Simule e contrate

g1


Segundo a Arteris, responsável pelo trecho, ninguém ficou ferido. Pista sentido Curitiba tem lentidão de 18 quilômetros. Engavetamento sem vítimas deixou a pista da Régis Bittencourt bloqueada em Barra do Turvo, SP Reprodução/Arteris Um engavetamento envolvendo três carretas e uma van ocorreu na rodovia Régis Bittencourt (BR-116), em Barra do Turvo, no interior de São Paulo, no início da manhã desta sexta-feira (3). O acidente aconteceu na pista sentido Curitiba e interditou a rodovia por cerca de quatro horas. Ninguém ficou ferido. Segundo a Arteris, concessionária responsável pelo trecho, o acidente aconteceu por volta de 3h24 no Km 546 da pista sentido Curitiba. O engavetamento envolveu três carretas e uma van. A colisão ocorreu em uma área de difícil acesso e, por conta disso, ainda não há informações sobre as causas do acidente. No total, 21 pessoas estavam nos quatro veículos, mas ninguém ficou ferido. Houve bloqueio da pista por cerca de quatro horas, o que causou cerca de 15 quilômetros de congestionamento e controle de tráfego na praça de pedágio em Barra do Turvo. Por volta de 7h50, as todas as faixas da rodovia foram liberadas após a remoção dos veículos acidentados. A pista sentido Curitiba segue com lentidão de 18 quilômetros, a partir do Km 542. VÍDEOS: as notícias mais vistas do g1
No interior, crime foi cometido na cidade de Iguaí, sudoeste baiano. Em ambos casos não há registro de feridos. Uma agência bancária foi explodida na cidade de Iguaí, no sudoeste da Bahia, e outra foi arrombada e furtada em Salvador, na madrugada desta sexta-feira (3). Não há registro de feridos em ambos casos. No interior do estado, a unidade bancária explodida fica na Praça Juraci Magalhães. De acordo com a polícia, o crime foi cometido por homens fortemente armados. Os moradores acordaram assustados com barulho dos tiros e explosões das bombas usadas pelos criminosos. Pregos retorcidos, também conhecidos popularmente como miguelitos, foram espalhados na pista para auxiliar na fuga dos criminosos. Ainda na fuga, um dos carros usados pelos suspeitos foi abandonado e incendiado. As polícias Civil e Militar procuram os suspeitos na região, mas ninguém foi preso. Ainda não há detalhes sobre quantias levadas. O Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) investiga o crime e a perícia já foi solicitada. Salvador Já na capital, o crime aconteceu em uma agência que fica no bairro da Calçada. Segundo a Polícia Militar, um homem arrombou a unidade e furtou uma televisão. O equipamento foi encontrado em uma transversal da Avenida Régis Pacheco. A televisão foi recuperada e entregue a um funcionário da empresa, responsável pela segurança da agência. O suspeito do crime não foi localizado. Veja mais notícias do estado no g1 Bahia. Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻 Ouça 'Eu Te Explico' 🎙

Recentemente, a Escola Municipal Professor Arlindo Milton Druszcz, no Jardim Arvoredo, inaugurou sua biblioteca, que recebeu o nome de Ana Paula da Conceição dos Santos. Mãe de duas alunas da escola, Ana Paula é o exemplo de como pais e mães podem ser comprometidos com a Educação. Sua participação na comunidade incluiu a reivindicação para que a região tivesse uma escola, a colaboração com a organização da unidade para inauguração e acolhida das crianças, além de fazer parte da primeira composição do conselho escolar da unidade. Uma mãe de 30 anos que, em agosto de 2020, foi uma das vítimas da Covid-19 em Araucária. A participação atuante de Ana Paula na rotina da escola Arlindo Druszcz fez com que o conselho escolar decidisse por homenageá-la no novo espaço da unidade. “Foi uma mãe que, em pouco tempo, fez muito pela escola. Ajudou em tudo que ela pode”, afirmou a diretora Simone Nunes Gonçalves. Com a obra da escola concluída, Ana Paula se dispôs a ajudar na mudança dos móveis, na colagem de alfabeto e outros materiais para que a escola ficasse pronta para as aulas. Durante a inauguração da biblioteca, a diretora fez questão de salientar o desejo de que o local seja um espaço de leitura e não apenas um depósito de livros, um espaço para acolher estudantes e a comunidade. As filhas de Ana Paula, Natália e Sofia, seu esposo e sua mãe participaram da homenagem. “Difícil não se emocionar com a homenagem realizada pela Escola Municipal Arlindo Milton Druszcz. São ações como essas que demonstram como nossas escolas e famílias estão unidas pelo futuro das crianças e estudantes. É possível observar ao longo desse tempo de pandemia que todos passamos por marcas e dores que jamais serão esquecidas, mas, mesmo assim, a memória da Ana Paula, assim como de muitos educadores de nossa rede, jamais será esquecida”, afirmou a secretária de Educação, Adriana de Oliveira Chaves Palmieri. “Enquanto Educação, acreditamos que cada dia é um presente e estamos aqui por e para cada estudante. Por isso, servimos e executamos nossas funções com profissionalismo, respeito e muita dedicação”, complementou.

O Home Officer sentiu na pele que malhar, comer bem e cuidar da postura transformaram sua vida. Leia e descubra o porquê Querido diário, Confesso que sempre fui um baita de um preguiçoso. Nunca fui o cara da maromba, que gosta de se exibir na academia e fica grunhindo enquanto puxa ferro. Sempre detestei isso. Inclusive, me orgulhava de ser exatamente o oposto e costumava exibir minha pancinha de chopp entre os amigos, todo prosa. Reflexão profunda e mudança de hábitos em meio à pandemia Entretanto, a pandemia mudou um bocado a forma como penso e me relaciono comigo mesmo. Passar tanto tempo em casa no início deixou muita gente se sentindo engaiolada, solitária, triste e desesperançosa. Entretanto, esse período de isolamento também nos trouxe a oportunidade de olhar para nós mesmos, reavaliar comportamentos e adotar novos hábitos. Veja eu, como exemplo: sempre fui um cara tranquilo, caseiro, viciado no sossego da minha casa, em cuidar e mimar meus bichinhos e plantinhas e comer uma comidinha gostosa, volta e meia indo atrás de fast food e sem limites para sobremesas (adoro!). Abrindo mão de uma vida sedentária e desregrada Freepik Dores posturais, Covid e alimentação Quando tive que aderir ao modelo de trabalho home office, tive vários problemas que escancararam a necessidade de adotar um modo de vida mais equilibrado. A má alimentação, má postura e também o fato de ter pego Covid me deixaram bastante debilitado. Fiquei me perguntando se eu teria me saído melhor se estivesse desde o início me exercitando e comendo bem, ainda mais depois de ler que uma boa nutrição é decisiva para auxiliar alguém a se recuperar da doença e que ficar parado é a pior coisa que se pode fazer quando se tem dor crônica, o que agrava o desequilíbrio muscular. Também li que, por mais que eu me empenhasse na fisioterapia pós-Covid, eu deveria me alimentar bem e abrir mão de hábitos alimentares nocivos (como o consumo de alimentos ultraprocessados em excesso, elaborados com ingredientes nada naturais e ricos em gordura, sódio e açúcar) para que os bons resultados atingidos fossem duradouros. Li também que o alto consumo de bebidas alcoólicas atrapalha a absorção da vitamina B1 presente nos alimentos, o que favorece processos inflamatórios nos músculos e terminações nervosas. Caramba, quanta coisa ruim, não é mesmo? Eu achei assustador e me toquei que precisava tomar uma atitude a partir disso. Claro, busquei aconselhamento junto a nutricionistas e fisioterapeutas (recomendo fortemente os da Reabilitar!) e, gradualmente, fui fazendo mudanças na minha vida, adequando minha casa para trabalhar em padrões ergonômicos ideais, mudar minha rotina alimentar e passei a praticar exercícios físicos. Inclusive, sabia que é possível fazer isso sem sair de casa? A Reabilitar oferece planos incríveis, 100% remotos, presenciais ou mistos, sempre respeitando os protocolos de segurança, tão elementares em tempos de pandemia. Saindo da inércia: quebrando o sedentarismo Quebrar o sedentarismo foi e é muito difícil, disso eu tenho certeza. É difícil vencer a preguiça e se programar para se exercitar regularmente. Até porque os resultados não são imediatos: não é de cara que você vai se sentir “o endorfinado”. Mas é preciso ter sempre em mente que as estruturas que nos dão sustentação e movimento precisam ser estimuladas com alguma frequência e intensidade. Do contrário, virão as dores e a perda de flexibilidade. Saindo da inércia: quebrando o sedentarismo Freepik Hoje, sei que é possível mudar sem radicalizar. O incremento que se ganha em qualidade de vida é considerável e ainda estou dando meus primeiros passos nesse processo, em que os resultados físicos parecem lentos, mas a verdade é que se trata de uma transformação interna e externa, que também abrange os âmbitos orgânico e emocional. Inclusive, descobri que a Reabilitar, além de oferecer diferentes pacotes de serviços, também tem um app através do qual você pode agendar suas aulas, sejam online ou presenciais. Ou seja, mesmo em home office, não tenho mais como inventar desculpas para não me exercitar! Conheça os planos que a Reabilitar oferece e inicie hoje mesmo sua jornada rumo à uma vida plena! Entre em contato com a clínica pelo WhatsApp!

