Bahia

Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Santa Catarina. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Santa Catarina.

Veja as reportagens das regiões de Campinas e Piracicaba. Veja as reportagens das regiões de Campinas e Piracicaba.
A ocorrência foi registrada pelo Corpo de Bombeiros, na noite deste domingo (18). Um motorista, que não teve a idade divulgada, morreu carbonizado, em um acidente com uma carreta na BR-354 próximo a Córrego Danta, na noite deste domingo (18). Conforme o Corpo de Bombeiros, a carreta conduzida pela vítima pegou fogo após tombar na pista. O trânsito no local ficou interditado até por volta das 4h desta segunda-feira (19). O G1 entrou em contato com a Polícia Militar Rodoviária (PMR) nesta segunda, para saber as causas do acidente e a identificação do motorista, mas até a última atualização desta matéria não teve retorno.

Uma outra vítima foi baleada e está internada. Crime aconteceu na tarde de domingo (18) e é investigado pela Polícia Civil. Três homens foram assassinados e um ficou ferido depois de um ataque de criminosos no bairro Camata, em Pedro Canário, no Norte do Espírito Santo, na tarde deste domingo (18). Segundo informações da polícia, as vítimas estavam na Rua das Casinhas da Caixa e teriam sido surpreendidas por um grupo de sete homens armados que atiraram contra eles. A Polícia Militar foi chamada até o local do crime e encontrou as três vítimas caídas na rua já mortas. Depois, a PM recebeu a informação de que o outro homem baleado teria dado entrada no Hospital Menino Jesus e foi encaminhado para o Hospital Roberto Silvares, no município de São Mateus. A motivação, segundo a PM, teria relação com o tráfico de drogas. A perícia da Polícia Civil esteve no local e a Delegacia de Polícia de Pedro Canário recolheu provas para a apuração do caso. Nenhum dos suspeitos foi detido. Delegacia de Pedro Canário Divulgação/Polícia Civil Monitor da Violência: veja todos os vídeos: Veja o plantão de últimas notícias do G1 Espírito Santo

Moradores próximos à Praça Nossa Senhora da Conceição denunciaram evento às autoridades. Grupo fugiu após a chegada dos fiscais e ninguém foi identificado. Agentes da Guarda Civil Municipal de Franca (SP) e fiscais da Vigilância Sanitária encerraram um encontro com ao menos 100 jovens na Praça Nossa Senhora da Conceição, no Centro do município, na tarde de domingo (18). Ninguém havia sido identificado até a manhã desta segunda-feira (19). Vídeos enviados por moradores à reportagem da EPTV, afiliada da TV Globo, mostram o grupo reunido em diversos pontos da praça, inclusive na concha acústica, onde as pessoas subiam no palco para dançar. Segundo o diretor da Vigilância Sanitária, Felipe Granzotti, os jovens não usavam máscara e nem respeitavam o isolamento social, medidas que foram adotadas para evitar a propagação do novo coronavírus entre os moradores. Até esta segunda-feira (19), Franca registra 7.228 casos de Covid-19 e 170 mortes. Com taxa de ocupação em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em 60%, o município e a região estão na fase amarela do Plano São Paulo, fase que permite a retomada de algumas atividades, mas ainda não libera eventos festivos que gerem aglomeração. Jovens dançam na concha acústica de Franca (SP) Reprodução / EPTV Dispersão Granzotti afirma que a Vigilância Epidemiológica recebeu diversas denúncias de moradores sobre o encontro dos jovens na praça. Havia relato de aglomeração, som alto e até mesmo de uso de drogas. A Guarda Civil Municipal foi acionada e esteve no local junto com os fiscais da vigilância. No entanto, quando os agentes chegaram, os jovens correram e fugiram sem a possibilidade de identificação. "Mesmo assim, conseguimos identificar que havia o 'rolezinho'. Tinha uma caixa de som, que alguns jovens colocavam música para outros dançassem em cima da concha acústica”, diz Granzotti. GCM e Vigilância Sanitária encerram encontro de jovens sem máscara em Franca (SP) Reprodução / EPTV Revolta Os flagrantes foram parar nas redes sociais e revoltou moradores da cidade, que fizeram comentários criticando a aglomeração dos jovens. “Inacreditável. Não devem ter pais em casa ou não pensam que podem levar o vírus pros pais”, escreveu um internauta. “Passei lá e fiquei de boca aberta. Até comentei com meu esposo se tinha acabado o vírus, com tanta gente sem máscara, aglomeração, o trenzinho. E a polícia lá fazendo o comando”, disse outra moradora. “Uma bagunça total. Vários andando de bicicleta no meio da praça cheia. Levo minha filha lá todo domingo. Hoje não teve condições de ficar”, desabafou. Moradores de Franca (SP) protestam em redes sociais após aglomeração de jovens em praça Reprodução / EPTV
Rodovia está interditada nos dois sentidos, na ponte do rio Tamanduá, e sem previsão de liberação, informou a PM. Segundo o Corpo de Bombeiros, cerca de 35 mil litros de diesel foram derramados. Uma carreta carregada com combustível tombou, na manhã desta segunda-feira, na BR-146, em Araxá. Segundo o Corpo de Bombeiros, o tombamento ocorreu no km 140, na ponte do rio Tamanduá, e houve derramamento do produto. A rodovia está interditada nos dois sentidos e sem previsão de liberação, informou a Polícia Militar (PM). O motorista informou que perdeu o controle ao tentar desviar de um carro que vinha na contramão. Ele teve um corte na perna e escoriações, e foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Araxá. Como havia risco de explosão, o local foi isolado e o trânsito interditado nas duas pistas. Equipes da Polícia Militar de Meio Ambiente também está no local. Técnicos do Núcleo de Emergência Ambiental (NEA), ligado à Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), foram acionados. O G1 segue acompanhando.

