Simule e contrate

g1


Segundo o Corpo de Bombeiros, carro saiu de estrada rural e caiu em esterqueira com um milhão de litros de dejetos. Veículo foi amarrado e retirado com caminhão, neste domingo (26). Carro foi encontrado dentro de tanque de dejetos, em Santa Helena Corpo de Bombeiros/Defesa Civil Duas pessoas morreram após o carro em que estavam cair em um tanque com dejetos, em Santa Helena, no oeste do Paraná, neste domingo (26), segundo o Corpo de Bombeiros. De acordo com os bombeiros, o motorista perdeu o controle da direção, saiu da estrada rural e o carro caiu na esterqueira, que tinha cerca de um milhão de litros de dejetos. Uma câmera de monitoramento registrou o momento que o carro caiu no taque. Morador suspeitou de carro em esterqueira após ver peças flutuando, em Santa Helena Corpo de Bombeiros/Defesa Civil O morador da casa viu peças de um carro flutuando na esterqueira e marcas de pneus no barranco, por isso, acionou os bombeiros com a suspeita de ter um carro no local. Segundo os bombeiros, o tanque tem cerca de quatro metros de profundidade e estava cobrindo o carro. Para identificar o veículo, parte dos dejetos foi tirada com bombas dos tratores. Para a retirada do tanque, o carro foi amarrado e puxado por um caminhão com guindaste. Até a publicação desta reportagem, conforme os bombeiros, as vítimas não tinham sido identificadas, mas eram um homem e uma mulher. Atendimento foi realizado pelo Corpo de Bombeiros e Defesa Civil, com apoio da Secretaria Municipal de Agricultura com os maquinários e da Polícia Militar (PM). A causa do acidente será apurada. Os corpos serão levados ao Instituto Médico-Legal (IML) de Foz do Iguaçu, também no oeste. VÍDEOS: Mais assistidos do G1 PR Veja mais notícias da região no g1 Oeste e Sudoeste.

Confronto ocorreu em operação para desmantelar célula do Hamas; Israel diz que ataque tinha como objetivo prevenir "um ataque terrorista". Funeral do palestino Osama Soboh, morto em confronto com israelenses, foi marcado por protestos neste domingo (26) REUTERS/Raneen Sawafta Cinco palestinos morreram neste domingo (26) em confrontos com as forças israelenses, que lançaram uma operação na Cisjordânia ocupada para evitar atentados. Dois militares israelenses, entre eles um oficial, ficaram feridos durante a operação lançada na noite de sábado (25) pelo exército, as forças especiais e o serviço de segurança interna, o Shin Beth, para desmantelar uma célula do Hamas e deter suspeitos, informou o exército em um comunicado. O chefe de Estado-maior, general Aviv Kochavi, afirmou em um vídeo distribuído à imprensa que "a operação foi um sucesso porque permitiu evitar atentados". Exército de Israel prende últimos dois palestinos foragidos da prisão Confronto entre palestinos e tropas israelenses deixa feridos em Gaza Israel lança campanha de vacinação durante a madrugada em áreas frequentadas por jovens Segundo o ministério da Saúde palestino, cinco palestinos morreram atingidos por disparos israelenses: três na aldeia de Biddu, cerca de 10 km a noroeste de Jerusalém, e dois em Borquin, perto de Jenin, no norte da Cisjordânia, um território palestino ocupado pelo exército israelense há mais de 50 anos. "O barulho dos tiros" começou por volta das 4h da madrugada local, seguido de "fortes explosões", declarou Ayed Shamsneh, morador da região de Biddu, que abriga várias aldeias entre Ramallah e Jerusalém. De acordo com um comunicado do exército israelense, "em cinco ataques simultâneos para capturar terroristas, as tropas responderam a disparos de munição real, matando cinco terroristas e detendo outros" nos setores de Biddu e Borquin. Uma investigação foi aberta para determinar se os soldados israelenses feridos foram "vítimas de disparos de outros soldados". Uma fonte médica no hospital Ramban de Haifa, onde os militares foram atendidos, declarou que eles não corriam risco de morrer. O Hamas, no poder no enclave palestino de Gaza, confirmou a morte nos confrontos de quatro membros de seu braço armado em Biddu. A Jihad Islâmica, outro grupo armado palestino, confirmou que o palestino morto em Borquin, Osama Soboh, era um de seus membros. Este último foi sepultado neste domingo (26), mas segundo o ministério palestino da Saúde, o exército israelense está com os corpos dos outros quatro palestinos mortos. Naftali Bennet na sessão do Knesset em que foi confirmado como novo premiê de Israel Reuters/Ronen Zvulun O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, que está a caminho de Nova York onde fará um discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas, confirmou que a operação tinha como objetivo prevenir "um ataque terrorista", segundo um comunicado de seu gabinete. Ele declarou seu "total apoio" aos soldados e seus superiores envolvidos na operação. A presidência da Autoridade Palestina, por sua vez, condenou um "crime hediondo cometido pelas forças de ocupação israelenses em Jerusalém e Jenin", segundo um comunicado de seu gabinete. Os confrontos entre soldados israelenses e palestinos se multiplicaram nas últimas semanas na Cisjordânia, sobretudo nos protestos palestinos contra a colonização israelense. Israel e Hamas travaram quatro guerras desde 2008. O último confronto ocorreu de 10 a 21 de maio: 260 palestinos morreram nos bombardeios israelenses em Gaza, segundo as autoridades locais. Em Israel, disparos de foguetes de Gaza deixaram 13 mortos, segundo a polícia e o exército. VÍDEOS: os mais recentes do g1

Gustavo Bardim é o campeão do 'The Voice Kids' em 2021 Reprodução / GShow ♪ Gustavo Bardim mereceu a conquista do título de campeão da sexta temporada do programa The Voice Kids. A final da competição foi exibida pela TV Globo na tarde deste domingo, 26 de setembro. Cantor catarinense de 11 anos, nascido em Guaramirim (SC), Bardim foi eleito o campeão do The Voice Kids em 2021 com 65,38% dos votos do público, vencendo a disputa com Izabelle Ribeiro e Helloysa do Pandeiro. Embora o nível dos seis finalistas dessa sexta-temporada tenha sido alto, revelando talentos como Ruany Keveny e Isabelly Sampaio, Gustavo Bardim fez jus ao troféu de campeão – e ao contrato com a gravadora Universal Music – pela afinação, maturidade precoce para dar o recado das canções e carisma. Apontado muitas vezes como “mini Teló”, tanto pela aparência quanto pela preferência pela música sertaneja, Bardim – que cantou Yesterday (John Lennon e Paul McCartney, 1966) e Como é grande meu amor por você (Roberto Carlos, 1967) na final – está pronto para seguir carreira que, provavelmente, será desenvolvida no segmento sertanejo. A propósito, Bardim integrou o time do técnico Michel Teló nessa sexta temporada do The Voice Kids. Contudo, como já dito, o nível dos concorrentes foi alto. Concorrente do time de Carlinhos Brown, Isabelly Sampaio – para citar um entre muitos possíveis exemplos – também se mostrou pronta para seguir carreira ao cantar na final o samba Madalena (Ivan Lins e Ronaldo Monteiro de Souza, 1970) com a afinação, o suingue e a divisão esperta que já havia ostentado ao interpretar o Samba de uma nota só (Antonio Carlos Jobim e Newton Mendonça, 1960) na semifinal exibida no domingo anterior, 19 de setembro. Contudo, o campeão Gustavo Bardim fez jus à vitória do The Voice Kids 2021. O jovem cantor catarinense tem futuro no mercado da música sertaneja de cepa mais romântica.

Ação será de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, em 98 postos de saúde espalhados pela cidade. Campanha de vacinação antirrábica em Salvador Bruno Concha/Secom A Campanha de Vacinação Antirrábica que seria encerrada na segunda-feira (27) foi prorrogada até quinta-feira (30), em Salvador. A intenção é possibilitar que os donos de cães e gatos tenham acesso facilitado ao imunizante para os animais. A estratégia vacinal na capital baiana atingiu pouco mais de 80% do público-alvo. Até a última sexta-feira (17), pouco mais de 145 mil animais foram vacinados. A meta do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), vinculado à Secretaria Municipal da Saúde (SMS), é imunizar 180 mil pets. Segundo a prefeitura, é possível ter acesso às doses da vacina em 98 postos de saúde espalhados pela cidade, das 8h às 14h. Além disso, agentes de combate às endemias estão percorrendo as ruas de diversas localidades do município, com a aplicação da vacina em bairros estratégicos da cidade. A dose é aplicada em animais a partir dos três meses de idade, exceto os que estiverem doentes. A lista completa dos pontos você confere no site da Secretaria municipal de Saúde (SMS). Veja mais notícias do estado no G1 Bahia. Assista aos vídeos do G1 e TV Bahia 💻 Ouça o podcast 'Eu te explico' 🎙