Com o Programa de Atendimento Econômico Família Mais, Médicos de Olhos S.A torna a oftalmologia mais acessível para a população “Todos conhecemos a premissa que é mais barato prevenir do que remediar. Mas quando se trata da saúde dos olhos, a negligência costuma imperar. Ainda não temos a cultura de visitar o oftalmologista para fazer um check-up, mesmo que esteja aparentemente tudo certo com os olhos”. A fala do Dr. Hamilton Moreira (CRM 9388 | RQE 2872), diretor técnico da Médicos de Olhos S.A, é comprovada pela pesquisa “As Condições da Saúde Ocular no Brasil”: 35% das pessoas nunca foram ao oftalmologista. O estudo foi feito em 2019 pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia. Com o orçamento familiar apertado, muitos brasileiros aguardam por consultas médicas no sistema público, onde a espera pode durar até dois anos. Para reduzir a fila e oferecer medicina oftalmológica de qualidade a preços acessíveis, a Médicos de Olhos S.A trabalha com o Programa de Atendimento Econômico Família Mais. Por meio do programa, é possível fazer consultas de rotina com valores que cabem no bolso: “O paciente terá acesso a exames de fundo do olho e pressão intraocular dentro da consulta, com orientações do médico quando forem identificados outros problemas de visão”, destaca o Dr. Hamilton. Prevenção em diferentes fases da vida Se não houver histórico familiar ou doenças de base, como diabetes e pressão alta, a consulta de check-up pode ser anual. Confira as fases da vida onde os olhos merecem atenção especial: 1. Infância: o diretor técnico da Médicos de Olhos S.A conta que, por volta dos cinco anos de vida, 4% da população pode apresentar ambliopia, conhecida como olho preguiçoso. “Nessa idade podemos tomar atitudes para prevenir uma baixa da visão que seria irreversível na vida adulta”. 2. Adolescência: dos 16 aos 18 anos, durante a fase de estudos e pré-vestibular, é comum que os jovens sintam irritabilidade, cansaço e desconforto relacionados a problemas de visão. “Existem casos de astigmatismo, alergia ou ceratocone, que quando detectados precocemente, antes mesmo de aparecerem os sintomas, podem ser manejados com a tecnologia atual, evitando a progressão”. 3. Vida adulta. Aos 45 anos, aparece a presbiopia ou vista cansada, que afeta 100% das pessoas. “É muito importante que nesta fase façamos um exame completo. A vista cansada pode ser tratada com óculos simples, mas os exames de fundo de olho e de pressão intraocular devem ser realizados nesta fase da vida”. O Dr. Hamilton explica que os primeiros sinais de problemas oculares podem aparecer nessa faixa etária e só são diagnosticáveis com exames. 4. Terceira idade. A partir dos 60 anos, as consultas preventivas anuais são mandatórias. Os hormônios e o processo natural de envelhecimento alteram a qualidade de vida e afetam a visão. “Doenças como glaucoma, catarata e degeneração de mácula podem ser detectadas precocemente. É frequente em nossos consultórios detectarmos diabetes pelo exame do fundo de olho, que a pessoa não sabia que tinha”, completa o médico. Exames com valores menores e alta tecnologia Nas unidades da Médicos de Olhos S.A, os equipamentos para exames de check-up acompanham o que há de mais avançado em diagnóstico e prevenção. “Com o Programa de Atendimento Econômico Família Mais, toda a rotina preventiva é feita a um valor justo, mesmo para pacientes sem um plano de saúde”, reforça o diretor técnico. Para quem ainda tem dúvidas sobre a importância dos exames de olhos regulares, vale prestar atenção em alguns dados. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o glaucoma é a maior causa de cegueira irreversível em todo o mundo. A doença é assintomática e pode ser prevenida com o exame de pressão intraocular. Já a catarata, procedimento com maior demanda por cirurgias no SUS, é responsável por 49% dos casos de cegueira no Brasil, segundo o IBGE, afetando especialmente pessoas mais velhas que não consultaram periodicamente um oftalmologista. Os dados mais recentes sobre saúde ocular também alertam sobre o aumento da miopia entre jovens: durante a pandemia, a progressão média dos graus de miopia foi de 40% em pessoas de 5 a 18 anos. “É importante revisar periodicamente o grau dos óculos também”, sinaliza o Dr. Hamilton. “Antecipar os problemas e consultar o oftalmologista antes deles aparecerem, sem onerar o orçamento, é a principal missão do Programa de Atendimento Econômico Família Mais”, conclui. Diretor Técnico: Dr. Hamilton Moreira - CRM 9388 | RQE 2872

Sistema Fiep defendeu esse formato como vantagem competitiva para a indústria do Paraná Entre os dias 27 e 28 de novembro, as cancelas de pedágio do Paraná foram levantadas e não haverá cobrança de tarifa. Com o fim do contrato atual de concessão, as rodovias ficarão livres do pedágio até que a nova licitação seja concluída. O projeto já está em andamento há alguns anos e, na primeira quinzena de novembro, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou o modelo de menor tarifa sem limite de desconto. A proposta é uma das conquistas mais importantes para o setor industrial, defendida pelo grupo de trabalho do qual o Sistema Fiep faz parte. “No outro modelo, o híbrido, havia um limite de 17% para o desconto, o que poderia trazer descontos menores ao usuário. Agora, a tarifa ficou amarrada a uma conta aporte. À medida em que o desconto ficar mais agressivo, o consórcio responsável tem que depositar um valor proporcional na conta vinculada à rodovia. Isto permitirá descontos maiores e evitará a entrada de aventureiros no processo”, explica João Arthur Mohr, gerente de Assuntos Estratégicos do Sistema Fiep. Funcionará assim: os descontos de até 10% serão vinculados a aportes de R$ 15 milhões por ponto percentual. Se o consórcio oferecer desconto de 1%, depositará R$ 15 milhões na conta da rodovia. Se oferecer 2%, depositará R$ 30 milhões e, assim, sucessivamente. A partir dos 10%, o aporte será de R$ 60 milhões para cada ponto percentual de desconto. E, a partir dos 17%, o aporte sobe para R$ 150 milhões por ponto percentual. Esse dinheiro, da conta de aporte, ficará integralmente à disposição do usuário da rodovia em cada lote pedagiado e poderá ser utilizado, nos reequilíbrios econômicos e financeiros quinquenais, em inserção de novas obras não previstas no contrato original ou para futura redução da tarifa. “O usuário vai definir junto com o governo quais são as prioridades”, completa Mohr. Obras previstas A nova concessão prevê 3.368 km, divididos em seis lotes. Foram aceitas diversas obras solicitadas em audiências públicas, nas quais o Sistema Fiep esteve presente representando o setor produtivo industrial paranaense. O gerente de Assuntos Estratégicos detalha que as obras solicitadas e aceitas nas audiências públicas preveem a inclusão do trecho da 277 de Morretes até Antonina, no lote 2; a antecipação das obras no Contorno Sul em Curitiba, que passará a ter pista quádrupla; a iluminação de todas as serras do estado; implantação de ciclovias de Curitiba a Paranaguá e de viadutos em frente a universidades, grandes indústrias e cooperativas; retornos em desnível, entre outros. “O objetivo é ter um trânsito mais fluido e seguro, tanto para os motoristas quanto para as comunidades do entorno”, reforça. Além disso, as praças de Londrina e de Califórnia mudarão de lugar, ficando mais afastadas do perímetro urbano. “Isso evita que um morador que transite a trabalho entre as duas cidades pague pedágio”, pontua Mohr. O que acontece até novembro de 2022? No período sem cobrança de pedágio, o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) assumirão a manutenção das estradas. O DER-PR ficará responsável pelos trechos estaduais e, o DNIT, pelos federais. São 19 lotes com processos de licitação para diferentes serviços: manutenção do asfalto, tapa-buracos, pintura de faixas e sinalização vertical, limpeza de bueiros, roçadas, entre outros. O Governo do Estado do Paraná também está licitando operações com guinchos para remoção de veículos leves e pesados. No atendimento a acidentes, a responsabilidade fica integralmente no estado, explica Mohr: “Para todas as rodovias, o atendimento médico emergencial será feito em acordo com os consórcios municipais, por meio do Corpo de Bombeiros, do Siate e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU)”. Próximos passos Atualmente, o material da concessão de rodovias do Paraná está com o Tribunal de Contas da União (TCU), que vai fazer a análise nos próximos quatro a cinco meses. Até março, espera-se que deva retornar ao Ministério da Infraestrutura e Transportes para publicação do edital. “Este edital deve ficar cerca de três meses na praça, para que se formem os consórcios. A previsão é de que as novas concessionárias iniciem a operação em novembro de 2022”, finaliza o gerente de Assuntos Estratégicos do Sistema Fiep. Descubra o que o Sistema Fiep tem para a sua indústria