Essa foi a menor cota registrada no mês de outubro desde a década de 70. “O que estamos vendo em outubro é anormal’, diz coordenador adjunto da Defesa Civil. Rio Acre se aproximou de atingir menor cota no fim de semana Lidson Almeida/Rede Amazônica Acre O Rio Acre atingiu a cota de 1,32 metro neste domingo (18) em Rio Branco - menor cota histórica registrada para outubro. O manancial ficou também dois metros acima da cota histórica, que é de 1,30 metro, registrada em 2016. Já nesta segunda-feira (19), o rio subiu 13 centímetros e chegou a 1,45 metro. A Defesa Civil do estado alertou que outubro tem registrado cotas bem abaixo dos últimos anos, o que é incomum para o período. Um dos níveis mais baixos registrado em outubro foi em 2017, quando chegou a 1,55. No ano passado, no mesmo mês, essa cota era de 1,86 metro. “A tendência agora é do aumento das chuvas até o final de abril, porque no mês de outubro, começamos a ter chuvas nessa transição da estiagem para o inverno amazônico”, explica o coordenador estadual adjunto de proteção e Defesa Civil, tenente-coronel Eden Santos. A Defesa Civil espera 50 milímetros de acumulado de chuvas até 22 de outubro. “Agora vamos ter um aumento que vai ser reflexo desse aumento das chuvas. A tendência é que suba o rio, estabilize e volte a cair a cota e fique nessa instabilidade. O que a gente está vendo em outubro é anormal, porque neste período o rio deveria estar mais cheio e ele quase se aproxima da cota histórica”, finaliza. Com 1,32 metro, Rio Acre registrou a menor cota do rio para outubro Lidson Almeida/Rede Amazônica Acre VÍDEOS: Jornal do Acre 2ª Edição:

Acidente ocorreu após motorista perder o controle da direção em Guajará-Mirim. Jovem que morreu na hora foi identificado como Igor Lobo. Acidente na zona rural de Guajará-Mirim deixou um morto WhatsApp/Reprodução Um jovem de 24 anos, identificado como Igor Carvalho Lobo, morreu depois de ser arremessado para fora de um veículo durante um capotamento na zona rural de Guajará-Mirim (RO), no início da noite de domingo (18). Dentro do carro havia cinco pessoas, entre elas uma grávida de nove meses, que se feriu. Aos policiais militares, o motorista de 21 anos contou que seguia com o veículo pela linha rural (a caminho de uma partida de futebol), quando ele perdeu o controle da direção e o carro capotou por diversas vezes. Durante o capotamento, Igor Carvalho foi arremessado para fora e morreu na hora. O carro foi parar a cerca de quinze metros da estrada. Segundo apurado pela Polícia Militar (PM), no automóvel estavam cinco pessoas, sendo três homens e duas mulheres, uma delas grávida. O Corpo de Bombeiros foi chamado até o local do acidente para socorrer os feridos. Já o corpo de Igor foi liberado para uma funerária. Colaborou*: Lena Mendonça, da Rede Amazônica em Guajará-Mirim. Veja mais notícias de Rondônia
De acordo com a polícia, a cédulas de 50 e 100 reais teriam sido trazidas de estados do sudeste do país. Polícia Federal apreende mais de 3 mil reais em moeda falsa em Altamira A Polícia Federal apreendeu mais de R$ 3.400,00 em notas falsas no município de Altamira, no sudoeste do Pará. A apreensão foi resultado de uma operação realizada em dois bairros da cidade. De acordo com a polícia, a cédulas de 50 e 100 reais teriam sido trazidas de estados do sudeste do país. Durante as buscas também foi encontrada uma pequena quantidade de cocaína. Uma pessoa foi presa em flagrante, e vai responder pelo crime de falsificação ou adulteração de moeda nacional ou estrangeira. A pena varia de três a doze anos de prisão.

Segundo a prefeitura, profissional da saúde passará informações sobre a Covid-19 e poderá fazer aferição de temperatura; atendimento será de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h. Unidade de saúde móvel foi instalada na cabeceira da Ponte da Amizade, em Foz do Iguaçu Prefeitura de Foz do Iguaçu/Divulgação Uma unidade de saúde móvel foi instalada na cabeceira da Ponte Internacional da Amizade, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, para auxiliar na prevenção da propagação do novo coronavírus, segundo a prefeitura. O funcionamento da unidade será de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h. O serviço está sendo oferecido porque a fronteira entre Brasil e Paraguai foi reaberta no dia 15 de outubro. CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias No local, um profissional da saúde passará informações sobre o novo coronavírus e encaminhará moradores para atendimento médico, quando for necessário. O usuário ainda poderá aferir a temperatura, verificar a pressão e o nível de oxigênio no sangue, conforme o município. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, até domingo (18), Foz do Iguaçu registrou 8.149 casos confirmados do novo coronavírus, e 125 mortes pela Covid-19. A cidade conta com 258 ativos da doença. Suspeita da Covid-19 De acordo com a prefeitura, pessoas com sintomas da Covid-19 devem buscar auxílio por telefone, pelo Plantão Covid, que faz o agendamento para testagem. A central atende pelos telefones 0800 645 5655 ou (45) 3521-1800 (ligação e WhatsApp). O laboratório municipal tem realizado, em média, 250 exames por dia. A unidade faz parte da estratégia prevista no plano de contingência, desenvolvido pela prefeitura em parceria com o governo do Paraná e enviado ao Ministério da Saúde. Segundo a secretaria, o maior movimento na unidade deve ocorrer quando a ponte for liberada para a circulação de pedestres entre os dois países. Até o momento, apenas veículos podem atravessar a fronteira. VÍDEOS: Vacina contra a Covid-19 no Paraná Initial plugin text Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.