Especialistas afirmam ser possível equilibrar a vida do humano e do cão com alinhamento de necessidades e expectativas. Conheça histórias de cães, gatos e até calopsita, bem como as técnicas para driblar os tutores no convívio doméstico. Luna sempre busca atenção, tentando subir em todo os móveis Laís Souza/Arquivo Pessoal Dormir na cama, subir no sofá, exigir atenção quando bem entende e, até mesmo, subir na mesa com os donos. Esses comportamentos são comuns e difíceis de corrigir em muitos pets. Em Juiz de Fora, algumas famílias buscam ajuda profissional para "domar" os bichinhos que acreditam ser os donos da casa. O g1 conversou com tutores de animais, que lutam contra o mau comportamento ou que aprenderam a lidar. Além disso, veja a opinião de uma profissional sobre o motivo desse tipo de hábito e como corrigir. 'Ela nos domina' Luna gosta de subir na mesa da família Laís da Silva Souza/Arquivo pessoal A estudante Laís da Silva Souza, de 17 anos, é dona de uma Yorkshire Terrier chamada Luna. Com apenas 9 meses de vida, a cachorrinha já se acha a dona da casa. "[A Luna] sobe na minha mesa de estudo, aprendeu rápido a subir no sofá, só dorme nos meus pés apesar de ter caminha e almofadas para ela", listou Laís. Outros comportamentos da pet incluem exigir atenção enquanto a família está ocupada com trabalho e estudos, latir durante as conversas e não gostar de ser deixada sozinha. Segundo a estudante, "[ela] fica nos rodeando sempre que estamos perto do armário de roupas. Já entende a frase 'vamos na vovó' e 'vamos na rua' como comando para que ela esteja sempre na porta da sala para sair de casa [junto]". A família de Laís optou por uma Yorkshire Terrier por saberem que se tratava de uma raça brincalhona, companheira e com bastante energia. Desde cedo, Luna foi ensinada o lugar certo de fazer as necessidades e aprendeu alguns truques, como sentar, deitar ou dar a patinha. Ela também entende o comando "não", mas nem sempre obedece. "Acredito que no começo demos muita liberdade de espaço, [deixando ela] ficar pela casa, quando o ideal é deixá-la em um cercadinho pequeno. Isso fez com que ela tivesse a sensação de dominação pela casa toda", opinou Laís. A estudante tenta corrigir o comportamento, ao deixar as portas dos cômodos fechadas para que a Luna entenda que aquele não é o espaço dela. Mas confessa que a ajuda profissional pode sim, ser necessária: "sempre vamos deixando para depois [o adestramento]. E acabamos seduzidos com a inteligência dela para algumas situações", explicou. "Ela nos domina, mas é mais pela inteligência dela em lidar com as nossas rotinas", concluiu Laís. 'Ela não acha que é dona da casa...ela tem certeza' Amora andando de carro com a família Glauce Cristina da Silva/Arquivo pessoal Amora, a Basset de 5 anos de Glauce Cristina da Silva, tem liberdade total dentro de casa. Mas, diferente de outras donas, Glauce não se importa com o comportamento do pet. "Não me importo com o comportamento, porque ela não faz nada que nós vejamos como ruim. A gente brinca que ela não acha que é dona da casa...ela tem certeza. Isso porque ela transita pela casa em todos os cômodos sem restrição; como fica dentro de casa, nós permitimos que ela suba na cama e no sofá, mesmo tendo uma caminha só para ela no chão". Apesar disso, Amora é doce, educada e obediente. Entende quando os donos dizem "não", mas tem personalidade forte e, às vezes, late até conseguir o que quer. Segundo Glauce, a pet é tratada como uma filha dentro de casa. A família educa, mas entende o comportamento e não a limita de nada. A mãe da cachorrinha ainda mencionou o quanto ela foi especial durante a pandemia, momentos de tanta apreensão no ambiente familiar. "Ter a Amora num período de pandemia foi uma das melhores coisas da minha vida. Num momento em que tivemos um problema de saúde com meu pai, um monte de medos e incertezas e uma pandemia trazendo tanto medo essa mocinha sempre foi nosso aconchego. Uma sensibilidade sem tamanho", finalizou. 'Equilibrar a vida do humano e do cão' O g1 conversou com Nathália Demétrio Bezerra, treinadora equilibrada que trabalha com adestramento de cães no @vidabul. "O treinador equilibrado sabe corrigir e recompensar, sabe condicionar o cão e, principalmente, sabe lidar com a natureza dele em toda sua plenitude, não se limitando ao que as pessoas pensam que é bonito ou feio", explicou a profissional. Segundo Nathália, o objetivo principal do adestramento é "equilibrar a vida do humano e do cão, alinhando necessidades e expectativas". "O trabalho de adestramento é personalizado, pois, cada cão tem sua necessidade específica e cada humano tem as suas expectativas e necessidades. O [objetivo] de adestramento é equalizar isso tudo. Normalmente, envolve a parte de obediência e de comportamentos". A treinadora explicou que, embora algumas raças possam influenciar no comportamento natural dos cães, é o ambiente em que ele vive que determina os hábitos e jeitos. Isso significa que a família tem total participação nos comportamentos dos cães. Quando não há consistência e clareza quanto a proibição de subir na cama, por exemplo, o animal não entende o comando e continuará com o hábito. Para evitar que o pet cresça já com esses comportamentos indesejados, a recomendação de Nathália é manter as regras claras desde o começo da relação com o animal. Além disso, o adestramento é algo a ser considerado até mesmo antes do comportamento ruim aparecer. "O profissional deve ser buscado quanto antes, mesmo se os donos não percebem nada de errado, pois essa percepção pode estar considerando só a parte humana da equação", opinou. "Um exemplo: muitas vezes o dono não se incomoda com o cachorro que fica latindo no portão, mas esse comportamento em excesso pode afetar até a saúde do cão e aumentar as chances [de doenças]". Quanto ao tempo de treinamento, a profissional explicou não haver uma receita: em alguns cães, o comportamento pode ser resolvido em alguns minutos. Outros levam semanas para aprender as ordens. Segundo Nathália, o adestramento é parte fundamental da criação de um pet, para manter o ambiente familiar pacífico e respeito entre as duas partes. Colocando em prática O cão Gonçalves foi um dos animais que aprendeu noções de limite com a Nathália. Gonçalves, cão SRD de Déa Desiré de Oliveira Déa Desiré de Oliveira/Arquivo pessoal Um cão Sem Raça Definida (SRD) de 3 anos, ele é um exemplo dos pets que precisaram passar por adestramento para melhorar o comportamento. A dona de Gonçalves, Déa Desiré de Oliveira, contou ao g1 que o cão é educado e obedece ordens. O problema maior, e o motivo da família ter buscado ajuda profissional, é a grande quantidade de energia dentro do bichinho. "Ele é bem comportado, [mas] tem bastante energia, gosta muito de correr pela casa, gosta de brincar com alguns brinquedos. Nunca tivemos problemas com xixi e cocô no lugar errado. Ele nunca foi de morder os móveis, destruir colchão, essas coisas. É inteligente e aprende rápido os comandos, mas é bem malandro também!" O adestramento foi visto como solução quando um pet shop foi aberto próximo à casa da família. Gonçalves, com olfato e audição apurados, começou a ficar ainda mais agitado. O adestramento foi para ensiná-lo a se controlar e se acalmar sozinho. Gonçalves na esteira, técnica usada para gastar energia Déa Desiré de Oliveira/Arquivo pessoal Desde o começo do tratamento, a família do cãozinho aprendeu novas técnicas de domá-lo e atividades para gastar a energia. "[A profissional que nos atendeu] criou um plano específico de trabalho para ele. Ela nos apresentou o enriquecimento ambiental, que é excelente para ocupar a cabecinha dele, e tentamos seguir ao máximo todas as instruções passadas", comentou Déa. Gonçalves no "place" Déa Desiré de Oliveira/Arquivo pessoal Gonçalves também tem um "place", um tapetinho para onde ele vai para aprender a desenvolver a calma sozinho. Déa também costuma usar a técnica de "alfarrol" para domá-lo, que consiste em um processo de submissão do animal para ele entender quem é que manda na casa. Segundo a dona, o comportamento do pet tem melhorado gradativamente desde o começo das sessões de adestramento. Com felinos também é possível O g1 também conversou com donos de gatos e pássaros sobre os maus hábitos em casa. Lucas Sales Furtado é dono do Greg, de 5 anos, e conta que o pet era bem bagunceiro quando era mais novo. Após a castração, Greg melhorou um pouco o comportamento e, quando ele está muito agitado, a família de Lucas costuma borrifar um pouco de água para acalmá-lo. Lucas e e o gato Greg Lucas Sales Furtado/Arquivo pessoal Já o gatinho Albert, ou Betinho, de Isadora Liège, é de um comportamento bastante educado. Segundo a dona, o motivo disso pode ser a idade que o pet tinha quando foi adotado. "Adotei ele com três meses e dizem ser a idade certa, porque aí ele já aprendeu alguns costumes com a mãe, como fazer as necessidades na areia", explicou Isadora. Quando o gatinho faz algo errado, a ação de Isadora é falar com ele firmemente e nunca usar agressão física. Sobre o adestramento, Liège diz que "colocaria em adestramento para ele ter mais confiança nas pessoas estranhas. Quando ele era pequeno, ele era muito tranquilo com quem ele visse pela primeira vez. Hoje em dia ele tem muito medo de estranhos". Alberto, ou Betinho, gato de Isadora Liège Isadora Liège/Arquivo pessoal Sobre o assunto, a veterinária Priscila Dourado Rezende da @eusoulcat explicou que fatores fisiológicos ou patológicos podem influenciar nos comportamentos indesejados em gatos. Segundo ela, a maior queixa no consultório é de gatos que mordem os humanos. "Na maioria esmagadora das situações, nós não estamos falando de um problema comportamental e sim de uma patologia que precisa ser tratada", explicou a profissional. Segundo ela, a recomendação principal é buscar um profissional para analisar a situação. Em casos em que o motivo é puramente comportamental, Priscila afirmou que provavelmente tem a ver com a criação fornecida pelo dono. "Naqueles gatos que são naturalmente sociáveis, o problema geralmente está na construção da relação social do gato com o tutor, outros animais ou outras pessoas", afirmou. Para evitar problemas futuros, a profissional indicou que o pet tenha o maior contato possível com outros animais e humanos durante os primeiros quatro meses de vida, além de aprender a andar na coleira e conhecer a caixa de transporte. Além disso, ensinar o gato a brincar de maneira correta também é imprescindível. "Os tutorem têm um péssimo hábito de brincar com a mão, como caça. E isso geralmente chega depois no consultório como mordidas, que vão ficando cada vez mais graves", contou. Outros problemas comportamentais também podem ser decorrentes do tédio. Segundo a veterinária, gatos sem estímulos dentro de casa tendem a dormir mais, o que pode ser perigoso para o organismo, e também de buscar outras maneiras de se manter entretido. Sobre maneiras de corrigir o comportamento, a médica afirmou que não são recomendadas as correções negativas, como agressões ou jogar água no animal. "Existe adestramento para gatos? Sim, existe e ele é bem mais lento do que o adestrando para cães". Mas eu te pergunto se existe a necessidade de adestramento de gatos? (...) A gente tem que tomar muito cuidado com essa 'antropomorfização' dos animais, essa transformação de animais em seres humanos". De acordo com ela, a mania de tratar os gatos como bebês também pode gerar os problemas de comportamento, já que o animal sente que perdeu o controle da própria vida. "A gente precisa dar a eles capacidade de decidir algumas mínimas coisas: se ele quer ficar no alto ou no baixo, se quer comer naquela vasilha ou se a gente pode entrar com um enriquecimento alimentar", listou. "Essa relação do animal com o tutor precisa ser saudável para as duas espécies", concluiu Priscila. Veja como lidar com o comportamento de pássaros (Foto de arquivo) Wilson Aiello / EPTV Já sobre pássaros, o g1 conversou com o veterinário Moacir Ferreira, que explicou que esta categoria de animais vive em bandos na natureza e, nessas circunstâncias, sempre há um líder. "Quando a gente domestica esse animal, (...) [o pássaro] também vai escolher um líder, uma pessoa que ele respeita um pouco mais", revelou. Normalmente, o líder escolhido pelo animal é aquele que o alimenta e limpa. "Desde filhotinho, a gente precisa treinar o animal, adestrar e educar. A partir do momento que você dá uma brecha ao animal, ele começa a fazer o que bem entender". Já para aqueles que não começaram a correção cedo ou adotaram o animal já adulto, a recomendação de Moacir é buscar um profissional médico veterinário para fazer a correção de forma correta e saudável para o pássaro. VÍDEOS: veja tudo sobre a Zona da Mata e Campos das Vertentes