Prioridade em emprego também é lei estadual, que pretende fazer com que as vítimas denunciem seus agressores e tenham condições de exercer seus direitos. Enquanto o Paraná se mobiliza nos 16 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres, com programações virtuais e presenciais espalhadas por diversos lugares, a Assembleia Legislativa do Paraná demonstra que, antes mesmo da instituição da campanha, já se preocupava com a situação das vítimas no estado, aprovando uma série de leis dando condições para que elas pudessem sobreviver sozinhas e com isso, ter autonomia financeira para seguir sua vida longe do parceiro agressor. Como exemplo a lei 10.774/2020 que propôs a prioridade em cursos de qualificação técnica e profissional gratuitos, oferecidos pelo Governo do Estado do Paraná, às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar que estejam com medida protetiva. Uma forma de assegurar a estas mulheres condições para exercer efetivamente os direitos e garantias fundamentais que lhes são conferidos pela Constituição Federal, visando assim o seu crescimento pessoal, social e profissional, de acordo com o seu interesse, a sua habilidade e conforme o diagnóstico de uma equipe de atendimento multidisciplinar. A ideia, é que o poder público firme convênios com a iniciativa privada para viabilizar e ofertar cursos profissionalizantes em diversas áreas de atuação, de acordo com o perfil de cada uma das interessadas. Já a lei 19.727/201 é outro exemplo. Ela determina a reserva de até 2% das vagas de emprego em empresas que prestam serviços ao poder público estadual para mulheres vítimas de violência. O objetivo é atender ao maior número possível de mulheres com medidas protetivas. Ainda segundo a legislação, o Governo também pode firmar convênios com empresas privadas para que possam adotar a regra. Tendo como se sustentar sozinhas, as mulheres são estimuladas a denunciar seus agressores, e assim ter condições de se auto sustentar e a enfrentar as consequências psicossociais decorrentes da violência de que foram vítimas. A campanha – A campanha mundial de combate à violência contra a mulher surgiu mundialmente em 1991. Ganhou o apoio da ONU Mulheres, que luta pela igualdade de gênero. Atualmente, é realizada em mais de 150 países e leva o nome “16 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres”. No Brasil, ela dura um pouco mais, 21 dias de ativismo, e virou lei no Paraná em 2020 com a aprovação na Assembleia Legislativa da lei 20.234. Para especialistas, campanhas e legislações como estas dão visibilidade à causa, que, aos poucos, avança. Quer saber mais sobre as leis aprovadas pela Assembleia Legislativa e que garantem os direitos das mulheres? Baixe o aplicativo Agora é Lei no Paraná no seu celular ou acesse o site. Proteger e garantir os direitos aos animais no Paraná é lei

Há oportunidades para promotor de vendas, representante comercial e zelador de condomínio. Há vagas para promotor de vendas Reprodução Empresas de Feira de Santana, cidade que fica a cerca de 100 quilômetros de Salvador, divulgaram vagas de emprego oferecidas nesta sexta-feira (30). Veja abaixo como se candidatar a uma das oportunidades. VAGAS DAS EMPRESAS 02 VAGAS PARA REPRESENTANTE DE NEGÓCIOS (ALAGOINHAS). 01 VAGA PARA PROMOTOR DE VENDAS (ALAGOINHAS). É necessário CNH A permanente. Interessados devem se inscrever através do site "GUPY AMBEV" clicando na aba de vagas no site da empresa. 01 VAGA DE EMPREGO PARA ZELADOR DE CONDOMÍNIO COM EXPERIENCIA NA ÁREA. É necessário saber trabalhar com máquina de cortar grama (roçadeira). Os interessados devem entrar em contato através do número: (75) 9 -8298-2285 Veja mais notícias do estado no g1 Bahia. Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia

Apresentação será inteira gravada em vídeo. Em entrevista exclusiva ao g1, sertanejo, que se apresenta no sábado, falou sobre repertório, bloqueio criativo na pandemia e suas referências. Gustavo Mioto Christopher Bueno/Divulgação Às vésperas de completar 10 anos de carreira, Gustavo Mioto inicia as comemorações com um show inédito no Jaguariúna Rodeo Festival, neste sábado (4), que será gravado em vídeo na íntegra. A estratégia do cantor, usada por ele pela primeira vez, será para presentear os fãs e seguidores da internet e poderá ser acompanhada ao vivo pelo canal oficial do artista no aplicativo Kwai. Entretanto, quem espera um repertório recheado de "sofrência" e música romântica, uma de suas marcas, está enganado. Em entrevista exclusiva ao g1, o sertanejo contou que o repertório terá muitas canções animadas, falou sobre o bloqueio criativo e a melancolia na pandemia da Covid-19, além dos planos de alçar voos ainda mais altos, que atravessem a fronteira do Brasil rumo à Europa, com o projeto de uma carreira internacional. “Todo mundo que escuta meu disco, acredita que o show é muito romântico, mais pro lado da sofrência, e não é nada disso. A gente quer mostrar que ao longo destes 10 anos, conseguimos juntar um repertório muito massa, pra cima, alegre e animado. Vou apresentar o Gustavo Mioto de verdade para quem ainda não teve a oportunidade de ver no palco”, disse o cantor, que estará no rodeio pela terceira vez. No repertório, não haverá músicas inéditas, já que um novo álbum está sendo preparado para o próximo ano, mas será um setlist de garimpo dos grandes sucessos da carreira, especialmente dos últimos seis anos, como “Impressionando os Anjos” (composição autoral juntamente com o amigo Théo que lhe rendeu reconhecimento nacional), “Anti-Amor” (lhe garantiu 496 milhões de visualizações nas plataformas), “Coladinha em Mim”, “Solteiro não Trai”, “Cala Boca Coração”, "Plaquinha de Aviso", “Brechó”, “Com ou Sem Mim”, entre outros. Gustavo Mioto Christopher Bueno/Divulgação O mais recente hit é “Não Parei de Sofrer”, do álbum Inconfundível, lançado em agosto e que continua em primeiro lugar entre as músicas mais ouvidas da última semana, segundo a ferramenta de monitoramento Crowley, . “Fizemos um repertório para Jaguariúna. Mudamos bastante coisa desde o primeiro show, mantendo o arranjo e nosso estilo, mas acrescentamos algumas introduções e finalizações. E o mais legal é que vamos filmar como um DVD sem cortes, como se a pessoa tivesse ali com a gente quando assistir”, contou. A previsão é para que seja o segundo show da noite e dure aproximadamente duas horas, mas, segundo o cantor, em Jaguariúna tudo pode acontecer. O projeto “Inconfundível” foi gravado no início de junho, no Espaço das Américas, em São Paulo. Nele, Mioto trouxe um cenário interativo com uma grande estrutura de painel de LED para a iluminação e vídeos que se revelam a cada letra e melodia, além de efeitos especiais, 14 câmeras estrategicamente posicionadas, mais de 400 aparelhos de iluminação e elementos de cena e mobiliário - a superprodução soma o equivalente a seis carretas de equipamentos e materiais. Carreira internacional Para 2022, o sertanejo almeja voos maiores e mantem o contrato com a Universal Music, o qual já rendeu frutos. Mesmo fazendo mistérios sobre os novos projetos, ele revelou que fez uma gravação com um artista brasileiro de alcance internacional e está por vir outras três parcerias com astros internacionais, além de shows nos Estados Unidos e na Europa, que tiveram de ser remarcados por conta da pandemia da Covid. Inclusive, durante a pandemia, muitos artistas tiveram bloqueio criativo, outros produziram até mais. No caso de Mioto, os primeiros seis meses foram extremamente difíceis. “Tive um grande bloqueio, fiquei um bom tempo sem vontade de fazer nada. Depois eu quis voltar e foi indo aos poucos. Mas eu senti que durante a pandemia, tanto os meus discos, como as letras que eu escrevia, havia melancolia, não senti discos felizes. Com a volta do show, agora, eu estou recuperando a vibe”, revelou. Gustavo Mioto abriu a segunda noite do rodeio em 2019 Júlio Cesar Costa/G1 De menino poeta a sertanejo que 'bomba' na internet Quando era garoto, o músico gostava muito de escrever poesia no colégio, apesar de não ser muito talentoso nas matérias escolares, e até participou de um concurso na região onde morava, em Votuporanga (SP). “A minha professora de português da época disse que eu mandava bem, que deveria insistir naquilo, que eu tinha uma certa maturidade para rima. Aí eu comecei a pensar em algumas letras. Como minha família é de músicos, comecei a tocar violão com seis anos e comecei a formular algumas músicas. Quando eu tinha uns 10 anos, consegui juntar tudo”, falou. Nesta época, ele compôs “É você quem vai chorar”, dando o pontapé inicial na vida artística. Antes de se tornar cantor sertanejo, ainda com 13 anos, integrou a banda Oxigênio, com a qual caiu na estrada fazendo todos os tipos de festas. “Me deu jogo de cintura, porque tem que tocar todo tipo de música para todo tipo de público. Ajuda a perceber o ambiente e construir o reportório. A banda de baile é uma escola.” No entanto, nem Mioto passou fácil pelos percalços do mercado fonográfico. “Todo mundo enfrenta dificuldades na sua trajetória. Com a gente não foi diferente. Tivemos um certo preconceito do mercado, por conta da família, viemos com uma voz diferente do que estava rolando, com músicas diferentes do que estava sendo ouvido e uma série de coisas. Ao longo desses 10 anos, estamos montando nossa personalidade”, disse. O cantor acumula atualmente números impressionantes: mais de 2,6 bilhões de visualizações em seu canal oficial no YouTube e mais de 4 milhões de ouvintes mensais nas principais plataformas de streaming. Compositor e guitarrista Como compositor, Gustavo Mioto gosta de ter parceiros, um ou dois, geralmente. Porém, revelou que na noite anterior à entrevista, havia feito letra e melodia sozinho de uma canção e mantêm segredo sobre a obra. “Tem música que a gente não canta nem para o psicólogo”, brincou. “Eu geralmente acho que estou doido, perdi a mão”, disse sobre compor só. Seus principais instrumentos são violão e guitarra, mas ele arrisca um pouco no piano, baixo e banjo. O artista tem como principais referências John Mayer, Eric Clapton, Slash, Stevie Ray Vaughan, Angus Young. Gustavo Mioto abriu a segunda noite do rodeio em 2019 Júlio Cesar Costa/G1 Veja mais notícias da região no g1 Campinas
Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Minas Gerais. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Minas Gerais.
Manhã de sexta-feira começou com transtornos para motoristas que passavam pelo sentido Rio de Janeiro da estrada. Um problema mecânico em um caminhão vem deixando o trânsito lento na pista sentido Rio de Janeiro da Via Dutra na manhã desta sexta-feira (3). O transtorno é no município de Piraí (RJ), na altura do km 235. Por volta de 8h, o trânsito estava liberado apenas em uma das faixas, o que provocava um congestionamento de 6 km. Até a publicação desta reportagem, não havia previsão para retirada do veículo da estrada. A Polícia Rodoviária Federal pede que os motoristas tenham atenção porque o dia começou com neblina, chuva e fluxo intenso. Clique aqui e siga o g1 no Instagram VÍDEOS: as notícias que foram ao ar na TV Rio Sul