Várias cidades tiveram eventos políticos com festas do tipo 'paredão' neste final de semana. Quatro municípios fizeram acordos com Justiça Eleitoral, para não haver aglomerações. Fim de semana é marcado por eventos políticos com aglomerações em várias cidades baianas Moradores de várias cidades da Bahia denunciaram descaso, aglomerações e festas em campanhas políticas entre o sábado (17) e o domingo (18). Dois trios elétricos foram apreendidos por propaganda eleitoral irregular na cidade de Matina, no sudoeste baiano. Um decreto do governo proíbe reuniões com mais de 100 pessoas, em todo estado, por causa da pandemia do novo coronavírus. Os veículos foram retidos porque os candidatos desrespeitaram a resolução do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), e violaram lei eleitoral que proíbe trios elétricos em campanhas. Os veículos estão à disposição da Justiça Eleitoral, que deve notificar os partidos. Dois trios elétricos são apreendidos em eventos políticos na BA Reprodução/TV Bahia Os trios elétricos causaram grandes aglomerações e muitas pessoas foram flagradas sem máscaras durante as festas de campanha eleitoral. Por causa da situação, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) deve ajuizar uma ação para responsabilizar as duas coligações, que não foram divulgadas. As cenas de desrespeito às normas de saúde pública, com muita aglomeração e ausência do uso de máscara se repetiram em várias cidades. Em Itaju do Colônia, no sul da Bahia, um candidato promoveu uma festa paredão, onde são usadas grandes caixas de som automotivo, após fazer comício. Dois trios elétricos são apreendidos em eventos políticos na BA Reprodução/TV Bahia Nas imagens gravadas no local, é possível ver centenas de pessoas, muitas compartilhando bebidas alcoólicas. Esse registro também se repetiu em Queimadas, no norte da Bahia. Uma caminhada promovida por um dos candidatos terminou com uma festa paredão. Na cidade de Araçás, que fica a cerca de 116 km de Salvador, moradores também filmaram muita gente aglomerada nas ruas, no evento de um candidato do município. Em Euclides da Cunha, no norte baiano, e Ibitiara, na região da Chapada Diamantina, também houve muito tumulto. Em Ubaíra, município de fica na região do Vale do Jiquiriçá, uma carreata acompanhada de centenas de pessoas aglomeradas causou indignação nos moradores, que registraram a situação das janelas de casa. Campanha eleitoral terminou com festa "paredão" em Queimadas, na Bahia Reprodução/TV Bahia Acordo com Justiça No norte da Bahia, os municípios de Caém, Mirangaba, Ourolândia e Umburanas fizeram acordos com a Justiça Eleitoral, para evitar aglomerações durante o período de campanha eleitoral. Na determinação, ficou estabelecida que as campanha devem ser feitas dentro da lei, de forma ordeira, pacífica e com prioridade para eventos virtuais. O acordo se baseia em nota técnica da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), que tem contraindicações de eventos com aglomeração nas campanhas. As cidades podem realizar eventos presenciais, mas com no máximo 100 pessoas e distanciamento social e uso de máscara. No acordo ficou estabelecido também que os candidatos não podem fazer eventos na mesma data, dia, horário e local. Os partidos políticos dessas cidades também se comprometeram em não fazer carreatas, que estão permitida apenas em Ourolândia, mas com metade da capacidade do veículo. Veja mais notícias do estado no G1 Bahia. Assista aos vídeos do Jornal da Manhã 💻 Ouça 'O Assunto' 🎙

Veja as reportagens das regiões de Campinas e Piracicaba. Veja as reportagens das regiões de Campinas e Piracicaba.

De acordo com o MG1, a unidade recebia cerca de 160 doadores por dia e, atualmente, funciona com 85 atendimentos diários. Pandemia causa queda história nos estoques de sangue do Hemominas em Juiz de Fora Rodrigo Neves/G1 Desde o começo da pandemia do coronavírus, o número de doadores de sangue diminuiu significativamente na Fundação Hemominas em Juiz de Fora. De acordo com apuração do MG1, a instituição registra uma baixa histórica no estoque, pela primeira vez em 10 anos. Em circunstâncias normais, a unidade recebia cerca de 160 doadores por dia. Com a pandemia, esse número caiu para 85 pessoas, de acordo com Rosani Martins, funcionária do setor de captação. "Só que a demanda não vai esperar a pandemia passar", afirmou Rosani. De acordo com ela, o Hemominas de Juiz de Fora é responsável pelo estoque de sangue de 27 hospitais da região. Apesar de todos os tipos sanguíneos estarem em falta, os em situação mais graves são O-, O+ e B-. O Hemocentro de Juiz de Fora fica na Rua Barão de Cataguases, no Bairro Santa Helena e funciona de segunda a sábado, das 7h às 12h. No entanto, para tentar aumentar os estoques, o Hemominas está realizando um horário especial, de segunda a quarta-feira. Das 14h às 17h, a Fundação vai atender 20 doadores de sangue. Para agendar uma doação, basta acessar o site do Hemominas, ou o aplicativo MGapp, disponível para Android e iOS. O contato com o Hemocentro de Juiz de Fora é pelo número (32) 3257-3100. Os interessados em doar precisam ter entre 16 e 69 anos, mais de 50 quilos e estar descansados e alimentados no momento da doação. É obrigatória a apresentação de documento original com foto.