Mata está localizada na região do Xangri-Lá e, segundo denunciantes, neste domingo (26) havia mais de 20 animais abandonados, além de uma centena de cadáveres. Ativistas denunciam abandono e morte de animais em mata de Contagem Ativistas pelos direitos dos animais denunciam uma mata de um lote no bairro Xangri-Lá, no lado de Contagem, que é utilizado para abandono de animais - vivos ou mortos. Ainda de acordo com a queixa, haviam mais de 20 bichos abandonados, além de aproximadamente 100 cadáveres de gatos, cachorros e pássaros. Segundo os ativistas, nesse sábado (26), um casal de gatos foi encontrado amarrado em um lençol com sinais de espancamentos, com filhotes ainda mamando na mãe, que estava praticamente morta. Na manhã deste domingo (26), os denunciantes estiveram no local para resgatar esses e outros animais e levá-los para pessoas que pudessem os resgatar. Entre os animais abandonados no local haviam adultos e filhotes. Há ainda cerca de cem cadáveres de bichos, em muitos casos já em estado avançado de decomposição ou apenas o esqueleto. Em alguns casos, ainda de acordo com os denunciantes, os animais são sacrificados para rituais religiosos. Eles afirmam, também, que o local é utilizado até para desova de cadáveres humanos. Quando vivos, animais foram encontrados em situações insalubres Reprodução/Redes Sociais Os ativistas pedem maior fiscalização e instalação de iluminação e câmeras de segurança no local, que é escuro e ermo. O local está localizado nos arredores da Avenida Xangri-Lá, bem na divisa com Belo Horizonte. Trata-se de uma mata alta abandonada. No interior, segundo os denunciantes, há uma casa construída, onde vive um homem de idade avançada. Procuradas, a Prefeitura de Contagem e a Polícia Militar não se manifestaram até a última atualização desta reportagem. Vídeos mais vistos g1 MG

A informação foi confirmada pela CPTran. Carro colide contra poste na barra dos Coqueiros CPtran Neste domingo (26), um motorista colidiu contra um poste na Rodovia José de Campos, na Barra dos Coqueiros. A informação foi confirmada pela Companhia de Polícia de Trânsito (CPtran). De acordo com a CPTran, a passageira foi atendida e conduzida a um hospital por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O estado de saúde dela não foi informado. O corpo de Bombeiros também foi acionado para atender a ocorrência. Ainda segundo a CPtran, o condutor do veículo se recusou a realizar o teste do etilometro, mas por aparentar sinais visíveis de embriaguez, foi autuado e conduzido a Central de Flagrantes.

Para participar da imunização itinerante, não precisa agendar. Aplicações de primeira e segunda doses de vacinas contra a doença são feitas até a sexta-feira (1º), das 8h às 12h. Aplicação da vacina contra Covid-19 em ponto volante de imunização no Recife Richardson Martins/Secretaria de Saúde do Recife A prefeitura do Recife percorre diferentes localidades da capital pernambucana levando vacinação contra a Covid-19. De segunda (27) até a sexta-feira (1º), das 8h às 12h, as equipes de imunização vão a 14 comunidades para vacinar moradores que ainda não receberam a primeira dose do imunizante ou que estão com a segunda dose em atraso (veja cronograma mais abaixo). Saiba como ser vacinado contra Covid no Grande Recife Variantes do coronavírus: o que se sabe até agora Confira a ocupação dos leitos de UTI e de enfermaria Segundo a gestão municipal, desde o início da vacinação itinerante, no fim de agosto, os profissionais da secretaria de Saúde do Recife aplicaram mais de 7 mil doses dos imunizantes e visitaram 25 comunidades. O trabalho tem como objetivo ampliar a cobertura vacinal contra a doença em toda a cidade. Equipes de imunização fazem o cadastro das pessoas, sem necessidade de agendamento Richardson Martins/Secretaria de Saúde do Recife As localidades foram escolhidas a partir de critérios de ocupação, vulnerabilidade e dificuldade de acesso. Durante a ação, as equipes de imunização fazem o cadastro das pessoas no Conecta Recife e realizam a aplicação da dose na mesma hora, sem necessidade de agendamento. Para receber a vacina, os moradores devem apresentar documento de identidade com foto, comprovante de residência e as documentações específicas para cada um dos grupos prioritários. Aqueles que não tiverem comprovante de residência nem de domicílio eleitoral podem utilizar uma autodeclaração de residência, que foi elaborada especificamente para essa ação. Cronograma da vacinação itinerante Segunda-feira (27) Comunidade Realeza - Rua Realeza, bairro de São José. Terça-feira (28) Comunidade Santo Amaro 2 - Rua Virgílio de Medeiros, 65, Santo Amaro; Comunidade Ilha do Joaneiro - Rua Artelano de Barros, Campo Grande; Comunidade Afogados - Rua Félix Peixoto, 5, Afogados; Polo da Academia da Cidade UR4/UR5 - Rua Capitão Vicente Curado, s/n, UR4, Cohab. Quarta-feira (29) Comunidade Vila 7 de Agosto - Rua Quixabas, 120, Bomba do Hemetério; Capelinha Nossa Senhora de Santana - Rua Olegarinha da Cunha, s/n, Santana; Comunidade Mangueira da Torre - Rua dos Angicos, s/n, Madalena; Comunidade do Bode - Rua Artur Licio, 221, Pina; Comunidade da Guabiraba - Rua Senador Bonfim, s/n, Guabiraba; Igreja Batista Missionária la Paz - Rua André Vidal de Negreiros, 78, Pantanal, Cohab. Quinta-feira (30) Comunidade Alto da Esperança - Rua vinte e um de junho, 580, Dois Unidos; Comunidade Jiquiá - Rua Passo Santa Cruz, 403, Jiquiá. Sexta-feira (1º) Comunidade Cabo Hermito de Sá - Rua Cabo Hermito de Sá, 83, Brejo da Guabiraba. Vídeos de PE mais vistos nos últimos 7 dias