Vítima foi socorrida para o Hospital Municipal de Mata de São João, onde ocorreu o crime, mas não resistiu aos ferimentos. Vítima foi levada ao Hospital Municipal, mas não resistiu aos ferimentos Divulgação/Prefeitura de Mata de São João Uma mulher morreu após ter sido atacada com golpes de faca, desferidos pelo próprio padrasto, na quinta-feira (20). O crime ocorreu na cidade de Mata de São João, região metropolitana de Salvador, e é investigado pela Polícia Civil . O crime ocorreu em uma casa no bairro Monte Líbano, após uma discussão entre os dois, por motivos não revelados. A vítima foi identificada como Elineide Carvalho dos Santos, de 35 anos. Após ser esfaqueada, ela chegou a ser socorrida para o Hospital Municipal, mas não resistiu aos ferimentos. Ainda segundo a Polícia Civil, agentes da 36ª Delegacia Territorial, onde o caso foi registrado, seguem em busca do homem apontado como responsável pelo crime, mas até o momento ele não foi localizado. O nome dele não foi divulgado. Veja mais notícias do estado no g1 Bahia. Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻 Ouça o podcast 'Eu Te Explico'

Ao todo, são 7 oportunidades nos dois municípios para técnico de laboratório, agropecuária, assuntos educacionais, contabilidade, administrador, assistente social, nutricionista. Saiba como se inscrever até o dia 16 de dezembro. Imagem de arquivo: campus de Rio Paranaíba da UFV UFV/Divulgação A Universidade Federal de Viçosa (UFV) abriu inscrições para um concurso público de cargos de carreira técnico-administrativa. Há vagas no campus de Rio Paranaíba e na Central de Experimentação, Pesquisa e Extensão do Triângulo Mineiro (Cepet) de Capinópolis. Ao todo, são 7 oportunidades nos dois municípios para técnico de laboratório, agropecuária, assuntos educacionais, contabilidade, administrador, assistente social, nutricionista. As inscrições devem ser feitas no site da UFV até o dia 16 de dezembro. Para participar, o candidato deve pagar R$ 100 para cargo de nível D e R$ 130 para classificação E. O salário varia entre R$ 2.446,96 e R$ 4.180,66 e mais informações podem ser conferidas no edital. Confira abaixo as vagas disponíveis: Vagas para carreira técnico-administrativa VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas
Governo de São Paulo reduziu intervalo entre as doses, em meio às confirmações de casos da variante ômicron no Brasil. Calendário carioca prevê intervalo de três meses para quem tem mais de 55 anos. A Prefeitura do Rio vai manter o intervalo de cinco meses para a aplicação da dose de reforço da vacina contra a Covid-19. Diferente do governo de São Paulo, que anunciou na quinta-feira (2), a redução de cinco para quatro meses o intervalo para a dose adicional da vacina, em meio às primeiras confirmações de casos da variante ômicron no Brasil. O governo do estado do Rio informou que vai seguir as orientações do Ministério da Saúde. Com a decisão de manter o intervalo de cinco meses, a Secretaria Municipal de Saúde segue com o calendário de imunização por idade. Ou seja, na cidade, quem tem mais de 55 anos deve tomar a dose de reforço num intervalo menor ainda, de três meses, para garantir a completa imunização. Veja o calendário de vacinação por idade, na Rio 59 anos ou mais: até 4 de dezembro 58 anos ou mais: 6 a 11 de dezembro 57 anos ou mais: 13 a 18 de dezembro 56 anos ou mais: 20 a 23 de dezembro 55 anos ou mais: 27 de dezembro a 4 de janeiro Já quem tem mais de 18 anos e tomou a segunda dose da vacina há cinco meses também já pode buscar a dose de reforço. Para esse grupo não é preciso seguir o calendário da prefeitura. Ou seja, as pessoas podem ir ao posto de vacinação a qualquer momento. É importante lembrar que a dose de reforço funciona sempre com a intercambialidade de vacinas. Ou seja, quem tomou a primeira e a segunda dose de Coronavac e AstraZeneca, vai tomar o reforço de Pfizer. Já quem recebeu as duas primeiras doses de Pfizer, receberá reforço de AstraZeneca. O Rio alcançou nesta quinta-feira (2) a marca de 90% da população de 12 anos ou mais de idade com o ciclo completo da vacina contra a Covid-19, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

O motorista de um dos veículos não ficou ferido e permaneceu no local após o acidente. Depois, foi encaminhado para a Central de Flagrantes para prestar esclarecimentos sobre o caso. Colisão entre dois carros em Teresina Reprodução/WhatsApp Uma pessoa morreu e três ficaram feridas, incluindo uma criança, após a colisão entre dois veículos em um cruzamento localizado no bairro Piçarra, na Zona Sul de Teresina. A Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran) informou que foi acionada por volta das 22h sobre um acidente entre dois veículos no cruzamento das Avenidas Higino Cunha e Odilon Araújo, próximo a uma praça. Carro ficou destruído após acidente em Teresina Reprodução/WhatsApp O motorista de um dos carros ficou preso nas ferragens e o Corpo de Bombeiros precisou ser acionado. Ele acabou não resistindo aos ferimentos e morreu ainda no local. As passageiras do veículo eram as filhas e a neta da vítima que ficaram feridas. “No local constatamos que se tratava de uma família. O condutor era um idoso, com as suas duas filhas e a netinha, que tinha por volta de um ano. Chegando ao local constatamos que o condutor já estava em óbito. Acionamos a perícia e quando ela liberou, tiramos o motorista das ferragens”, explicou o tenente Pedro Bento, do Corpo de Bombeiros, em entrevista à TV Clube. Acidente deixou uma pessoa morta em Teresina Reprodução/WhatsApp O tenente explicou que o motorista do outro veículo não ficou ferido e que ele ficou no local. Depois o motorista foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Teresina para prestar esclarecimentos sobre o caso. Veja as últimas notícias do g1 Piauí VÍDEOS: Assista às notícias mais vistas da Rede Clube O

No acidente um motociclista ficou ferido. Dois boletins de ocorrência foram registrados. Motorista colide em vários veículos, fere uma pessoa e deixa local sem prestar socorro Câmeras de segurança registraram o momento em que um motorista bate com o carro em quatro veículos parados em um semáforo no cruzamento da Avenida Silas Munguba com Rua Otacílio Peixoto, no Bairro Passaré, em Fortaleza. (veja vídeo acima) O caso foi registrado por volta das 13h10 desta quinta-feira (2). Motorista arrasta pick-up, colide e derruba telhado de comércio após passar mal ao volante no Ceará Segundo testemunhas, o condutor ainda derrubou uma árvore e bateu em cadeiras que estavam expostas em uma loja de móveis. Um motociclista ficou ferido e foi socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Após a batida, o motorista fugiu sem prestar socorro. Após o acidente o trânsito ficou congestionado. A Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) compareceu ao local e afirmou que dois boletins de ocorrência foram registrados e a Polícia Civil vai investigar o caso. Motorista colidiu em vários carros parados em semáforo e foge do local Reprodução Assista às notícias do Ceará no g1 em 1 Minuto:

Cidade amanheceu sem ônibus com protesto dos funcionários do transporte coletivo. Segundo sindicato, ação é em protesto pela falta de diálogo com prefeitura e a nova empresa para a transição do contrato. Funcionários fazem protesto em São José dos Campos André Rosa/TV Vanguarda São José dos Campos amanheceu sem transporte coletivo nesta sexta-feira (1°). Segundo o sindicato, os funcionários fazem uma paralisação em protesto pela falta de diálogo com a empresa que vai assumir o serviço na cidade, a Itapemirim, e a prefeitura. Eles temem serem demitidos com a troca de empresas. Os coletivos deveriam sair da garagem às 4h, mas após uma assembleia os funcionários decidiram paralisar o serviço em protesto. Até às 7h50, não havia coletivos circulando na cidade. A Itapemirim foi a vencedora da licitação e agora a cidade deixa de ter mais de uma empresa operando, para um serviço exclusivo de uma única empresa. O sindicato que representa os funcionários do transporte informou que há alguns meses tenta conversas com a empresa e com a prefeitura sobre a transição do serviço, mas não obteve resposta. Os funcionários temem serem demitidos. A nova empresa já assinou o contrato com a prefeitura, mas o prazo para assumir o serviço não foi informado. Depois de uma série de licitações esvaziadas, a gestão prorrogou o contrato com o atual consórcio até outubro de 2022, mas podendo ser encerrado assim que a nova empresa pudesse assumir. A reportagem acionou a prefeitura, mas não obteve retorno até a publicação. O g1 tenta contato com a Itapemirim.
Entre elas havia uma criança. Suspeita é que vítimas inalaram gás no local, na quinta-feira (2). Três pessoas de uma mesma família, entre elas uma criança, foram encontradas mortas dentro de um poço na região do Cassiporé, entre Oiapoque e Calçoene, no Norte do Amapá, na noite de quinta-feira (2). As mortes foram confirmadas por bombeiros e a suspeita é que o grupo inalou gás dentro da estrutura. Ainda não há informações oficiais sobre o que de fato ocorreu. As causas das mortes são investigadas pela Polícia Civil. Segundo o Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciodes), o resgate dos corpos ficou de ser realizado na manhã desta sexta-feira (3). Por volta de 20h, o 190 foi informado de que três pessoas estavam presas num poço onde se retirava água para consumo, em área de garimpo da Vila do Primeiro do Cassiporé. Equipes do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), da Defesa Civil e da prefeitura da Calçoene foram deslocadas para o local, com uma aeronave do Grupo Tático Aéreo (GTA) para o resgate dos corpos. Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá ASSISTA abaixo o que foi destaque no AP:

Esquema servirá para agilizar consultas médicas. Neste sábado (4), é a vez da Policlínica da Ponta da Praia. Policlínicas de Santos abrem em esquema de revezamento pelos próximos sábados Divulgação/Prefeitura de Santos As policlínicas localizadas na orla de Santos, no litoral de São Paulo, irão abrir aos sábados para a realização de consultas médicas aos finais de semana, em esquema de revezamento. O horário de funcionamento das unidades de saúde é das 9h às 15h30. Todos os serviços estarão disponíveis nas unidades aos sábados, exceto a coleta de exames laboratoriais, que permanece de segunda a sexta-feira. As consultas médicas serão para pacientes previamente agendados, seja por antecipação de consulta ou novos agendamentos com a abertura de mais vagas. Segundo divulgado pela prefeitura, a estratégia tem como objetivo ampliar a oferta dos serviços, em especial de consultas, que tiveram o tempo de espera aumentado durante a pandemia. A Secretaria de Saúde estuda ampliar o atendimento aos sábados para policlínicas de outras regiões. Veja abaixo o cronograma de funcionamento das policlínicas: 4 de dezembro: Policlínica da Ponta da Praia, na Praça Primeiro de Maio 11 de dezembro: Policlínica do José Menino/Pompeia, na Rua Ceará, 11 18 de dezembro: Policlínica do Campo Grande, na Rua Carvalho de Mendonça, 607 8 de janeiro: Policlínica do Gonzaga, na Rua Assis Correia, 17 15 de janeiro: Policlínica do Embaré, na Praça Coronel Fernando Prestes 22 de janeiro: Policlínica da Aparecida, na Av. Pedro Lessa, 1728 VÍDEOS: as notícias mais vistas do g1 A
Delegacia de Polícia Civil disse que nenhuma ocorrência sobre este caso foi registrada. Um vídeo de um homem agredindo uma mulher está circulando nas redes sociais. O caso aconteceu em via pública, na cidade de Gravatá, no Agreste de Pernambuco, na quinta-feira (2). As imagens mostram a mulher deitada no chão e o homem batendo nela. A Delegacia de Polícia Civil disse que nenhuma ocorrência sobre este caso foi registrada. Veja vídeo: Vídeo mostra homem agredindo mulher Já testemunhas disseram que essa situação com este casal acontece de forma frequente. E que várias vezes já houve a denúncia, mas o homem e a mulher sempre voltam a se agredir.

Acidente foi no trecho entre Gurupi e Cariri do Tocantins, na região sul do estado. Bombeiros atendendo vítima de tombamento na BR-153 Bombeiros/Divulgação Uma carreta que transportava gado tombou após descer uma ribanceira às margens da BR-153 entre Gurupi e Cariri do Tocantins, na região sul do estado, na tarde desta quinta-feira (2). O caminhoneiro contou aos Bombeiros que o acidente aconteceu por causa de uma arara que estava na pista. Após descer a ribanceira o caminhão atingiu árvores e ficou com a frente destruída. Quando os bombeiros chegaram ao local encontraram o motorista fora da cabine e sentado no chão. Ele estava consciente, mas apresentava uma fratura na perna esquerda. O homem disse ter desviado o caminhão da pista para evitar colidir com um carro que freou bruscamente na sua frente para não atropelar a arara. Ele foi imobilizado e levado para o Hospital Regional de Gurupi pelo Samu. Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Pernambuco. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Pernambuco.

Segundo a administração municipal, a medida foi adotada devido ao atual cenário da doença no mundo e à proximidade das festas de fim de ano. Prefeitura de Jundiaí reduz de 5 para 4 meses intervalo da dose adicional da vacina contra Covid Prefeitura de Jundiaí/Divulgação A Prefeitura de Jundiaí (SP) reduziu de cinco para quatro meses o intervalo da dose adicional da vacina contra a Covid-19, seguindo a recomendação da Secretaria de Estado da Saúde. Segundo a administração municipal, a medida foi adotada devido ao atual cenário da doença no mundo e à proximidade das festas de fim de ano. As pessoas que tomaram as duas doses dos imunizantes CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer podem procurar um dos polos de vacinação para a aplicação, sem a necessidade de agendamento. No Parque da Uva e na antiga UBS Jardim do Lago, o atendimento é das 8h30 às 15h30. Para maiores de 60 anos, é oferecido o drive-thru no Parque da Uva, também das 8h30 às 15h30, ou esse público pode receber a dose nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), sem agendamento, no período da manhã. Jundiaí também realiza, nos polos de vacinação, a aplicação da dose adicional para as pessoas que receberam a dose única do imunizante da Janssen há no mínimo 61 dias. A vacina utilizada é a da Pfizer. No site da prefeitura, na página do Calendário de Vacinação, é possível consultar quando ocorreu a aplicação das doses. Sorocaba Em Sorocaba (SP), a Secretaria Municipal da Saúde informou que também seguirá a nova determinação do Governo do Estado de São Paulo, que reduziu de cinco para quatro meses o intervalo para aplicação da dose de reforço da vacina contra a Covid. As datas de vacinação ainda não foram divulgadas. VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM Veja mais notícias da região no g1 Sorocaba e Jundiaí

Estabelecimentos liberados podem receber 100% da capacidade de público, mas devem seguir algumas regras, como impedir a entrada de pessoas sem máscara. Funcionamento de boates segue proibido em Belo Horizonte Long Truong/ Unsplash A Prefeitura de Belo Horizonte liberou o funcionamento de discotecas, danceterias, salões de dança e similares. Em decreto publicado nesta sexta-feira (3) no Diário Oficial do Município, o Executivo revogou a suspensão de autorizações e alvarás de localização e estabelecimento dessas atividades. Agora, apenas saunas continuam proibidas na cidade. Os estabelecimentos liberados podem receber 100% da capacidade de público, mas devem seguir algumas regras, como impedir a entrada de pessoas sem máscara, usar o maior número de acessos possíveis e higienizar as mãos com álcool 70% de todos que entrarem no local. As normas estão em uma portaria, também publicada nesta sexta-feira, que unifica os protocolos para eventos, casas de shows e espetáculos, casas de festas, discotecas, danceterias e salões de dança e espetáculos circenses. Somente atividades com público superior a 2.000 pessoas ou com show para público em pé, serviço de alimentação para público em pé ou espaço que possibilite dança devem exigir apresentação de teste negativo para Covid-19 ou comprovante de vacinação. As regras estão disponíveis no Diário Oficial do Município. Vídeos mais vistos no g1 Minas:

Estudo clínico envolveu 44 pacientes que passaram por tratamentos convencionais e tinham recomendação de retirada da bexiga; após dois anos, nenhum precisou passar por cirurgia e para 34 deles o tumor não voltou. Medicamento desenvolvido na Unicamp apresenta resultados positivos no combate ao câncer de bexiga Wagner José Fávaro/Arquivo pessoal Um medicamento desenvolvido na Unicamp apresentou resultados positivos no combate ao câncer de bexiga em pacientes graves, que já tinham realizado tratamentos convencionais e possuíam indicação para retirada do órgão. Após dois anos de ensaio clínico, em 77,3% dos casos o tumor foi eliminado, enquanto nos demais, o câncer voltou com menor intensidade. Os resultados foram apresentados no Congresso Brasileiro de Oncologia Clínica. O remédio obteve resultados melhores que o das técnicas atuais, como a raspagem do tumor e aplicação da vacina BCG. A terapia existe desde 1976, mas em pelo menos 50% dos casos há reincidência da doença e muitos pacientes não conseguem completar o tratamento por conta dos efeitos colaterais. "Muitos desses pacientes não tinham condições clínicas para retirar a bexiga, muitos têm comorbidades que impedem de fazer esse procedimento, além de pacientes que não querem se submeter ao tratamento. Foi nessa perspectiva, nesses critério, que aplicamos o medicamento", explica Wagner José Fávaro, professor do Instituto de Biologia da Unicamp e um dos inventores do OncoTherad. O câncer de bexiga é mais comum em pacientes com mais de 50 anos (90% dos casos), e em 70% das ocorrências a causa está ligada ao tabagismo. No ensaio clínico realizado no Hospital Municipal de Paulínia, sob o comando do médico urologista João Carlos Cardoso Alonso, nenhum dos 44 participantes (30 homens e 14 mulheres) morreu ou precisou retirar a bexiga após quase três anos do início das aplicações. Segundo o médico, os resultados do ensaio clínico abrem caminho para um melhor tratamento e qualidade de vida desses pacientes. Isso porque, ele explica, quando há indicação para retirada da bexiga, o procedimento costuma ter alto índice de mortalidade, e a instalação de uma bolsa coletora, assim como ocorre em casos de colostomia, também mexe com a saúde mental dos pacientes. Wagner Favaro, pesquisador da Unicamp, um dos inventores do medicamento Reprodução/EPTV Como funciona O medicamento desenvolvido na Unicamp é um nanofármaco semissintético que funciona como uma imunoterapia, estimula a produção de proteínas de células de defesa do organismo e destrói os tumores. A administração do OncoTherad nos pacientes ocorreu em diferentes etapas, sendo que nos primeiros três meses ocorrem em intervalos menores, com aplicações semanais dentro da bexiga e também por via intramuscular - o que não é possível no tratamento em vigor. Nos seis meses seguintes, após o sistema imune ser estimulado, as aplicações passam a ocorrer de 15 em 15 dias. Na reta final, a administração foi mensal, sendo que todos realizam exames a cada três meses para monitorar a evolução da doença. Durante o teste foram observados alguns efeitos colaterais, como cistite (inflamação na bexiga), ardência ao urinar e dores nas articulações, entre outros, mas em nenhum caso o tratamento precisou ser interrompido. "Foi uma grande diferença para o tratamento padrão", pontua Alonso. "Os pacientes continuam sendo assistidos. Alguns chegaram ao terceiro ano sem retorno do tumor e estão recebendo alta, mas iremos acompanhá-los", completa o urologista. O urologista João Carlos Alonso, do Hospital Municipal de Paulínia, realizou os ensaios clínicos do medicamento Arquivo pessoal Patente nos EUA O medicamento 100% nacional, desenvolvido pelos professores Wagner José Fávaro e Nelson Duran, do Instituto de Biologia da Unicamp, obteve patente nos Estados Unidos e os inventores já fizeram o depósito na agência europeia. O OncoTherad é fruto de um trabalho de mais de 13 anos, mas ainda depende de interesse da indústria farmacêutica e pesquisas mais avançadas, em diferentes centros e que atendam critérios das agências regulatórias para chegar ao mercado. "Um dos gargalos são os testes clínicos em diversos centros, não só no Brasil. Esse é um processo custoso, e a universidade, além de não ter esse investimento, não tem expertise em fazer. Por isso precisamos de interlocutores, de grandes companhias que tenham o know how, e ter a patente depositada mostra a importância do projeto. Porque uma coisa é fazer pesquisa clínica, outra que atenda as exigências do regulador", destaca Fávaro. Segundo o pesquisador, tais etapas são fundamentais para garantir a segurança da aplicação de qualquer fármaco na população. "A Anvisa é altamente criteriosa e está correta em seguir todos os passos. É uma das mais criteriosas do mundo", pontua o professor da Unicamp. VÍDEOS: veja tudo sobre a região de Campinas Veja mais notícias da região no g1 Campinas.