Tecnologia brain4care permite interpretar alterações de pressão e complacência intracraniana em tempo real no leito hospitalar de forma não invasiva Sempre em busca de inovação e de tecnologia para proporcionar uma medicina mais eficiente e acessível aos seus pacientes, o Sistema Hapvida está prestes a concluir um projeto piloto para introdução de uma nova tecnologia não invasiva para monitoramento de alterações de pressão e complacência intracraniana por meio da morfologia do pulso da pressão intracraniana (PIC). Em outras palavras, os médicos e equipes da rede poderão avaliar as condições para o fluxo do sangue no interior do crânio dos pacientes sempre que for preciso, ajudando a perceber possíveis danos cerebrais logo no início, antes que possam ser revelados por exames de imagem ou que sintomas clínicos se manifestem. Isso só é possível por meio de um método não invasivo desenvolvido pela startup brasileira brain4care, fundada pelo cientista Sérgio Mascarenhas de Oliveira. A solução chama a atenção pela praticidade e rapidez: basta colocar e ajustar o sensor corretamente na cabeça do paciente para que em poucos minutos seja possível obter informações que antes exigiriam a introdução cirúrgica de um cateter no interior do cérebro. Além disso, o dispositivo não emite ondas de radiação nem de ultrassom, o que permite uso seguro para praticamente todos os pacientes, incluindo pediátricos e oncológicos, a custos acessíveis. Por tudo isso a Singularity University, instituição americana que fica no vale do Silício, selecionou o projeto como um dos sete mais importantes do mundo em 2017, com potencial de impactar a vida de um bilhão de pessoas nos próximos dez anos". O Hapvida tem o primeiro hospital do mundo a utilizar o brain4care em larga escala com o objetivo claro de estender a tecnologia para todos os 40 hospitais da rede espalhados pelo Brasil. Para o projeto piloto, o sistema escolheu o Hospital Antonio Prudente, em Fortaleza/CE, devido ao fluxo de pacientes de várias regiões do Nordeste. “Até o momento, realizamos mais de 365 monitorações em 108 pacientes em pouco mais de um mês de uso. A meta dessa primeira fase é constatar a entrega de valor na prática”, explica Bruno Alves Pinto, superintendente médico regional do Sistema Hapvida. O uso da solução já é estudada pela operadora também em cirurgias cardíacas, auxiliando na aferição da pressão de perfusão cerebral. Isso representa um avanço relevante na pertinência do uso de procedimentos e dispositivos de alto custo, como cateter, na alta segura do paciente no tempo certo, contribuindo para redução do tempo de permanência no leito e, consequente, aumento de rotatividade e melhor relação custo-benefício. Hospital Antônio Prudente, em Fortaleza/CE, onde o projeto pioneiro de monitorização de complacência intracraniana é desenvolvido pelo Sistema Hapvida. Divulgação O sensor, associado ao modelo verticalizado do Hapvida, traz vantagens importantes para publicação de estudos de caso e artigos científicos e de custo-efetividade que corroboram para a melhoria de tratamentos, implantação de novas técnicas e avanço científico do corpo clínico. “Temos facilidade em expandir o uso para outros ambientes e contextos além da UTI, também pela possibilidade de analisarmos os impactos econômicos e de qualidade relacionados ao paciente após a alta hospitalar”, afirma Bruno. O método brain4care obteve a certificação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e do Food and Drug Administration (FDA) em 2019, pré-requisitos para sua entrada nos mercados brasileiro e americano. Atualmente, oferece o sensor por meio de assinatura mensal. A descoberta Há 14 anos o cientista Sérgio Mascarenhas de Oliveira fora diagnosticado com Parkinson, quando na verdade era acometido pela hidrocefalia de pressão normal, patologia causada pelo acúmulo de líquido no interior do cérebro que provoca sintomas semelhantes, mas que podem ser revertidos com a introdução cirúrgica de uma válvula para drenagem do líquido em excesso. Ao questionar os médicos sobre a necessidade de perfurar o crânio em pleno século XXI para obter a pressão intracraniana foi confrontado com a doutrina de Monro-Kellie, de 1783, que afirma que o crânio de um ser humano adulto é inextensível. Utilizando-se de um crânio emprestado da universidade, um balão de borracha, uma bomba retirada de um aparelho de medir pressão arterial e um extensômetro - sensor usado para medir deformações em vigas e outras estruturas, o Professor Sérgio provou que o crânio é extensível: “Nem o núcleo atômico é totalmente rígido”, ele afirmou, derrubando um dogma da medicina de mais de 200 anos. A partir desta descoberta se iniciaram os estudos que culminaram no desenvolvimento do método brain4care, o primeiro no mundo capaz de permitir aos médicos interpretarem alterações de pressão e complacência intracraniana de forma não invasiva. O aparelho é composto por uma espécie de faixa presa à cabeça com um sensor que capta os movimentos micrométricos de expansão e contração do crânio e transmite as informações para um tablet que mostra os resultados do exame e pode emitir relatórios. Aos 91 anos e em plena atividade, ele costuma dizer que “uma doença maldita gerou um resultado bendito”. Sobre o Sistema Hapvida Com cerca de 6,4 milhões de clientes, o Sistema Hapvida hoje se posiciona como um dos maiores sistemas de saúde suplementar do Brasil presente em todas as regiões do país, gerando emprego e renda para a sociedade. Fazem parte do Sistema as operadoras do Grupo São Francisco e RN Saúde, além da operadora Hapvida e da healthtech Maida. Atua com mais de 30 mil colaboradores diretos envolvidos na operação, mais de 15 mil médicos e mais de 15 mil dentistas. Os números superlativos mostram o sucesso de uma estratégia baseada na gestão direta da operação e nos constantes investimentos: atualmente são 40 hospitais, 184 clínicas médicas, 41 prontos atendimentos, 174 centros de diagnóstico por imagem e coleta laboratorial.
Médicos alertam que é fundamental a captação dos órgãos para conter o tamanho da espera, mas cerca de 36% das famílias dizem 'não' na hora da doação dos órgãos. O estado de São Paulo voltou a fazer transplantes de córneas mais de seis meses desde o início da pandemia do coronavírus, que suspendeu as cirurgias e aumentou a fila de pacientes. Com os números da Covid-19 em queda e com a flexibilização da quarentena para alguns setores, as cirurgias eletivas, aquelas que não são consideradas urgentes, foram retomadas. A fila de espera, no entanto, que era pequena, hoje tem mais de 3.600 pacientes. De acordo com a Central de Transplantes do Estado, a fila de espera por córneas é a segunda maior de São Paulo, atrás apenas da demanda por rins, que possui mais de 13 mil pacientes. Os médicos alertam que é fundamental a captação dos órgãos para conter o tamanho da fila de espera, mas cerca de 36% das famílias dizem "não" na hora da doação dos órgãos de um parente que faleceu. "Dependemos da sensibilização de familiares para essa doação. Apesar do empenho, não depende só da Central de Transplantes para zerar essa fila. É preciso a participação de todo mundo para que essa fila seja a mínima possível", disse Francisco de Assis Salomão Monteiro, coordenador da Central de Transplantes do Estado de São Paulo. Há 10 dias, Cláudio dos Santos Sant'Ana fez o transplante de córnea, pelo qual aguardava havia um ano e três meses. "Foi uma alegria que não tem como descrever porque eu tirei o tampão e consegui enxergar as coisas que não via. No dia seguinte da minha cirurgia eu passei com a doutora, ela fez os exames com as letras todas e eu consegui enxergar, coisa que eu não conseguia. Na hora que eu vi as letras com a minha visão foi muito gratificante mesmo, foi uma benção", disse.