Empresas anunciaram acordos relacionados aos eVTOLs, veículos elétricos de pouso e decolagem vertical. Aeronaves fazem menos barulho que helicópteros, mas são voltadas para voos mais curtos. Conceito do eVTOL da Embraer Divulgação/Embraer A ideia de um "carro voador", que, na verdade, é uma espécie de helicóptero mais confortável, tem atraído várias empresas pelo mundo. No Brasil, as companhias aéreas Gol e Azul e a fabricante de aeronaves Embraer já anunciaram planos envolvendo os chamados eVTOLs. O veículo elétrico de pouso e decolagem vertical (eVTOL, na sigla em inglês) é uma aeronave que lembra um helicóptero, mas que faz menos barulho e usa mais hélices para voar. A Gol e a Azul têm acordos para receber a partir de 2025 seus primeiros eVTOLs, que serão produzidos por empresas europeias. A Embraer, por sua vez, promete entregar sua versão da aeronave para clientes a partir de 2026. As diferenças entre helicóptero, eVTOL e avião elétrico Daniel Ivanaskas/Arte g1 SpaceX: 6 fatos sobre a missão que levou quatro civis para o espaço Virgin Hyperloop quer construir 'trem-bala' que usa túneis especiais para superar 1.000 km/h; assista Para Luis Carlos Munhoz da Rocha, diretor comercial da empresa de táxi aéreo Helisul, que tem um acordo para obter 50 eVTOLs da Embraer em 2026, uma vantagem dessas aeronaves em relação aos helicópteros é o fato de não emitirem gases poluentes. O executivo afirmou ainda que, por não contar com um rotor de cauda, a hélice que fica na parte traseira do helicóptero tradicional, o eVTOL terá um impacto menor ao passar por áreas urbanas. "O rotor de cauda é um gerador de ruído potencial", disse. "Ele não vai existir [no eVTOL] e, consequentemente, o ruído que ele vai gerar é muito menor". A Helisul e a Embraer pretendem realizar em outubro testes para avaliar rotas, tempo e preço de um futuro serviço de eVTOLs. A ideia é entender qual seria a aceitação dos "carros voadores" no mercado brasileiro. Como a aeronave elétrica da Embraer ainda não está pronta, as empresas farão testes com helicópteros. Conceito da área interna do eVTOL mostra cidade do Rio de Janeiro, mas primeiros testes na cidade usarão helicópteros Divulgação/Embraer "Nós vamos fazer o primeiro piloto dessa operação, nossa prova de conceito", adiantou Rocha. "Vamos operar com um helicóptero nosso com o mesmo porte do eVTOL que está sendo construído pela Embraer". O modelo de testes será o Bell 505, da fabricante americana Bell Helicopter. Considerado um helicóptero leve, ele tem 3,25 m de altura, 12,95 m de comprimento e 1,98 m de largura. O experimento será realizado na cidade do Rio de Janeiro. "Nós vamos ter um ponto de embarque na Barra, em princípio, com desembarque no Santos Dumont", disse Rocha. "Vai operar em determinados horários pré-estabelecidos e vai haver um procedimento de reservas da mesma forma que você faz no Uber". Segundo ele, a ideia nesta etapa não é registrar lucro com o serviço, e sim avaliar se a operação com eVTOLs seria viável. Restrições Então, no futuro, o táxi aéreo será realizado por "carros voadores"? Segundo Jorge Eduardo Leal Medeiros, professor do Departamento de Engenharia de Transportes da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), os eVTOLs têm uma desvantagem em relação aos helicópteros. "Você nunca verá uma aeronave elétrica fazer voos de longa distância, ao menos no futuro previsto", disse Medeiros. Além das diferenças no tipo de voo, a operação de "carros voadores" dependerá das definições de agências reguladoras ao redor do mundo. No Brasil, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) tem, entre outros pontos, a tarefa de certificar as aeronaves. Procurada pelo g1, a Anac afirmou que terá novidades sobre a certificação das aeronaves quando receber os primeiros pedidos para operação no Brasil. "A Anac tem acompanhado o debate nacional e internacional de como essa nova tecnologia tem sido empregada no setor. No entanto, até o presente momento, a Agência não recebeu nenhuma solicitação formal para a operação dessas aeronaves no mercado brasileiro", afirmou a agência. Conceito da Lilium, que firmou parceria com a Azul, prevê eVTOL com espaço para seis passageiros e um piloto Divulgação/Lilium Outra questão a ser definida é o controle do espaço aéreo. Quando entrarem em operação, os eVTOLs terão uma altitude específica de circulação para evitar colisões com helicópteros e aviões. Moto voadora de US$ 380.000 levanta do chão em fase de testes no EUA; assista A autoridade brasileira que estabelecerá essas regras é o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), ligado ao Comando da Aeronáutica. O órgão também deverá definir a quantidade de eVTOLs que poderão circular simultaneamente. "Se você tiver uma grande quantidade de táxis aéreos elétricos voando sobre uma cidade, nós vamos ter um problema de controle do espaço aéreo", disse Medeiros. "E, provavelmente, grande parte desses veículos poderão não ter pilotos, o que exige uma série de aplicações de controle de espaço aéreo para eles evitarem bater". No futuro, uma das saídas para organizar o tráfego de eVTOLs é criar um sistema novo, que gerencie as aeronaves de forma automática. O sistema para as novas aeronaves complementaria o modelo atual, controlado por humanos. Planos das empresas brasileiras A Gol assinou um protocolo de intenções para comprar ou arrendar 250 eVTOLs, que começariam a ser operados em 2025. O acordo, que não teve os valores revelados, foi realizado com a empresa irlandesa de arrendamento Avolon e trata da aeronave VA-X4, projeto da Vertical Aerospace. A fabricante diz que o VA-X4 terá velocidade máxima de cerca de 325 km/h e poderá circular 160 km com apenas uma carga da bateria. O veículo poderá transportar quatro passageiros e um piloto. A expectativa é que ele seja produzido em larga escala a partir de 2024. Conceito do VA-X4, eVTOL da Vertical Aerospace Reprodução/Vertical Aerospace O helicóptero Bell 505, por exemplo, tem velocidade máxima de 231 km/h, mas consegue realizar viagens de até 566 km sem parar para reabastecer. A Azul assinou uma parceria com a fabricante alemã Lilium. O negócio, que poderá ter valor total de US$ 1 bilhão, inclui uma frota de 220 aeronaves elétricas com operação prevista a partir de 2025. Segundo a Lilium, seu eVTOL terá velocidade máxima de 280 km/h, autonomia de 250 km e espaço para seis passageiros e um piloto. A fabricante planeja iniciar a operação comercial com os veículos também em 2024. Lilium já realizou voo de teste com aeronave de cinco lugares Divulgação/Lilium Já a Embraer pretende fabricar um eVTOL por meio da Eve, uma subsidiária que permaneceu incubada durante quatro anos até ser lançada oficialmente em outubro de 2020. A companhia não divulga projeções sobre a velocidade e a distância que poderá ser percorrida por sua aeronave, mas já anunciou acordos para entregar centenas de eVTOLs a partir de 2026. Além dos 50 eVTOLs para a Helisul, a Eve firmou acordos de venda para outras duas empresas de táxi aéreo: a americana Halo, que receberá 200 unidades, e a britânica Bristow, que terá direito a 100 unidades. A subsidiária da Embraer também anunciou acordos por horas de voo. A Ascent, de Singapura, pagará por até 100 mil horas. A Blade, dos EUA, terá direito a até 60 mil horas, enquanto a francesa Helipass e a brasileira Flapper terão 50 mil horas e 25 mil horas, respectivamente. Os eVTOLs começarão a ser entregues em 2026. Pelas informações já divulgadas, o eVTOL da Embraer contará com oito rotores elétricos. A aeronave, que terá espaço para quatro passageiros e um piloto, poderá realizar voos de curta duração. Eve chegou a acordo com a Ascent por 100 mil horas de voo no eVTOL Divulgação/Embraer

Brasileiros sem documentos foram flagrados e detidos no dia 16 de setembro junto com imigrantes do Equador, El Salvador, Honduras, Guatemala, México e Peru. Motorista tinha visto americano. Imigrantes da América Latina, incluindo brasileiros, são descobertos em carroceria de caminhão tentando entrar ilegalmente nos EUA Departamento de Alfândega e Proteção de Fronteira dos EUA Imigrantes brasileiros foram achados na carroceria de um caminhão tentando entrar ilegalmente nos EUA, na fronteira do México com Sierra Blanca, no Texas. A operação foi feita por agentes de fronteira dos EUA no dia 16 de setembro. Foram encontrados, ao todo, 49 imigrantes ilegais do Brasil, Equador, El Salvador, Honduras, Guatemala, México e Peru. O Departamento de Alfândega e Proteção de Fronteira dos EUA não especificou quantos deles eram brasileiros. Os imigrantes foram achados quando o caminhão passava por um ponto de inspeção de imigração de Sierra Blanca, segundo os agentes. O motorista do caminhão tinha visto americano. Ele foi detido e encaminhado ao Departamento de Segurança Interna dos EUA para ser processado. Todos os imigrantes passaram por uma avaliação médica e também serão processados, informou o Departamento de Alfândega e Proteção de Fronteira em seu site no dia 17 de setembro. O g1 entrou em contato com o órgão neste domingo (26) para saber mais detalhes sobre a situação dos imigrantes brasileiros, mas não teve retorno até a publicação deste texto. Dados do órgão de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos obtidos pela BBC mostram que, de outubro de 2020 a agosto de 2021, 46.410 brasileiros foram detidos ao cruzar ilegalmente a fronteira sul do país através do México — um recorde. Imigrantes ilegais, inclusive brasileiros, foram achados na carroceria de um caminhão no Texas Departamento de Alfândega e Proteção de Fronteira dos EUA Brasileira achada morta Em outra região dos EUA, agentes de fronteira do estado do Novo México encontraram o corpo de uma brasileira que tentava entrar clandestinamente nos Estados Unidos, informou o jornal "Deming Headlight" no dia 17 de setembro. Imigrante morreu no deserto quatro meses antes de realizar o sonho de ser avó de uma menina Abandonada em travessia, brasileira morre de sede e fome em deserto dos EUA Familiares da vítima confirmaram ao jornal "O Globo" que ela se chama Lenilda dos Santos, de 49 anos. Segundo relato da família, ela cruzou a fronteira dos EUA com o México mas ficou para trás, sem água nem comida em pleno deserto, porque estava cansada. O grupo teria prometido que voltaria para ajudá-la, mas isso não aconteceu. LEIA TAMBÉM: Grupo de 140 brasileiros é detido ao cruzar fronteira do México com EUA Imigração: quase 3 mil crianças brasileiras entraram ilegalmente nos EUA pelo México A triste história do menino de 2 anos encontrado sozinho no México Socorro pelo celular Lenilda ainda conseguiu se comunicar com a família por mensagens de celular, inclusive com compartilhamento de localização. Ela parou de responder e, então, os familiares pediram ajuda às autoridades do Novo México, estado no sudoeste dos EUA. 10 mil imigrantes montam acampamento embaixo de ponte entre EUA e México Grupo de brasileiros é detido no Arizona A notícia chega em um momento de novas atenções voltadas à fronteira do México e dos EUA, com mais apreensões de migrantes que tentam entrar clandestinamente em solo americano. Um grupo de 140 brasileiros foi detido no estado do Arizona. Câmeras de segurança flagraram a entrada desse grupo, e guardas de fronteiras interromperam a travessia. De acordo com as autoridades locais, os agentes de fronteira têm encontrado mais de 600 migrantes por dia, um aumento de mais de 2.000% em relação ao ano passado.