Raymond James Merril foi morto em abril de 2006 após vir ao brasil para conhecer esteticista que conheceu pela internet. Ela e mais duas pessoas foram julgadas, mas uma foi inocentada e outra teve o crime prescrito. Musico norte-americano foi morto no Vale do Paraíba em 2006 Arquivo pessoal A mulher acusada de matar o músico norte-americano Raymond James Merril, em abril de 2006, foi condenada há 30 anos de prisão. Além dela, outras duas pessoas foram a júri popular, mas um foi inocentado e o outro condenado pela ocultação de cadáver, mas o crime estava prescrito e, por isso, não vai cumprir pena. O júri começou na terça-feira (30) e foram três dias de julgamento. Regina Filomena Rachid, Nelson Siqueira Neves e Evandro Celso Augusto Ribeiro eram acusados de matar o músico norte-americano em uma emboscada. Ele veio ao Brasil em 2006 para se encontrar com Regina, depois de a conhecer pela internet, mas foi assassinado. Acusados pelo assassinato de músico norte-americano vão a júri popular No júri, a justiça condenou Regina pelo homicídio a 30 anos de prisão. A esteticista está solta desde 2012, beneficiada por um habeas corpus do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Já Evandro foi condenado a três anos de prisão pela ocultação de cadáver, mas como o crime estava prescrito – excedido o limite para que a pessoa responda por ele – ele não vai cumprir pena. Nelson, que era companheiro de Regina e chegou a ser preso pelo crime, foi inocentado. A justiça determinou a prisão imediata de Regina e a impediu de recorrer em liberdade. Histórico O músico veio ao Brasil em 2006 para um encontro com Regina Rachid após conhecê-la pela internet. Ele foi morto por enforcamento e o corpo dele foi encontrado queimado em uma estrada em Caçapava. De acordo com a investigação, a vítima foi mantida em cárcere, dopada com remédios por cinco dias, enquanto teve a conta bancária esvaziada. O roubo, segundo a denúncia, foi de mais de US$ 100 mil.

Borges morreu de infarto, segundo informações da assessoria do programa. Desde 1995, programa ajudou a prender mais de 20 mil criminosos, com mais de 2,7 milhões de denúncias. Zeca Borges, coordenador do Disque Denúncia Reprodução/ TV Globo Morreu na madrugada desta sexta-feira (3) o criador do Disque-Denúncia, Zeca Borges. Ele morreu aos 77 anos após sofrer um infarto, segundo informações da assessoria do Disque-Denúncia. O programa, criado em junho de 1995, chegou aos 26 anos em 2021. Até 2020, o serviço ajudou a prender e a autuar 20 mil criminosos. Com o sucesso da iniciativa, o projeto se expandiu para todos os estados brasileiros, além da Argentina e do Chile. Zeca Borges, em protesto à possibilidade de fechamento do Disque-Denúncia, em 2016 Reprodução/Youtube Quando o Disque-Denúncia completou 26 anos, Borges postou um texto nas redes sociais do programa, elencando os fatos importantes nos quais o Disque-Denúncia ajudou a prender criminosos: "Mais de 2,7 milhões de denúncias e 218 mil horas de serviço em mais de 9 mil dias de trabalho, ajudaram as polícias a combater o crime no Rio de Janeiro. Ajudamos a autuar a prender mais de 20 mil criminosos. Participamos de apreensões de armas e drogas, atuamos no desmantelamento de quadrilhas de roubos de cargas, auxiliamos na localização de pessoas desaparecidas, lutamos contra os crimes ambientais e até mesmo contra o coronavírus. Em todos esses momentos nós estávamos lá. E sempre estaremos." Curiosidades O recorde de denúncias em um só dia foi em 26 de novembro de 2011: 1.136 pessoas procuraram o serviço com informações sobre a situação no Complexo do Alemão, quando as forças policiais ocuparam a região. Naquele mês, o programa recebeu quase 16 mil denúncias que, naquela ocasião, levaram às prisões dos traficantes Coelho e Nem da Rocinha. O traficante Nem da Rocinha foi preso com ajuda de informações do Disque-Denúncia em 2011 Reprodução/ TV Globo O primeiro caso que marcou a história do programa foi a descoberta dos paradeiros dos estudantes Marcos Chiesa e Carolina Dias Leite, que haviam sido sequestrados. O traficante My Thor, que atuava na área do Catete, Zona Sul do Rio, também foi preso por intermédio do número 2253-177, em 2000. Traficante My Thor foi preso em 2007 Reprodução/Arquivo Pessoal Em 2002, 109 dias depois do assassinato do jornalista Tim Lopes, a Polícia Civil prendeu, por intermédio do Disque Denúncia, o traficante Elias Maluco — sem disparar um tiro. A recompensa mais alta oferecida e paga até hoje foi de R$ 100 mil, feita pela prisão dos envolvidos na morte do jornalista Décio Sá, no Maranhão. Outro caso foi a prisão dos assassinos do menino João Hélio Fernandes. Quatro homens, entre eles um menor, assaltaram o carro dos pais do menino, na época com 6 anos, e arrastaram a criança por seis quilômetros. João Hélio foi morto em 2007; denúncias foram essenciais para encontrar assassinos do menino Álbum de família

Dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia apontam que o estado teve quase 5 mil casos entre 2013 e 2021. Mais de 500 pessoas morreram da doença neste período. Protetor solar é item essencial Divulgação O Rio Grande do Norte é o terceiro estado que mais registra casos de câncer de pele no Nordeste. O levantamento foi feito pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e divulgado neste início de mês para alertar sobre o Dezembro Laranja, uma campanha de conscientização em relação à doença. Os dados da SBD apontam que o RN registrou 4.879 casos de câncer de pele entre os anos de 2013 e 2021. Apenas Bahia, com 6.222, e Ceará, com 6.206, tiveram mais diagnósticos da enfermidade na região. No Brasil, o Rio Grande do Norte ocupa o 10º lugar no ranking. Os casos têm aumentado nos últimos anos no estado, ficando acima de 1 mil confirmados entre 2018 e 2020 e tendo 608 confirmados em 2021 (veja o gráfico abaixo). "O índice tem subido justamente porque o hábito de se expor ao sol, de ficar bronzeado, aumentou no decorrer dos anos. A gente percebeu o aumento da incidência justamente pelo comportamento da população em relação ao sol", explicou a médica Tatiana Blumetti, assessora do Departamento de Oncologia Cutânea da SBD e uma das coordenadoras do Dezembro Laranja. "Hoje, o bronzeado é sinal de saúde. Então, as pessoas relacionam a exposição solar a ficar bronzeado, como algo positivo. Na verdade, isso acarreta maior exposição solar e os riscos se elevam na pessoa", critica. LEIA TAMBÉM Entenda os tipos de câncer de pele Câncer de pele é uma doença silenciosa; preste atenção nas pintas Câncer de pele: 70% dos casos vêm de pintas que já existiam Os dados do Sociedade Brasileira de Dermatologia ainda apontam que 567 pessoas morreram da doença entre 2013 e 2020 (veja o gráfico abaixo). A especialista explica ainda que os números de casos desses últimos dois anos possivelmente estão reprimidos diante do cenário de pandemia, o que fez muitos pacientes não frequentarem os dermatologistas, e que o momento é de conscientização com a melhora nos índices da pandemia e o retorno de muitas pessoas à exposição ao sol. "Esse risco é grande. Está todo mundo sem tomar sol há quase dois anos. A pele completamente desprotegida. Todo mundo vai querer aproveitar o verão, que não pôde aproveitar o ano passado, disse. "Então é um momento de conscientização e de cuidados e das pessoas também voltarem aos seus dermatologistas para fazerem avaliação da pele". Riscos No Nordeste, o risco de casos se dá por conta da maior incidência dos raios ultravioletas, explica a médica dermatologista. "O Nordeste está sob o maior risco porque tem latitudes mais baixas, é mais próximo da Linha do Equador. Então, os raios ultravioletas incidem de modo mais direto na pele". Apesar disso, Tatiana Blumetti explica que uma quantidade maior ou menor de casos em cada localidade depende de outros fatores, como a predominância da cor de pele da população, por exemplo. "Uma pele mais resistente, mais morena, tem menos risco do que uma pessoa mais branquinha, que se queima toda hora. Então, essas taxas são com essas somatórias desses vetores". Ela reforça ainda que no Brasil inteiro há altos índices de ultravioleta o ano inteiro. "E particularmente no verão nós temos os índices mais altos, o que requer maior cuidado da população". "Todos estão sob risco e justamente por causa disso que a campanha também é feita nessa época do ano. Essa exposição ao ultravioleta aumenta o risco de câncer de pele. É justamente ela que causa alteração no DNA da pele e causa o câncer de pele". Prevenção A dermatologista diz que a melhor forma de se prevenir é evitar exposição solar, principalmente numa faixa de horário entre 9h ou 10h até 15h ou 16h. Caso não seja possível, há as "proteções secundárias", com ela define. "O protetor solar, as roupas com proteção UV [ultravioleta], chapéu... o ideal é que você evite a exposição direta e, se acontecer essa exposição, você está bem protegido para reduzir a incidência de ultravioleta na sua pele". Esse cuidado é preciso ter desde criança. O câncer é mais propício em pessoas mais velhas exatamente pelo acumulado do ultravioleta na pele ao longo dos anos. Veja no vídeo abaixo os tipos de câncer de pele e como eles atuam: Entenda os tipos de câncer de pele "A maior parte dos cânceres de pele são causados pelo acúmulo do efeito ultravioleta. Então, quanto mais velho você fica, maior a chance de você ter câncer de pele. Eles podem acontecer na infância também, na adolescência, e principalmente quando eles têm uma história familiar mais importante. E o câncer de pele mais grave, que é o melanoma, o pico de incidência dele é aos 50 anos", explica. "Mas todas as pessoas estão sob risco de desenvolver o melanoma até em idades mais jovens. Essa exposição, as queimaduras solares que acontecem durante a nossa infância e adolescência, é que realmente ditam o nosso risco de ter câncer de pele na vida adulta. Então é muito importante a proteção das crianças, dos adolescentes, porque eles eles são marcadores de risco para ter câncer de pele na vida adulta". Sinais A médica Tatiana Blumetti explica que o câncer de pele pode se apresentar de formas diferentes. Por isso, é preciso estar atento ao próprio corpo. Exposição ao sol deve ser evitada sempre que possível Kristaps Grundsteins / Unsplash / Divulgação "Os cânceres de pele que não são melanomas se apresentam habitualmente como feridas ou sinais que podem ser claros, mais rosados ou escuros na pele. Esses geralmente são os primeiros sinais de de suspeita de um câncer de pele", explica. "Uma ferida que não cicatriza, que demora mais de 30 dias pra cicatrizar e persiste, ou cicatriza e volta a abrir novamente. Essa é uma ferida suspeita. Uma bolinha que apareça na pele, que surgiu repentinamente". Já os melanomas, ela explica, "são aquelas pintas ou sinais marrons ou pretos que podem se assemelhar a pintas no começo e apresentam crescimento, ficam assimétrica, com bordas irregulares, múltiplas cores, diâmetro maior que 5 mm. E que se percebe que ela surgiu, é nova, ou era uma pinta que já tinha no corpo, mas mudou". (Entenda aqui o chamado ABCDE das pintas). Diagnóstico precoce A médica explica ainda que o diagnóstico precoce é fundamental para um tratamento eficaz. "Extremamente importante o diagnóstico precoce pro câncer de pele que não é um melanoma para evitar justamente cirurgias extensas, mutilações", pontua. "Já o melanoma é muito importante o diagnóstico precoce porque ele que indica a chance da pessoa não ter consequências desse câncer de pele que é muito grave. Ele pode dar metástase [quando o tumor se espalha pelo corpo]. Então, o que muda a história do paciente é o diagnóstico precoce". Vídeos mais assistidos do g1 RN

Disparo aconteceu na noite desta quinta-feira (2), em Vila Velha. Mulher chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. Guarda municipal Luiz Roberto Ramalheite e a esposa Carolina Ferraz Scalfoni Reprodução/TV Gazeta Uma mulher grávida de cinco meses morreu após ser atingida por um tiro da arma do próprio marido, que trabalha como agente da Guarda Municipal de Vitória. O caso aconteceu na noite desta quinta-feira (2), dentro do apartamento do casal, na Praia de Itaparica, em Vila Velha. De acordo com a Polícia Militar, antes de acertar a barriga de Carolina Ferraz Scalfoni, o mesmo tiro atingiu a mão do guarda Luiz Roberto Ramalheite. Por isso, ele também ficou ferido. Um amigo de Luiz Eduardo, que preferiu não se identificar, contou que a arma do agente disparou acidentalmente. "O que foi passado para mim é que ele estava no quarto fazendo a limpeza da arma e aí ela passou para informar que ia para a academia e a arma teve um disparo acidental, que pegou no tórax dela, no peito", contou o amigo. Luiz Eduardo e a esposa foram socorridos, no entanto, o estado de saúde de Carolina era muito grave. Ela deu entrada no Hospital Antônio Bezerra de Faria, também em Vila Velha, e chegou a ser reanimada após sofrer uma parada cardíaca. A gestante deu entrada no centro cirúrgico, mas não resistiu ao ferimento. O bebê que Carolina esperava seria o primeiro filho do casal. Ela e Luiz Eduardo estavam juntos há cerca de 10 anos. Após receber atendimento médico, o guarda municipal foi levado para a Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), em Vitória, onde prestou depoimento e foi liberado. Segundo a Polícia Civil, o agente responderá por homicídio culposo, ou seja, quando não há intenção de matar. A Corregedoria da Guarda Municipal de Vitória vai abrir uma investigação sobre o caso. VÍDEOS: tudo sobre o Espírito Santo Veja o plantão de últimas notícias do g1 Espírito Santo

Família pede ajuda para localizar cadelinha Penélope. Quem souber de alguma informação que leve ao paradeiro do animal pode entrar em contato com o Disque Denúncia pelo telefone 2253-1177. Cadelinha Penélope foi levada por criminosos durante roubo de residência em São Gonçalo Reprodução Uma família de São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, está desesperada buscando informações sobre o paradeiro da cachorrinha Penélope. O animal da raça shih tzu foi roubado durante um assalto no bairro Santa Catarina, na segunda-feira (29), por volta das 17h. Maiene Magno, proprietária do animal, estava chegando em casa com a filha de nove anos, a mãe, que é idosa, e uma amiga da família, quando os criminosos entraram e anunciaram o assalto. Ela diz que até viu uma movimentação, mas como a rua que mora costuma ter muita gente passando, não desconfiou de nada. Os bandidos pediram os telefones das vítimas, o dinheiro da idosa e, quando saíram, ainda levaram a cachorrinha da família que estava no quintal. “Ele foi, mandou a gente para o banheiro e fechou a porta. A gente entrou para o banheiro, ele foi para a cozinha, pegou a bolsa da minha mãe que tinha uns trocados e levou o dinheiro. Nisso, a Penélope tentou entrar dentro de casa. Ela viu aquela movimentação e acho que ficou com medo. Aí ele foi fechou a porta, colocou a gente dentro do banheiro, pegou o dinheiro e saiu", disse Maiene. Quando a família saiu do banheiro e começou a chamar pela cadelinha, percebeu que a Penélope não estava na casa. O caso foi registrado na 75ª DP (São Gonçalo). A família, e principalmente a filha da Meiene, está inconsolável com a falta da cachorrinha. Eles dizem que Penélope é muito carinhosa, bagunceira, adora brincar de bola e não dispensa um colinho. Quem souber de alguma informação que leve ao paradeiro da Penélope pode entrar em contato com o Disque Denúncia pelo telefone 2253-1177.