Segundo a Polícia Civil, maior parte das pessoas foi internada involuntariamente na Clínica Novo Caminho, em Prudente de Morais. Clínica de recuperação de dependentes químicos é interditada em Prudente de Morais Interno de clínica Novo Caminho, em Prudente de Morais, na Região Central de MG Reprodução/TV Globo A maior parte do internos da clínica de reabilitação para dependentes químicos, que foi interditada na manhã desta segunda-feira (19), em Prudente de Morais, na Região Central de Minas Gerais, foi levada para lá involuntariamente, até mesmo com uso de força. A informação é da investigadora de Polícia Civil Sheiva Duarte. Polícia Civil prende suspeitos de cárcere privado e maus-tratos em clínica de recuperação, em Prudente de Morais "Eles eram dopados. Há um 'caçador', uma pessoa que entra em contato com as famílias. Uma equipe ia até lá, pegava essas pessoas usando de violência e trazia para cá. Já foram vários relatos", afirmou. A Polícia Civil prendeu oito pessoas em flagrante, entre eles o proprietário e funcionários da Clínica Novo Caminho. Eles foram levados para a Delegacia de Matozinhos, na Grande BH. Até o meio-dia, cerca de 15 vítimas já haviam sido ouvidas pelos policiais. "A sensação é que você está numa cadeia, né? Sendo que você está aqui para se tratar, não para ficar preso. Lugar de bandido é na cadeia. A gente está aqui para se recuperar das drogas, não para ficar psicologicamente machucado", disse um dos internos à TV Globo. Polícia Civil faz operação em clínica de recuperação, em Prudente de Morais, na Região Central de Minas Gerais Reprodução/Redes sociais Os presos são suspeitos de maus-tratos a pacientes e animais, cárcere privado, lesão corporal, danos ambientais e abuso sexual. A corporação informou que montou a operação policial depois de uma denúncia anônima. Ainda segundo a Polícia Civil, havia 45 internos na clínica, com idades entre 18 e 80 anos, e todos eram mantidos em quartos com grades, com várias pessoas por "cela". "Quando chegamos, já encontramos 32 detentos em situação de cárcere privado, dentro de quartos e varandas totalmente trancados", relatou a delegada Priscila Pereira Saltos, que está a frente das investigações. Clínica Novo Caminho, em Prudente de Morais, foi interditada na manhã desta segunda-feira (19) Reprodução/TV Globo Priscila disse que a Secretaria de Assistência Social, juntamente com a Polícia Civil, está em contato com os familiares para que eles busquem os internos. Nos casos em que isso não for possível, será feita a realocação para outras instituições. A delegada reforçou que a condução de internos contra a vontade deles é uma prática ilegal. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou, em junho do ano passado, uma lei que autoriza a internação involuntária de dependentes químicos sem a necessidade de autorização judicial. No entanto, isso só vale para internações em unidades de saúde e hospitais gerais. Irregularidades Quatro internos estavam em um mesmo quarto, trancados e sem máscara Reprodução/TV Globo A clínica não possuía alvará de funcionamento, nem licença do Ministério da Saúde. O Corpo de Bombeiros esteve no local para tomar as providências em relação à segurança e constatou várias irregularidades que colocavam em risco a integridade e a saúde dos internos. O espaço não possuía extintores, nem projeto de combate a incêndio, e a fiação elétrica ficava exposta, com risco de curto-circuito. Os responsáveis informaram à polícia que o local funcionava desde fevereiro de 2020, mas a suspeita da corporação é que antes disso já havia internos por lá. Fiação exposta em clínica de recuperação de dependentes químicos, em Prudente de Morais Reprodução/TV Globo A equipe da TV Globo registrou paredes mofadas, fiação exposta, quatro pessoas em um mesmo quarto fechado, todos sem máscara, incluindo um idoso de 74 anos. "O período da gente é muito curto do lado de fora", contou uma das vítimas. O G1 entrou em contato com a Prefeitura de Prudente de Morais, mas não havia obtido retorno até a última atualização desta reportagem. O que diz a clínica Por telefone, um dos responsáveis pela clínica, identificado como Germano dos Santos, disse que está no Mato Grosso e que não pode se manifestar por não saber o que houve na clínica. "Tem muita gente que está lá e que nunca recebeu maus-tratos. Vamos ver até onde vai essa denúncia e quem denunciou. Eu tenho plena certeza de que não tem maus-tratos lá, nem contra gente, nem contra animais", afirmou. Fachada da clínica que foi interditada em Prudente de Morais Cláudia Mourão/TV Globo Clínica foi interditada após denúncias de maus-tratos, em Prudente de Morais Cláudia Mourão/TV Globo Polícia em frente à clínica, em Prudente de Morais, na Região Central de MG Reprodução/Redes sociais Vídeos mais vistos do G1 MG nos últimos 7 dias:

Veja as atualizações sobre a pandemia de Covid-19 em cada cidade. Reprodução em 3D do modelo do novo coronavírus (Sars-CoV-2) criada pela Visual Science. Dentro do verde mais claro, as bolinhas vermelhas representam o 'centro' do vírus, o genoma de RNA; as bolinhas verdes são proteínas 'especiais', que protegem esse material genético. Ao redor do verde, o vermelho mais fraco é a 'casca', feita de uma membrana retirada da célula hospedeira. O vermelho mais vivo são as proteínas 'matrizes' codificadas pelo vírus. As 'pontas' que saem do vírus são as 'lanças de proteínas', que o vírus usa para se conectar às células hospedeiras e infectá-las. Reprodução/Visual Science A região de Piracicaba (SP) contabiliza 44.733 moradores diagnosticados com Covid-19, incluindo 1.078 mortes pela doença em 18 cidades, desde o início da pandemia até esta segunda-feira (19). Confira a atualização dos municípios: Limeira teve mais sete novos casos de Covid-19 contabilizados nesta segunda, somando agora 11.391 casos confirmados. Os óbitos permanecem em 270. A cidade tem ainda 3.638 casos suspeitos. Capivari registrou mais 28 notificações positivas de coronavírus e agora soma 1.460 registros. Do total de casos, 1.322 pacientes já se recuperaram. Os óbitos permanecem em 34 e há 33 pacientes aguardando resultados de exames para confirmação ou descarte da doença. Cosmópolis confirmou mais sete casos neste domingo, e agora, tem 1.668 notificações positivas de Covid-19. Os óbitos se mantém em 40. Os casos suspeitos são 44. Rio das Pedras teve a notificação de mais quatro casos positivos, somando agora 1.040. Entre eles, se mantém 36 óbitos. Há 10 casos suspeitos na cidade. Casos de Covid-19 por cidade Os casos do novo coronavírus foram confirmados em todos os 18 municípios da área de cobertura do G1 Piracicaba. Entre os casos, foram registradas mortes em Piracicaba, Limeira, Nova Odessa, Santa Bárbara d'Oeste, Charqueada, Elias Fausto, Iracemápolis, Cordeirópolis, Cosmópolis, São Pedro, Saltinho, Capivari, Rio das Pedras, Engenheiro Coelho, Ipeúna, Rafard, Mombuca e Águas de São Pedro. Casos suspeitos, confirmados e óbitos por cidade Coronavírus: por que os idosos são mais vulneráveis e como protegê-los Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba

Candidato do Patriota participou da série de entrevistas da rádio CBN, nesta segunda-feira (19). Edmar Oliveira (Patriota), candidato a prefeito de Campina Grande, no estúdio da CBN Campina Grande Lídice Pegado/G1 O administrador Edmar Oliveira (Patriota), candidato à Prefeitura de Campina Grande, prometeu implantar uma integração global, que inclui motos, táxis, transportes por aplicativo e ônibus e um aplicativo do município que regulamenta a receita dos motoristas e garante segurança a eles junto ao INSS. As declarações aconteceram durante durante entrevista à rádio CBN Paraíba, nesta segunda-feira (19). “Nós pretendemos fazer uma integração global incluindo mototaxistas, taxistas, motoristas por aplicativos e os ônibus. Para o transporte por aplicativo e entregadores, vamos gerar o aplicativo municipal, para, primeiro, administrar a receita deles e também dar uma segurança para eles junto ao INSS", disse. Ainda em relação à mobilidade urbana, o candidato informou que pretende garantir melhorias viabilizando o Veículo Leve sobre trilhos (VLT) e voltando o funcionamento da integração do bairro das Malvinas. "Meu interesse é melhorar a mobilidade urbana. É viabilizar o VLT. O dinheiro vem, vai e não colocam em prática. Também pretendemos colocar para funcionar a integração das Malvinas. O que acontece hoje lá é que os ônibus chegam, os motoristas fazem suas refeições e só", relatou. No primeiro bloco, o candidato também explicou como pretende administrar o município e garantiu que sua carreira como empresário e consultor empresarial podem ajudar na gestão municipal. "Eu sou administrador e você querendo pode administrar qualquer coisa, basta ter vontade. Já faço ações sociais há mais de 20 anos. Para mim, seria mais fácil me candidatar a vereador e possivelmente, Deus ajudando, chegar à vitória. Mas, no que eu poderia ajudar a população? Existiria uma limitação. Como prefeito, se eu não fizer é porque eu não quero", enfatizou. Sobre a saúde de Campina Grande, o candidato informou que, se eleito, deve implantar a telemedicina nos atendimentos na rede municipal de saúde, além de realizar a entrega de medicamentos na casa dos pacientes. "Meu interesse na saúde é utilizar a telemedicina para diminuir o tempo de atendimento. Pois, a pessoa entra no PSF e demora para um retorno no especialista em média seis meses. Com a telemedicina a pessoa entra, é atendida pelo clínico geral, ele fará uma chamada de vídeo para o especialista, e com isso melhoramos o intervalo de tempo. O meu interesse é entregar o medicamento em casa. A maioria dos medicamentos pesa, no máximo, 100g. Com uma pequena logística, de moto mesmo, podem ser entregues muitos medicamentos durante o dia", explicou. O candidato também falou sobre a proposta de reabrir os restaurantes populares em finais de semana e feriados, como a ação seria viabilizada e como isso pode ajudar os trabalhadores rurais do município. "Quem tem a necessidade de utilizar o restaurante popular não tem a opção de sair da cidade, pois são as pessoas mais carentes, em sua maioria. As pessoas que saem das Malvinas pagam passagens para sair do bairro das Malvinas para irem até o Centro para utilizar o restaurante popular. Por isso, nós vamos colocar quatro restaurantes populares. Os insumos vão vir da agricultura local, pois nós vamos dar incentivo e vamos ensinar os nossos agricultores a trabalhar", destacou. Sobre a educação, Edmar prometeu que irá implantar um "vale creche", caso a prefeitura não consiga atender todas as crianças da cidade nas creches da rede municipal. "O município tem como obrigação gerar uma certa quantidade para atender a demanda da população. Se o município não conseguir atender, nós vamos dar um vale creche em uma creche local. Para que o pai ou a mãe daquela criança possa ir trabalhar sossegado e a prefeitura vai assumir até que aquela vaga abra na creche municipal. Nós também vamos melhorar a estrutura das creches. Vamos viabilizar com parcerias público-privadas sentando e conversando com comerciantes e buscando também verbas com o governo estadual e federal", concluiu. Sobre a segurança da cidade, o prefeitável afirmou que pretende descentralizar a guarda municipal. "Eles têm que descentralizar. Eles estão muito centralizados. Tudo na vida é ajustável. Não adianta eu tirar um policial militar ou civil para atender a Lei Maria da Penha, pois ele deixa de atender um assalto, um crime maior. É muito importante, mas tem que ser rápido. Quando você tem um caso desse e precisa de uma viatura da polícia, é uma demanda de tempo. Descentralizando a guarda municipal ela faria isso", disse. Edmar Oliveira (Patriota), candidato a prefeito de Campina Grande, no estúdio da CBN Campina Grande. Lídice Pegado/G1 A ordem dos candidatos na sabatina foi definida por sorteio, com as equipes de campanha. Todos os entrevistados têm 30 minutos para falar de projetos, experiência administrativa e planos que pretendem colocar em prática. Veja a ordem dos candidatos: Dia 19/10 /20 – Edmar Oliveira (Patriota) Dia 20/10/20 – Olímpio Rocha (PSOL) Dia 21/10/20 – Bruno Cunha Lima (PSD) Dia 22/10/20 – Inácio Falcão (PC do B) Dia 23/10/20 – Ana Cláudia Vital (Podemos) Dia 26/10/20– Artur Bolinha (PSL) A entrevista é ancorada pela jornalista Waléria Assunção, da Rádio CBN e TV Paraíba, e conta com a participação do jornalista João Paulo Medeiros, da Rádio CBN e do Jornal da Paraíba. O conteúdo foi transmitido pela rádio e exibido em vídeo no Youtube, acessível por meio do Jornal da Paraíba. O áudio fica disponibilizado, ainda, no site da CBN Paraíba. Os ouvintes podem participar mandando perguntas para a produção, através do WhatsApp (83) 98119-9700. VÍDEOS: Funciona Assim - Eleições 2020