Ele já tinha prestado serviços na casa da vítima do furto, mas negou ter levado os objetos do local e disse que estava apenas revendendo eles. Caso foi descoberto após o suspeito anunciar os objetos nas redes sociais. Objetos foram apreendidos com o pedreiro suspeito de receptação Divulgação/Polícia Militar A Polícia Militar recuperou uma série de objetos furados de uma casa em Araguaína com um servente de pedreiro de 35 anos que tinha prestado serviços no local do furto alguns dias antes. Entre os itens localizados com o homem estão: uma geladeira portátil, uma ferramenta de pedreiro, uma roçadeira, um aparelho de som, uma bicicleta, um documento e até 32 itens que servem de equipamento para alpinismo. Apesar de ter sido flagrado com os objetos, o servente de pedreiro negou ter cometido o furto. Ele alegou ter pego os objetos com outra pessoa para revender. Inicialmente, o caso foi classificado como receptação. A investigação sobre quem de fato cometeu o furto será feita pela Polícia Civil. O flagrante foi na última sexta-feira (24), após a vítima do furto ver anúncios postados pelo pedreiro nas redes sociais com os objetos furtados de casa. Ele se passou por um potencial comprador para marcar um encontro com o suspeito. Todo o material foi apreendido para passar por perícia e depois ser devolvido ao dono. Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Presidente da Caixa é o 4º integrante da comitiva que acompanhou Bolsonaro a Nova York a contrair o coronavírus. Guimarães diz que vai cumprir quarentena e está sem sintomas O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, informou neste domingo (26), pelas redes sociais, que testou positivo para a Covid-19. Guimarães integrou a comitiva que acompanhou o presidente Jair Bolsonaro a Nova York, onde esteve para participar de assembleia da Organização das Nações Unidas (ONU). "Informo a todos que testei positivo para COVID-19. Ficarei em quarentena seguindo todos os protocolos médicos. Já tomei as duas doses de vacina e comecei a tomar os remédios do protocolo. Também estava em isolamento desde quando chegamos dos EUA, na 4f de manhã. Na 2f passada realizei um teste e o resultado foi negativo. Não estou com nenhum sintoma e continuarei trabalhando daqui de casa. Um abraço e obrigado pelas mensagens", escreveu o presidente da Caixa. Pedro Guimarães, presidente da Caixa. Dida Sampaio/Estadão Conteúdo Ele é o quarto integrante da comitiva a contrair o novo coronavírus. O ministros da Saúde, Marcelo Queiroga, e o deputado federal e filho do presidente da República, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), também testaram positivo. De acordo com apuração da TV Globo, antes de Queiroga, um diplomata da comitiva também havia sido diagnosticado com Covid. O governo não confirma a informação nem revela o nome do servidor. Teste negativo Neste domingo, a Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto informou que o presidente Jair Bolsonaro realizou um novo teste para Covid-19 e que o resultado foi negativo. Bolsonaro está em isolamento desde que voltou da viagem a Nova York. O isolamento foi recomendado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) depois que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, foi diagnosticado com a doença. A primeira-dama Michelle Bolsonaro, que acompanhou presidente a Nova York, informou neste domingo que seu resultado também deu negativo. Bolsonaro faz novo teste para Covid-19 e resultado é negativo, diz Planalto Ministros Neste domingo, os ministros Anderson Torres, da Justiça, Gilson Machado Neto, do Turismo, e Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria Geral, também anunciaram o resultado negativo no teste para a Covid-19. Os três integraram a comitiva do governo brasileiro aos Estados Unidos e cumpriam o isolamento após o ministro Marcelo Queiroga testar positivo para o coronavírus. Veja quem estava na comitiva presidencial aos Estados Unidos: Jair Bolsonaro, presidente da República Marcelo Queiroga, ministro da Saúde Carlos Alberto França, ministro das Relações Exteriores; Anderson Torres, ministro da Justiça e Segurança Pública; Paulo Guedes, ministro da Economia; Joaquim Leite, ministro do Meio Ambiente; Gilson Machado, ministro do Turismo; Luiz Eduardo Ramos, ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência; Augusto Heleno, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência; Eduardo Bolsonaro, deputado federal; Flávio Rocha, secretário especial de Assuntos Estratégicos da Presidência; Nestor Forster, embaixador do Brasil nos Estados Unidos da América; Ronaldo Costa Filho, representante permanente do Brasil junto às Nações Unidas; Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal; Michelle Bolsonaro, primeira-dama; Rodrigo de Bittencourt Mudrovitsch, convidado especial; Paulo Angelo Liégio Matao, intérprete; Claudia Chauvet, intérprete; e Rachel Alves Bezerra, intérprete. VÍDEOS: assista a mais notícias sobre política

Testemunhas afirmam que fogo começou após morador incendiar um sofá abandonado. Uma cobra jiboia de 1,5 metro foi resgata em meio às chamas e colocada em uma área segura. Área de mata em Fortaleza sofre incêndio após morador queimar sofá Um incêndio atinge uma área de vegetação na tarde deste domingo (26) às margens da Av. Alberto Craveiro, no Bairro Boa Vista, em Fortaleza. Moradores relataram que as chamas atingiram a vegetação após uma pessoa colocar fogo em um sofá abandonado. Uma cobra jiboia de 1,5 metro foi encontrada em meio às chamas e resgatada com vida pelos bombeiros militares que a colocaram em uma área segura. Fogo atinge área de vegetação em Fortaleza Arquivo pessoal De acordo com os bombeiros, duas guarnições do quartel do Bairro José Walter foram enviadas ao local. Além de prejudicar motoristas que trafegavam pelo trecho a fumaça também chegou perto de um condomínio residencial afetando moradores. Os militares estão usando dois caminhões tanque para tentar controlar as chamas na mata. A ocorrência está em andamento. Fumaça se espalhou rapidamente e chegou próximo a um condomínio residencial do bairro. Arquivo pessoal Assista às notícias do Ceará no g1 em 1 Minuto:

Haverá vacinação também para adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades, deficiência permanente, gestantes e puérperas nesta mesma faixa etária. Vacinação em João Pessoa Secom-JP/Divulgação João Pessoa vacina contra Covid-19 adolescentes de 15 a 17 anos sem comorbidades, nesta segunda-feira (27). Haverá vacinação também para adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades, deficiência permanente, gestantes e puérperas nesta mesma faixa etária. Para estes grupos é preciso fazer agendamento. A imunização continua para o público em geral, a partir dos 18 anos. Além disso, a campanha continua ampliando a aplicação da dose de reforço para idosos a partir de 70 anos e inicia o atendimento dos imunossuprimidos. Para este público não é necessário o agendamento. Ainda nesta segunda-feira, a o município também seguirá aplicando a segunda dose as pessoas que receberam a D1 da Coronavac há mais de 28 dias, e há 90 dias, Astrazeneca e Pfizer. A vacinação ocorrerá em vários pontos distribuídos pela cidade. Nos ginásios, a população poderá ser imunizada das 8h às 12h. Já nos postos do tipo drive-thru, o horário será das 9h às 15h. O agendamento para quem for tomar a primeira ou a segunda dose estará disponível a partir das 19h deste domingo (26). As pessoas podem agendar no aplicativo Vacina João Pessoa ou no site vacina.joaopessoa.pb.gov.br. Quem não conseguir agendar, deve procurar um dos postos de vacinação para o seu perfil e viabilizar o atendimento. Apenas os idosos que forem receber a terceira dose do imunizante não precisam de agendamento. Dúvidas – Quem tiver algum problema para realizar o cadastro ou agendamento, pode tirar dúvidas pelo e-mail [email protected] ou telefone 98600-4815 (8h às 17h). Documentação Para receber a primeira dose da vacina é necessário apresentar documento oficial com foto, Cartão SUS, CPF e comprovante de residência em João Pessoa. Já para a D2 e D3, é necessário apenas o cartão de vacinação e um documento pessoal com foto. Solidariedade Os postos de vacinação também estão abertos para receber as doações de alimentos não perecíveis. Após a arrecadação, eles serão distribuídos com instituições de caridade e famílias necessitadas, atingidas pelos efeitos da pandemia. A arrecadação e a distribuição integram uma iniciativa conjunta da Prefeitura de João Pessoa e do Governo do Estado. Locais e horários para vacinação PRIMEIRA DOSE (Com agendamento) 15 a 17 anos sem comorbidade, 12 a 17 anos com comorbidade, 12 a 17 anos com deficiência permanente, 12 a 17 anos gestantes e puérperas SEGUNDA DOSE Pfizer (com ou sem agendamento) TERCEIRA DOSE (sem agendamento) Imunossuprimidos e idosos 70+ Ginásios - 8h às 12h Escola Professor Oscar de Castro (Cruz das Armas) Escola Anayde Beiriz (Bairro das Indústrias) Escola Jornalista Raimundo Nonato Batista (Gramame) Escola Américo Falcão (Cristo) Escola Dom Helder (Valentina de Figueiredo) Centro Cultural Tenente Lucena (Mangabeira) Escola Violeta Formiga (Mandacaru) IFPB (Jaguaribe) Escola Seráfico da Nóbrega (Tambaú) Esporte Clube Cabo Branco (Miramar) Drive-Thru - 8h às 15h UFPB, acesso pelo HU (Castelo Branco) Santuário Mãe Rainha (Aeroclube) PRIMEIRA DOSE 18+ sem comorbidade e segunda segunda dose Coronavac (com ou sem agendamento) Ginásios 8h às 12h Lyceu Paraibano (Centro) Escola Olívio Ribeiro Campos (Bancários) Escola Fenelon Câmara (Geisel) Drive-Thru - 8h às 15h Mangabeira Shopping (também para pedestres) Segunda dose Astrazeneca (com ou sem agendamento) Ginásios - 8h às 12h Fiep (Trincheiras) Escola Augusto Crispim (Ipês) Escola Durmeval Trigueiro (Varjão) Escola Índio Piragibe (Mangabeira) Drive-thru - 8h às 15h Unipê (Água Fria) Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba

Com uso de abafadores e bombas costais, militares contiveram o incêndio, que atingiu cerca de 25 hectares. Com abafadores e bombas costas, bombeiros combateram incêndio em área rural Corpo de Bombeiros/Divulgação O Corpo de Bombeiros combateu um incêndio em vegetação na zona rural de Salinas, próximo à estrada que liga a cidade a Taiobeiras. Segundo os bombeiros, foram detectados diversos focos de incêndio numa área de formação mista, composta por capim de porte médio e mata ciliar. Com o uso de abafadores e bombas costais, os bombeiros conseguiram controlar o incêndio. Foi realizado o rescaldo para se evitar a reignição dos focos. A área atingida foi de, aproximadamente, 25 hectares. Não foi possível identificar as causas do incêndio. VÍDEOS: veja tudo sobre o Norte, Centro e Noroeste de MG Veja mais notícias da região em g1 Grande Minas.

Fenômeno foi registrado por moradores de Ribeirão, Orlândia e Jardinópolis neste domingo (26). Segundo o CIIAGRO, de 15h às 16h, foram registrados 20,2 milímetros de chuva. Nuvem vermelha de poeira antecede chuva em Ribeirão Preto, SP A chuva volumosa que atingiu Ribeirão Preto (SP) na tarde deste domingo (26) foi precedida de uma densa nuvem de poeira. Moradores de diferentes regiões da cidade registraram vídeos das partículas suspensas de terra cobrindo a cidade. Imagens feitas dos bairros Guaporé, Lagoinha, Jardim Botânico e Nova Aliança mostram o movimento da poeira. Em Orlândia (SP), Jardinópolis (SP) e Viradouro (SP), moradores também registraram a nuvem vermelha. A estiagem prolongada contribuiu para a propagação de incêndios de grandes proporções que devastaram áreas de proteção ambiental e plantações, além de ter destruído moradias na zona rural e ter causado pelo menos duas mortes. Nuvem de poeira cobre Ribeirão Preto antes de chuva volumosa neste domingo (26) Ricardo Canaveze/A CidadeOn Muita água Por volta das 15h, o céu escureceu dando indícios da chegada da chuva tão esperada na região. Segundo o Centro Integrado de Informações Meteorológicas (CIIAGRO), foram registrados 20,2 milímetros. Desde julho, o volume de chuva não atingia a marca de 10 milímetros, índice considerado relevante pelos serviços de meteorologia. Pela manhã, foram registradas pancadas isoladas que atingiram 0,3 milímetro, de acordo com o CIIAGRO. Embora tivesse sido baixa, a quantidade foi suficiente para melhorar a qualidade do ar, que alcançou índice bom, de acordo com a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb). A formação de um sistema que conseguiu romper o bloqueio da massa de ar seco predominante na região há cerca de três meses possibilitou a formação de nuvens de chuva em toda a região.