Investigação identificou prática de corrupção por dois ex-secretários municipais e três fiscais ambientais – que foram afastados dos cargos. Oito mandados de busca e apreensão também foram cumpridos. Servidores de Porto Seguro são afastados em operação contra esquema de propina para licenças ambientais Divulgação/PRF-BA Três fiscais ambientais de Porto Seguro, no extremo sul da Bahia, foram afastados em uma operação contra um esquema de propina para licenças ambientais na Secretaria do Meio Ambiente do município, na manhã desta sexta-feira (3). De acordo com o Ministério Público da Bahia (MP-BA), a ação identificou indícios de prática de corrupção por dois ex-secretários municipais, além dos três servidores públicos que foram afastados. A prefeitura de Porto Seguro informou que está apurando as informações e vai se posicionar sobre o caso. Os nomes dos suspeitos não foram divulgados. Oito mandados de busca e apreensão também foram cumpridos, na operação batizada de Saneamento, na sede do município e no distrito de Arraial d'Ajuda. Segundo o Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), o esquema de corrupção aconteceu no período de 2016 e 2017. As investigações apontaram o recebimento de vantagens indevidas para a concessão de licenças ambientais, além da implantação dessas licenças para a instalação de empreendimentos imobiliários na região. Uma das propinas chegou ao valor de R$ 60 mil. O MP-BA detalhou ainda que o esquema foi denunciado por empresários da construção civil, que entregaram documentos que evidenciam a negociação irregular. O pagamento desses valores foi feito depois que os documentos foram concedidos. As buscas e apreensões foram cumpridas em endereços residenciais dos investigados e na sede da Secretaria de Meio Ambiente de Porto Seguro. Além do MP-BA também participam da operação a 5ª Promotoria de Justiça de Porto Seguro e as polícias Rodoviária Federal e Civil. Veja mais notícias do estado no g1 Bahia. Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻 Ouça 'Eu Te Explico' 🎙

A vacina começa a ser disponibilizada a partir desta sexta-feira (3), das 9h ás 17h. Estão sendo oferecidas Coronavac, Astrazeneca e Pfizer. Vacina Petrolina Ayrton Latapiat/ Ascom PMP A prefeitura de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, disponibiliza, a partir desta sexta-feira (3), a segunda dose da vacina contra a Covid-19 sem a necessidade do agendamento. Estão sendo oferecidas as vacinas Coronavac, Astrazeneca e Pfizer. Para ser vacinado, é necessário levar o cartão de vacinação e o documento de identificação com foto. Em caso da perda do cartão, é necessário levar também o Boletim de Ocorrência. Os polos ficarão abertos durante todo o mês de dezembro das 9h ás 17h. As pessoas devem se dirigir ao polo de acordo com a data do cartão de vacina. Vale ressaltar que para as pessoas que preferem realizar agendamento, as vagas estão abertas para segunda e terceira dose da Pfizer na plataforma de vacinação. Polos de vacinação sem agendamento Astrazeneca Parque Municipal na Vila Mocó Coronavac Univasf Pfizer Drive - Thru na Avenida da Integração Univasf Vídeos: mais assistidos do Sertão de PE
Homem de 25 anos já havia sido preso acusado de matar o próprio tio em 2018. Uma mulher de 67 anos foi morta a machadadas na cabeça em Poço Verde, nesta quinta-feira (2). O suspeito é o próprio companheiro, de 25, que foi preso em flagrante pelas polícias Civil e Militar horas depois do crime. O corpo da idosa foi encontrado na cama e encaminhado ao Instituto Médico Legal, em Aracaju. O suspeito, de acordo com a polícia, é egresso do sistema prisional, onde cumpriu pena por matar o próprio tio a golpes de faca em 2018. A Polícia Civil solicitou à Justiça a prisão preventiva do homem. Ele será indiciado por feminicídio.

O evento começou nesta quinta-feira (2) e vai até domingo (5). O grupo sul-mineiro irá apresentar duas peças autorais. Companhia de Teatro de Poços de Caldas participa de festival pelo 2º ano consecutivo em MG; veja programação Companhia Conscius Dementia Uma companhia de teatro de Poços de Caldas (MG) está participando pelo 2º ano consecutivo de um festival nacional. O evento começou nesta quinta-feira (2) e vai até domingo (5). O grupo sul-mineiro está programado para apresentar duas peças autorais, a primeira aconteceu quinta-feira e outra será nesta sexta-feira (3). A retirada de ingressos é gratuita, mas os artistas convidam a plateia a contribuir de forma livre com o festival. Ao final do espetáculo, o público também pode apoiar voluntariamente. O grupo Conscius Dementia é composto por cinco mulheres e um homem. Nesta quinta-feira (2),o grupo apresentou o espetáculo 'Eu Sinto, Muito'. A apresentação aconteceu às 23h. Na peça, duas atrizes se uniram para falar de amor e de medo e descobrem a linha tênue do sentir medo: aquele impulsionador ou aquele paralisante. O Festival Satyrianas teve início em 1989 e é promovido pelo grupo paulista 'Os Satyros', uma das companhias de referência no país no mundo. No início, o objetivo do evento era disseminar o acesso à cultura e às artes por toda a cidade, mas hoje já ganhou caráter internacional. Nos últimos anos, o festival recebeu artistas e espectadores de diversos estados brasileiros e também de outros países. Veja a programação: Sexta-feira - 19h - Espetáculo 'Perfeita Imperfeição': A partir de reflexões sobre o isolamento, do contato mais próximo consigo mesmas, cada atriz reflete sobre suas marcas físicas e psicológicas, que fazem parte da sua construção como ser humano. Elas vão convidar a plateia a refletir sobre o amor próprio. Clique aqui para adquirir seu ingresso. VÍDEOS: Veja tudo sobre o Sul de Minas Veja mais notícias da região no g1 Sul de Minas

Polícia chegou ao suspeito após denúncia anônima. Droga apreendida foi encaminhada para a Central de Flafrantes 5º BPM A polícia apreendeu na noite desta quinta-feira (2) 1 kg de cocaína escondido em uma casa no Benedito Bentes, em Maceió. Um homem foi preso. Policiais do 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM) chegaram ao suspeito após denúncia anônima de que ele receberia o entorpecente. Após o flagrante, os policiais encontraram a droga escondida na cozinha. O homem foi preso e levado para a Central de Flagrantes, onde vai responder por tráfico de entorpecentes. Veja os vídeos mais recentes do g1 AL Confira outras notícias da região no g1 AL

Equipe do TG pesca no rio Grande entre São Paulo e Minas Gerais; tucunaré e corvinas aparecem em meio à muita cantoria no barco. Tucunarés são um dos destaques na pescaria pelo Rio Grande. Vanderlei Duarte/TG Qual é a primeira regra quando se está em uma pescaria? Fazer silêncio sempre é importante para não espantar os peixes. Mas na aventura do TG deste sábado (04/12) você vai ver que às vezes essa regra vira exceção. Já viu peixe que vem na cantoria? No rio Grande, na região de Colômbia (SP), a busca é pelos tucunarés e corvinas. Os companheiros da nossa equipe nossa empreitada no rio garantiram momentos de muita diversão e disputa. “É muita honra a gente ter nascido nessa região de Colômbia, que sempre foi famosa pela pesca, pela qualidade de vida, pela água. Um lugar cheio de histórias”, conta o empresário, Osvaldo Monsef Filho. Nesta região também fica a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) de Porto Ifé, um refúgio para os bichos. Por lá já foram avistados veado-campeiro, anta, jaguatirica, entre outros animais. Nesse trecho também é possível fazer uma viagem ao passado. Nossa equipe foi em busca de um barco que teria naufragado há mais de 70 anos nessas águas que dividem os estados de São Paulo e Minas Gerais. “Aqui era uma região portuária, chamada sertão da farinha podre. Os tropeiros traziam mercadorias no carro de boi, de Barretos até aqui. Era charque, madeira e o que tinha. Aqui eles trocavam pelos produtos que vinham de Minas: farinha, linguiças caseiras, chouriços e outros produtos. Esse traslado de uma margem para outra era feito em embarcações. Segundo as informações que levantamos, esse barco que tá no fundo do rio, carregou muita mercadoria e acabou naufragando. Na época não tinha como remove-lo e ele acabou ficando aqui”, explica a bióloga, Maria Inácia Macedo Freitas. Conheça o pescador apelidado de "Pé". Vanderlei Duarte/TG O barco só foi visto por causa do nível do rio Grande, o mais baixo dos últimos 19 anos. “Já tinha sido visto outra vez, mas só agora registramos. É um barco de 29 metros, de uma capitania de ingleses, que usava as águas dos rios: Mogi, Pardo e Grande, para transporte. Eram os canais de ligação, eram as estradas para transportar as mercadorias e pessoas. A famosa ‘marias-fumaça’ do rio, as fragatas movidas a vapor”, complementa Maria Inácia, que acompanha a gente por esse rio cheio de aventuras. Confira essa aventura completa no Terra da Gente deste sábado (04/12), às 14h, na EPTV.
Equipe recebeu a denúncia de que dois homens armados estavam assaltando no município. Dois homens são presos após trocar tiros com a polícia no bairro Ipiranga, em Agrestina, no Agreste de Pernambuco, na noite da quinta-feira (2). Segundo a Polícia Militar, equipe recebeu a denúncia de que dois homens armados estavam assaltando no município. Ao perceber a presença dos policiais, os suspeitos tentaram fugir e trocaram tiros. Os bandidos foram capturados e levado para Delegacia de Polícia Civil para as medidas cabíveis.

Polícia Civil faz buscas pela mulher desde a última quarta-feira (1º), quando ela desapareceu. Dona de casa desaparece após sair para passear com cadela de estimação, em Campina Grande TV Paraíba/Reprodução A dona de casa Leone Ferreira Florêncio está desaparecida desde a tarde da última quarta-feira (1º), quando saiu para passear com a cadela de estimação, em Campina Grande. Segundo a Polícia Civil, que faz buscas pela mulher, ela é moradora do bairro Tambor e foi vista pela última vez no Catolé. Por enquanto, Leone não foi localizada nos hospitais da cidade. Quem tiver informações sobre onde ela possa estar, pode entrar em contato com a Polícia Civil, pelos telefones 197 e também pelo (83) 3310-9300. Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba
Participe com Salgado Neto pelo número (96) 99112-6310. Assista ao Bom Dia Amapá desta sexta Participe com Salgado Neto pelo número (96) 99112-6310. O g1 transmite ao vivo, diariamente, os telejornais Bom Dia Amapá (7h30), JAP1 (12h) e JAP2 (19h05).