Crime aconteceu na sexta-feira (16) em Zacarias (SP). Ele foi encontrado em uma casa abandonada. Hellen foi morta a facadas e o suspeito é o companheiro dela Arquivo Pessoal A Polícia Militar prendeu na manhã desta sexta-feira (19) o homem suspeito de matar Hellen Karine Carvalho, que estava grávida de três meses, em Zacarias (SP). O crime foi na madrugada de sexta-feira (16). De acordo com a polícia, o suspeito Marcelo Rodrigues, 29 anos, foi preso por volta das 10h30 em uma casa abandonada a um quilômetro do local do crime. Ele tinha a prisão decretada e foi levado para a Polícia Civil de Zacarias. “Após o crime, todas as informações sobre o paradeiro do suspeito que chegavam, a Polícia Militar ia atrás, todos os dias em busca dele. Nesta segunda tivemos informação anônima de que ele estaria em uma casa desocupada em Zacarias mesmo e o localizamos no quintal da casa”, diz o soldado da PM Éber Leandro Bazzan. Para a polícia, Marcelo disse que descartou a faca usada no crime em um terreno baldio, mas ela não foi localizada. Marcelo disse que matou Hellen depois de uma discussão após ela pegar uma faca e dizer que iria tirar o filho que esperava. A Polícia Civil investiga o crime. Segundo a Polícia Militar, Hellen Karine Carvalho estava grávida de três meses. A vítima teria se envolvido em uma discussão dentro de casa com Marcelo, quando sofreu diversos golpes de faca no tórax e no braço. Em seguida, o homem fugiu do local. O filho da vítima presenciou o crime e chamou o socorro. A jovem foi levada para a Santa Casa de Buritama, mas não resistiu aos ferimentos. De acordo com o delegado Marco Antônio de Oliveira, foi pedida a prisão preventiva do companheiro de Hellen, que tem passagens por violência doméstica, roubo, furto, lesão corporal e homicídio tentado. O caso foi registrado como feminicídio. Veja mais notícias da região em G1 Rio Preto e Araçatuba VÍDEOS: confira reportagens da região de Rio Preto
Expectativa é que ao menos 15 profissionais da saúde sejam imunizados, nesta segunda-feira (19). Voluntários começaram a receber as doses da vacina BCG contra a Covid-19, em Campo Grande. A expectativa é que ao menos 15 profissionais da saúde sejam imunizados, nesta segunda-feira (19). O enfermeiro Everton Ferreira foi o primeiro a receber a dose. "Acredito na ciência. Trabalho com a ciência, pesquiso e acredito muito no impacto que a ciência pode fazer com a nossa sociedade...estou consciente de que posso estar colaborando de uma forma muito positiva com os resultados", afirmou. O acordo para a vacina BCG foi assinado no dia 7 de outubro deste ano, com 2 mil voluntários, entre 18 anos e 59 anos. A exceção só é válida para quem já teve coronavírus, não podendo participar da pesquisa. Disponível no Sistema Único de Saúde (SUS), a vacina BCG é obrigatória no Brasil para recém-nascidos desde 1976. Porém, ainda conforme a Secretaria de Estado de Saúde (SES), pode ser tomada até os quatro anos de idade. O imunizante protege crianças de até cinco anos de idade das formas mais graves da tuberculose. Outra vacina Há 4 dias, a SES assinou o termo de cooperação técnica para testar a vacina Coronavac e, segundo o secretário Geraldo Resende, é importante incluir o estado e, desta forma, contribuir para que se encontre uma vacina o mais rápido possível para a população. A vacina Coronavac será testada em um grupo de mil voluntários, sendo todos eles profissionais de saúde. Para poder se candidatar, é necessário ter entre 18 anos e 59 anos, não ter comorbidades e atuar em locais onde tenha a circulação do novo coronavírus. Caso tenha os requisitos, é só acessar a página do Instituto Butantã, clique aqui! Conforme a SES, este é o segundo termo de cooperação firmado para estudos de testes de vacinas contra a Covid-19. Neste caso, o estudo da Coronavac é uma parceria do Instituto Butantã e o laboratório Sinovac, onde atuam os pesquisadores Rivaldo Venâncio e Ana Lúcia Lyrio.
Oito candidatos na disputa à Prefeitura de Rondonópolis disseram os planos que têm para o setor, caso sejam eleitos. O G1 começa nesta segunda-feira (19) uma série de reportagens sobre as propostas dos candidatos a prefeito de Rondonópolis nestas eleições. A primeira pergunta feita aos 8 concorrentes foi "Como pretende resolver o problema do transporte coletivo?". Os candidatos tiveram até 1 minuto para a resposta. Veja abaixo as propostas dos candidatos. Os nomes estão em ordem alfabética, segundo a inscrição para a urna: Cláudio Ferreira (DC) Cláudio Ferreira Coronel Bonoto (PRTB) Coronel Bonoto José Carlos do Pátio (SD) Zé do Pátio Kleber Amorim (PT) Kleber Amorin (PT) Kleison Teixeira (PSOL) Kleison Teixeira (PSOL) Luizão (Republicano) Luiz Homem de Carvalho Thiago Muniz (DEM) Thiago Muniz Ubaldo Barros (Cidadania) Ubaldo Barros (Cidadania)