Cícero Maurício da Silva passou 32 dias na Penitenciária de Segurança Máxima e teve um ataque cardíaco assim que ganhou liberdade. Cícero Maurício da Silva teve um ataque cardíaco e morreu em frente a penitenciária de Alagoas Divulgação Um idoso de 63 anos que havia sido preso de forma indevida, segundo decisão do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL), e passou 32 dias no presídio de Segurança Máxima, morreu logo após ter sido liberado da prisão. Cícero Maurício da Silva teve um ataque cardíaco e morreu na sexta-feira (24), em frente a penitenciária, quando iria entrar em um carro por aplicativo. Ele foi preso no dia 23 de agosto, quando tentava tirar um novo documento de identidade. No sistema da polícia foi encontrada uma uma ordem de prisão referente a um processo por estelionato que ele foi suspeito e começou a tramitar na Justiça em 2010. O advogado de defesa, Gilmar Francisco Soares Júnior contou que deu entrada no pedido de habeas corpus logo após a prisão. Segundo ele, o caso havia sido prescrito e, mesmo que ainda pudesse haver prisão, Silva deveria responder em liberdade por causa dos seus atenuantes, do tipo de crime e ainda por ele cuidar de um portador de deficiência, o que no caso de prisão preventiva a lei determina que a pessoa responda em liberdade. “A Lei do Pacote Anticrime de 2019 determina que existe um prazo para reavaliar a prisão preventiva e nesse período de 2019. Até hoje isso nunca aconteceu, por isso o processo estava prescrito. O próprio juiz sentenciou reconhecendo a prescrição e ainda relatou que, se ele fosse condenado, não ficaria preso”, expôs o advogado. O advogado disse que a família pretende processar o Estado porque, além da prisão ter sido ilegal, ela pode ter prejudicado a saúde da vítima e causado ou contribuído para sua morte. Ele contou que Silva não sabia o motivo da prisão, tinha problemas de saúde e não pode receber visitas da família ou advogado por causa da greve dos policiais penais de Alagoas. “Essa acusação foi de um período que ele teve que se afastar dos negócios para tratamento oncológico e uma outra pessoa assumiu. Ele não sabia ao certo do que se tratava. Foi colocado em um presídio de segurança máxima. E ficou tão eufórico quando saiu da prisão que não resistiu. O motorista contou à família que o comunicou que ele iria reencontrar os parentes e ele ficou muito agitado e morreu. Ele ainda recebeu atendimento médico no local, mas não resistiu”, disse. O g1 tenta contato com a Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP-AL). E o TJ-AL comunicou que iria enviar uma nota sobre a decisão, mas isso não aconteceu até a publicação da reportagem. Antes de conseguir o alvará de soltura, Silva teve dois habeas corpus negados, um pelo TJ-AL e outro pelo Superior Tribunal de Justiça. No dia 22 de setembro, o habeas corpus foi consedido pelo juiz Thiago Augusto Lopes de Morais, da 1ª Vara Cível Criminal de Marechal Deodoro, que determinou a prescrição do processo. “É de bom alvitre ressaltar, também, o fato da desoneração do acusado de um processo criminal que já se transformou numa efetiva pena antecipada, sem a resposta em tempo hábil do Poder Judiciário sobre a demanda”, diz a sentença. O magistrado ainda que o crime de estelionato que o idoso foi acusado tinha uma pena de um a cinco anos de prisão e que ele não tinha antecedentes criminais. Assista aos vídeos mais recentes do g1 Alagoas Veja mais notícias da região no g1 AL

Veja as notícias mais lidas no G1 Roraima entre os dias 19 à 25 de setembro Confira as reportagens mais acessadas pelos leitores do G1 Roraima entre os dias 19 à 25 de setembro. 19/09 Mari Williams, da etnia Wapichana, foi eleita a primeira Miss Indígena de Roraima Reprodução/Facebook/Mari Williams Mari Williams é eleita primeira Miss Indígena de Roraima Vendedor é salvo de 'tribunal do crime' pela PM após ser capturado por facção e passar a noite sendo torturado, em Boa Vista Bandidos armados fazem família refém e roubam carro na zona Oeste de Boa Vista 20/09 Ouro ilegal foi apreendido em fiscalização da PRF-RR Divulgação/PRF-RR Primeira Miss Indígena de Roraima pretende dar visibilidade às mulheres indígenas: 'mostrar que nós não temos um padrão' PRF apreende mais de 700 gramas de ouro ilegal e 1 Kg de mercúrio durante fiscalizações em Boa Vista 21/09 Soldado Sampaio (PC do B), Nilton do Sindpol (Patriota) e Jalser Renier (Solidariedade) Divulgação/Ale-RR Deputados trocam ofensas em discussão sobre sequestro de jornalista em Roraima Mangueira da Ataíde Teive: a famosa árvore que resiste ao tempo e urbanização de Boa Vista 22/09 Foto mostra hematoma em menino de 2 anos e 7 meses Arquivo Pessoal VÍDEO: Mãe flagra padrasto agredindo enteado de 2 anos após instalar câmera no quarto em Boa Vista Cinco jovens são presos em flagrante após furtarem cabos elétricos em Boa Vista 23/09 Airton Cascavel foi assessor de Eduardo Pazuelo no Ministério da Saúde Reprodução Justiça de RR aceita denúncia e Airton Cascavel vira réu por suspeita de estuprar criança da própria família; defesa diz que há 'denunciação caluniosa' Polícia divulga foto e pede ajuda para encontrar adolescente que sumiu ao sair de casa para ir ao dentista em Boa Vista MPRR denuncia Jalser Renier e ex-deputado por desvio milionário em licitação e organização criminosa Estudante faz ensaio fotográfico com jiboia de estimação para eternizar amor: 'trouxe alegria' Governador de Roraima confirma ter sido ameaçado por Jalser Renier para barrar investigação sobre sequestro de jornalista 24/09 Comunidade Ixaropi, região do Hakoma, na Terra Indígena Yanomami, em Roraima Júnior Hekurari Yanomami/Condisi-YY/Divulgação Entenda por que Roraima é o estado com menos pessoas totalmente imunizadas Mais uma criança Yanomami com malária morre sem atendimento em comunidade, diz Conselho de Saúde Presidente da Ale-RR diz que foi vigiado por PM preso em ação que investiga sequestro de jornalista 25/09 Cerca de 800 pessoas estavam na festa clandestina em uma chácara, no momento da abordagem Divulgação/PM-RR Jovem responsável por 'caixa' de organização criminosa é preso com drogas em Boa Vista Delegado-geral da Polícia Civil tentou interferir em investigação sobre sequestro de jornalista em Roraima, aponta inquérito Presidente da Ale-RR depõe sobre governador ter sido ameaçado para barrar investigação de sequestro de jornalista PM encerra festa clandestina regada a álcool e drogas com aglomeração de 800 jovens em chácara de Boa Vista

Encontro será na Biblioteca Municipal Ataliba Lago. Evento é gratuito e direcionado a todos os públicos. Exposição de livros e painel com aconselhamentos serão oferecidos pela biblioteca Prefeitura de Divinópolis/Divulgação Um roda de conversa com o tema "Setembro Amarelo – Prevenção ao Suicídio" será realizada nesta segunda-feira (27) em Divinópolis. O encontro com discussões em prol da vida ocorrerá às 9h, na Biblioteca Municipal Ataliba Lago. O evento é gratuito e direcionado a todos os públicos. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), além da roda de conversa, terá uma palestra e contação de histórias sobre o tema. A iniciativa será mediada pela médica clínica do Centro de Saúde Central, Cláudia da Rocha, e pela psicóloga da instituição, Regina Amália. A coordenação da biblioteca preparou também uma exposição de livros e um painel com aconselhamentos. A biblioteca fica na Rua Coronel Júlio Ribeiro, 370, Bairro Esplanada. VÍDEOS: veja tudo sobre o Centro-Oeste de Minas

Alberto César Romano Júnior desapareceu sexta-feira (24) após cortar o cabelo. Sogra contou que ele foi sequestrado na saída de um shopping. Namorada de jovem desaparecido pede ajuda para encontrá-lo Reprodução redes sociais A Polícia Civil investiga o desaparecimento do empresário Alberto César Romano Júnior, de 33 anos. De acordo com o relato da sogra de Alberto, Regina Moreira, ele teria sido sequestrado na sexta-feira (24), por volta das 18h30, quando saía do shopping Barra World, na Zona Oeste do Rio. "Por misericórdia! Ajudem achar meu genro Alberto César Romano Júnior. Ele é muito querido por todos, criado em Realengo. Ele foi sequestrado sexta-feira, por volta das 18h30, saindo do Barra World. Depois disso acompanhamos o rastreador do celular dele e as câmeras de ruas por onde o carro dele passou. Eles foram sentido do túnel para Campo Grande e a última localização com o celular ligado deu em Santa Cruz, porém já informaram que ele passou por outros locais entre Campo Grande. Essas localizações que a gente sabe depois do GPS foi a polícia que conseguiu achar. Já fizemos o registro de ocorrência. Compartilhem por favor", dizia Regina. Uma prima do jovem fez um post em uma rede social contando que, neste domingo (26), o carro de Alberto César Romano Júnior havia sido encontrado na Estrada dos Colonos, em Santa Cruz, também na Zona Oeste. Prima do jovem contou que carro de Alberto foi encontrado em Santa Cruz neste domingo (26) Reprodução redes sociais Família busca jovem desaparecido na última sexta-feira (24) Reprodução Redes Sociais Em sua conta do Instagram, a namorado do jovem, Nathalia Moreira, pede que as pessoas ajudem com informações que possam ajudar a encontrar Alberto. O caso foi registrado na 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes). A Polícia Civil informou que o caso foi encaminhado à Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA), que dará seguimentos às investigações.
Oportunidade é gratuita, mas tem vagas limitadas. Início das aulas está previsto para 4 de outubro. Ferraz de Vasconcelos promove uma nova turma para o curso livre de auxiliar de creche e berçário na Estação Cidadania e Cultura, na Cidade Kemel. De acordo com a Prefeitura, o curso é gratuito, tem vagas limitadas e a carga horária é de 40 horas. As aulas serão ministradas todas as segundas-feiras das 9h às 11h. O início está previsto para 4 de outubro. O desenvolvimento do curso tem parceria com o Instituto Educação, Cultura e Arte (ECAC) e terá certificação e formatura após o seu término. Para se inscrever basta comparecer na Estação Cidadania e Cultura na Rua Francisco Sperândio com com cópia do RG, CPF, comprovante de residência e 2 fotos 3x4 . No curso, os participantes irão aprender sobre a profissão e a rotina de trabalho do profissional. Será ensinado quais sãos os cuidados necessários, as brincadeiras, os procedimentos corretos de acordo com cada situação para crianças, como agir sobre imprevistos, interação com pais ou responsáveis, atividades lúdicas e o que é necessário para se ter êxito na profissão. Para mais informações, os interessados devem entrar em contato pelo telefone 4678-5708. Assista a mais notícias

Veja as últimas atualizações sobre a pandemia em cada município. Teste para diagnóstico da Covid-19 Breno Esaki/Agência Saúde DF As prefeituras das 18 cidades da região de Piracicaba divulgaram novos registros de Covid-19 neste domingo (26). Confira abaixo a situação epidemiológica de cada município. Desde o início da pandemia, a região tem 4.621 vidas perdidas e 193.647 casos positivos. Confira quantas pessoas foram vacinadas nas cidades da região Veja a ocupação dos leitos em Piracicaba e Limeira Junho foi o mês com piores índices desde o início da crise sanitária na região de Piracicaba (SP). Foram 706 mortes e 25,8 mil casos em 30 dias. Antes disso, abril tinha sido o período com maior número de óbitos, enquanto maio havia concentrado a quantidade mais elevada de registros positivos. O dia mais letal foi 28 de junho, quando foram registrados 45 óbitos em 24 horas. Atualizações por cidade Piracicaba teve uma morte e 63 novos casos Cosmópolis registrou mais 4 casos Informações sobre óbitos A Saúde de Piracicaba informou que a vítima foi um homem de 64 anos. Casos, suspeitas e mortes por Covid-19 na região *A Prefeitura de Nova Odessa informou em 2 de julho de 2021 que contabilizava no boletim os óbitos de pacientes que não eram moradores da cidade. Seguindo orientação da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo, no entanto, o g1 passou desconsiderar os casos de moradores de outras cidades no cálculo para evitar duplicidade, já que estes já devem constar na estatística da cidade onde residem. **A Prefeitura de Engenheiro Coelho informou em 16 de agosto de 2021 que, durante uma auditoria, identificou nomes duplicados - pessoas que realizaram exames na mesma data em mais de um serviço de saúde - e assim passou a contabilizar 48 casos positivos a menos. Avanço da pandemia por mês Conforme dados divulgados diariamente pelas prefeituras da região, o mês mais letal pandemia até o momento é junho de 2021. No período foram registradas 706 mortes pela Covid-19.Veja no gráfico. Em relação aos casos, junho também foi o mês com mais pessoas diagnosticadas com a doença: foram 25.857 nos municípios da região. Antes disso, maio tinha tido o maior pico de confirmações. O mês com menos casos positivos de Covid-19 neste ano foi agosto, com 8.089 confirmações. Já o menor número de óbitos foi contabilizado em janeiro, quando foram 165 vítimas. VÍDEOS: veja reportagens sobre a pandemia na região Veja mais notícias da região no g1 Piracicaba.

Imagem mostra que Vanderli Rosa, de 46 anos, freia, perde o controle da direção, cai e é atingido pelo carro que estava no sentido contrário da avenida. Acidente é investigado. VÍDEO: Motociclista morre ao ser atropelado por carro após cair da moto, em Goiânia Um motociclista de 46 anos morreu ao ser atropelado por um carro após cair da moto, em Goiânia. Um vídeo mostra quando Vanderli Cirino Rosa freia, perde o controle da direção, cai e, em seguida, é atingido pelo carro que estava no sentido contrário da avenida (veja acima). O acidente aconteceu por volta das 16h de sábado (26), no Parque Industrial João Braz. Segundo a Polícia Civil, a vítima bateu a cabeça no pneu do veículo e morreu no local. Motociclista caiu antes de ser atingido por carro, em Goiânia Polícia Civil/Divulgação O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas ele já estava sem sinais vitais quando a equipe de socorro chegou. Os médicos constaram a morte do motociclista. A corporação informou ainda que o motociclista freou bruscamente para tentar evitar a colisão, mas acabou caindo e sendo atingido pelo carro. O motorista do carro permaneceu no local do acidente e passou por teste de bafômetro e, segundo a polícia, o resultado foi negativo. O caso segue sendo investigado pela corporação. Motociclista morre ao ser atropelado por carro após cair da moto, em Goiânia Polícia Civil/Divulgação Veja outras notícias da região no g1 Goiás. VÍDEOS: trânsito em Goiás

Houve também aumento na procura por profissionais em consultórios. Entre os sintomas mais comuns estão a depressão e ansiedade. Setembro Amarelo - Campanha é dedicada à prevenção do suicídio Divulgação Os efeitos da pandemia na saúde mental já refletem no aumento pela procura de ajuda psicológica e também na gravidade dos casos que chegam aos serviços públicos em Divinópolis. No mês dedicado à prevenção do suicídio - Setembro Amarelo - o g1 conversou com uma psicóloga que atende pela Prefeitura de Divinópolis e também profissionais que atuam em consultórios, para saber sobre o aumento da demanda e quais os níveis dos casos atendidos neste ano, de janeiro a setembro. Para respaldar a pesquisa, a reportagem ouviu três profissionais da psicologia que atendem em consultórios e, por unanimidade, eles declararam aumento de mais de 30% na busca pelo acolhimento psicológico. Já nos serviços oferecidos pelo município, não foi possível mensurar o aumento, porque os serviços foram suspensos em alguns períodos por causa da pandemia, mas ao retomar às atividades, a referencia técnica da área no município, Lucimar Aparecida, relatou que os casos estão muito mais graves que em anos anteriores. Mesmo com a suspensão dos serviços de psicologia no município por alguns meses, em decorrência da pandemia, Lucimar considerou que os atendimentos públicos despencaram no período de pandemia por conta das escolas que estavam com aulas remotas. A maioria dos atendimentos é de grupos que ainda estão no percurso escolar. Ao g1 ela revelou que ao retornarem as aulas presenciais os atendimentos cresceram significativamente. Isso porque a comunidade escolar atua como uma ponte entre o aluno e o acolhimento psicológico. “Esses meninos ficaram fora da escola e a porta de entrada para a psicologia no município passa muitas vezes pelos encaminhamentos das escolas. Sendo assim, no período de retorno os casos estão de fato, mais graves do que no ano passado e outros anos anteriores”. Lucimar explicou que os pacientes graves estão geralmente relacionados às famílias de alta vulnerabilidade social, em que neste momento de pandemia; muitas vezes os pais ficaram desempregados, adoeceram, ou às vezes o núcleo familiar faz uso abusivo de álcool e outras drogas e, assim, os filhos acabam sofrendo e entram em conflito com situações diversas. “Já pegamos casos de automutilação e tentativa de suicídio. Esse tipo de atendimento tem crescido cada vez mais nesse período e são muito graves”, destacou. A psicóloga Amanda Paz Amaral, percebeu um aumento de cerca de 35% na busca pelo serviço clínico e, assim como Lucimar, também afirmou que a gravidade dos casos pode ser atribuída a critérios como falta ou diminuição de socialização com grupos familiares ou de amigos e também à turbulência vivenciada por famílias que acabam se desorganizando nesse momento de sofrimento, repassando isso para os membros familiares. “Essa desorganização dentro de casa reflete posteriormente em comportamentos que extrapolam barreiras, seja qual for a faixa etária. Houve sim um aumento considerável na procura pela clínica e os danos psicológicos estão mais acentuados”, disse. Sintomas graves Na psicologia há cinco anos, Brenda Caroline contou que os sintomas mais comuns estão relacionados à crise de ansiedade, síndrome do pânico e depressão. “Esses sintomas são considerados graves, pois há um caminho que poderia ter sido percorrido até atingir níveis como estes. Ao estarmos diante de pacientes em crise, percebemos que estamos no ápice, claro, muito ainda pode ser feito, mas consideramos sintomas graves”, pontuou. Mês de prevenção ao suicídio Ainda sobre o Setembro Amarelo, Lucimar fez questão de ressaltar a importância de falar sobre o assunto e não trata-lo como um tabu. “Esse é o mês que a gente trabalha a prevenção do suicídio e eu ouço muitas vezes as pessoas falarem que podemos induzir os outros a cometerem suicídio quando abordamos o assunto. Pelo contrário, ao falarmos abrimos espaço para que as pessoas se sintam acolhidos e mostramos que elas podem falar dessa dor", enfatizou. “As pessoas que têm ideias suicidas muitas vezes não falam porque sentem que as pessoas não vão compreender. Quando você trabalha exatamente o contrário você quebra esse tabu, mostra que tem tratamento, que há um sistema organizado para dar suporte para as pessoas que estão em sofrimento. O Setembro Amarelo busca muito trabalhar a valorização da vida e a qualidade de vida que é muito importante”, completou o psicólogo Everton Costa. Como buscar ajuda psicológica nos serviços públicos Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a porta de entrada para todos os serviços de saúde mental está na Atenção Primária, nas unidades básicas de saúde que estão espalhadas pelos bairros no município. "Nessas unidades há uma rede completa e equipe pronta para receber quem está em sofrimento mental. Temos referências em cada localidade. Uma pessoa que não está bem pode procurar para ser direcionada para o tratamento adequado, no serviço adequado”, explicou Lucimar. Leia também: UEMG oferece projetos de atendimento psicológico gratuito para Divinópolis e região VÍDEOS: veja tudo sobre o Centro-Oeste de Minas

Escavação foi encontrada durante procedimento de fiscalização na unidade prisional Túnel é encontrado dentro de cela do Compaj em Manaus Seap Agentes de ressocialização da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) descobriram a construção de um túnel em uma das celas do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), localizado no km 08 da BR-174 (Manaus-Boa Vista). A descoberta aconteceu neste domingo (26). O túnel, que media dois metros de comprimento, foi descoberto dentro de uma cela do pavilhão 3, durante procedimento de fiscalização realizado diariamente em todas as unidades prisionais do estado. O local foi isolado e os internos que ocupavam o lugar foram realocados para outras celas da mesma ala. Todos irão responder no Conselho Disciplinar. O túnel, que media dois metros de comprimento, foi descoberto dentro de uma cela do pavilhão 3 Seap Veja os vídeos mais assistidos do G1 Amazonas

Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, Hallyson Wagnner trabalhava no ramo de confecções e havia sido chamado para fazer uma entrega. Homem é assassinado na frente da esposa na BR-104, em Caruaru Instagram/Reprodução Um homem identificado como Hallysson Wagnner, de 35 anos, foi assassinado a tiros na manhã deste domingo (26) em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. O crime aconteceu no trecho conhecido como Lampião, na BR-104. A vítima estava dentro do carro ao lado da esposa, que não foi atingida pelos disparos. Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, Hallyson trabalhava no ramo de confecções e havia sido chamado para fazer uma entrega. Quando chegou no Lampião, o carro onde ele estava com a esposa sofreu uma emboscada. A Polícia Civil ainda não sabe a autoria e a motivação do crime. Vídeos de Caruaru e região

Três secretarias planejam as medidas para beneficiar famílias assentadas em palafitas. São Vicente vistoria comunidade do Bugre e estuda obras contra alagamentos na região Aline Silvério A Prefeitura de São Vicente , no litoral de São Paulo, planeja implantar uma estação elevatória de drenagem próxima a avenida Penedo, na comunidade do Bugre. A ação visa permitir a reconstrução do leito do Rio dos Bugres para o escoamento e prevenção de alagamentos ou enchentes na área. A obra visa atender às pessoas em situação de vulnerabilidade social que vivem na comunidade. Uma vistoria foi realizada naquela região, por equipes da prefeitura, na última sexta-feira (24). Um cronograma de serviços públicos está sendo traçado em conjunto com as secretarias de Habitação (Sehab), Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedup), Projetos Especiais (Sepes), em conjunto com a Companhia de Habitação da Baixada Santista (Cohab Santista). A Sehab contabilizará o número de famílias, junto ao cadastro individual dos habitantes na área e fará um levantamento das edificações, a partir da semana que vem. Os dados serão repassados à Secretaria de Assistência Social (Seas) que verificará as políticas públicas de amparo necessário às pessoas no local. As informações também serão repassadas à Cohab, que poderá encaminhar os cidadãos ao projeto ‘Vida Digna’. O programa estadual possui investimentos de R$ 600 milhões e tem o objetivo de beneficiar 2.800 famílias das palafitas de toda a Baixada Santista. Segundo a Sehab, também haverá estudos sobre a necessidade de auxílio-aluguel ou remoção definitiva das famílias. Por meio do Plano Diretor de Macrodrenagem, a Sedup planeja as primeiras ações na área. A ideia é construir uma estação elevatória de drenagem, que serve como uma forma de coletar o excesso de água do canal, o que impediria o acúmulo nas casas e nas ruas. A obra aconteceria entre a bacia do Catiapoã até a Ilha Sambaiatuba, e poderia beneficiar os três canais do município. A pasta também estuda a possibilidade de implantação de comportas, de forma emergencial, mesmo sem a elevatória em um primeiro momento, o que já diminuiria parte do problema. VÍDEOS: G1 em 1 Minuto Santos d

Ação tem como objetivo presentear com brinquedos crianças de 0 a 12 anos de idade, durante o mês de dezembro. Fundo Social de Avaré abre cadastro para 'Natal das Crianças' TV TEM / Reprodução O Fundo Social de Solidariedade de Avaré (SP) abriu, nesta semana, o cadastro para as famílias que querem receber brinquedos do "Natal das Crianças". A ação tem como objetivo presentear crianças de 0 a 12 anos de idade, durante o mês de dezembro. Para participar, os pais ou responsáveis devem apresentar RG, CPF e comprovante de residência atualizado, além do RG ou certidão de nascimento da criança, diretamente no prédio do Fundo Social, que fica na Rua Rio Grande do Sul, nº 1842. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e as inscrições podem ser feitas até o dia 15 de outubro. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (14) 3731-2658. Veja mais notícias no g1 Itapetininga e Região VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM
Segundo a PM, cerca de 100 pessoas estavam no local consumindo bebidas e interditando vias, impedindo o trânsito de veículos. PM informou que algumas pessoas começaram a arremessar garrafas, pedras, tijolos e pedaços de madeira em direção das viaturas. Policiais militares foram chamados para dispersar um "pancadão" na Avenida Elias Maluf, no Jardim Ipiranga. Segundo a PM, cerca de 100 pessoas estavam no local consumindo bebidas e interditando vias, impedindo o trânsito de veículos. O caso foi registrado na madrugada de sábado (25), por volta de 2h. A PM informou que, assim que os policiais chegaram no local, algumas pessoas começaram a arremessar garrafas, pedras, tijolos e pedaços de madeira em direção das viaturas. Os policiais conseguiram dispersar a multidão e o trânsito foi normalizado no local. Mais ação no domingo Para evitar aglomerações na cidade, uma operação entre PM e Guarda Civil Municipal (GCM) percorreu 11 pontos da cidade. A ação começou na noite de sábado e terminou às 4h deste domingo (26). Bloqueios foram feitos nos bairros Parque Paineiras, Parque São Bento e Jardim Capitão. No total, dez motoristas foram autuados nos três bairros. A GCM e a PM também deram apoio ao trabalho de fiscalização da Vigilância Sanitária (Visa) e da prefeitura. Doze estabelecimentos da cidade, denunciados por mroadores, foram vistoriados nos bairros Jardim Zulmira, Jardim Refúgio, Vila Progresso, Jardim Ipiranga, Parque São Bento, Jardim Simus, Jardim Júlio de Mesquita Filho e Jardim Simus. Desses locais, dois foram notificados por poluição sonora e dois receberam notificação por obstrução de calçada. A prefeitura informa que denúncias de aglomeração ou irregularidades podem ser feitas pelos telefones 153 (GCM) e 190 (PM). Veja mais notícias da região no g1 Sorocaba e Jundiaí VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM

Interessados têm até 29 de outubro para submeter projetos pela internet. tecnologia, computador, teclado Thaís Leocádio/G1/ Arquivo O Instituto Federal de Sergipe (IFS) está com edital aberto do processo seletivo para a seleção de cinco projetos de incubação para empresas não-residentes na instituição. Segundo o IFS, os interessados têm até 29 de outubro para submeter seus projetos pela internet. As propostas só poderão ser submetidas por docentes vinculados ao Instituto. Cada uma delas deve conter, pelo menos, um professor e um aluno ou egresso vinculado à instituição. Além disso, um dos membros da equipe deve ser sócio da empresa que será incubada.

Latrocínio vitimou fatalmente adolescente de 17 anos e pedreiro que trabalhava na residência. Mãe e filha mais nova, de 12 anos, seguem internadas após serem baleadas em Itanhaém (SP). Casa em que família e pedreiro foram baleados amanhece pichada em Itanhaém, SP Arquivo pessoal A casa da família que foi alvejada por assaltantes durante um latrocínio em Itanhaém, no litoral de São Paulo, amanheceu pichada neste domingo (26). Na residência estavam a mãe e suas duas filhas adolescentes, além de um pedreiro que prestava serviços no imóvel. Todos foram baleados na região da cabeça, segundo a PM. A adolescente de 17 anos e o pedreiro não resistiram e morreram. A mãe e a filha mais nova seguem internadas. Mãe de menina morta implorou ajuda para que filhas fossem salvas de massacre em SP Vídeo mostra dupla indo à residência para cometer assalto que resultou na morte de pedreiro e adolescente As pichações feitas no imóvel em que estavam as vítimas tinham dizeres desejando força à família, justiça e paz. "A justiça divina não falhará" diz uma das escritas no portão da casa. Já na porta da residência, outra pichação diz "força família", onde também foram deixadas flores com um laço e uma carta. Uma das pichações desejou força à família vítima de latrocínio; pedreiro que trabalhava no imóvel também foi alvejado e morreu Arquivo pessoal O latrocínio ocorreu por volta das 19h desta sexta-feira (24) no bairro Suarão. Além de roubar o carro da família, os suspeitos também levaram diversos pertences da residência e atiraram nas vítimas. Três das vítimas são da mesma família, sendo a mãe, de 41 anos, e suas duas filhas adolescentes, de 17 e 12. A quarta vítima foi um pedreiro, de 44 anos, que realizava serviços no local. O pedreiro, identificado como Geosaldo Cesário Monteiro, morreu pouco após ser ferido pela arma de fogo. Já a adolescente de 17 anos, identificada como Isabelle Amaral Costa, também morreu no hospital, na madrugada deste sábado (25). Até a última atualização desta reportagem, a mãe e a filha mais nova seguiam internadas. Carta e flores também foram deixadas em porta de família vítima de latrocínio em Itanhaém, SP Arquivo pessoal Casa em que família e pedreiro foram baleados amanhece pichada em Itanhaém, SP Arquivo pessoal Prisão A Polícia Militar deteve duas mulheres, de 20 e 26 anos, dois homens, de 22 e 27, e apreendeu um adolescente, de 16, suspeitos de estarem envolvidos no crime. A PM localizou dois destes suspeitos em uma pousada, no bairro Ivoty. No quarto, além do adolescente, foi encontrado o homem, de 22, que confessou ser o autor dos disparos. Segundo a Polícia Civil, a arma usada no crime - um revólver calibre 38 - foi apreendido com eles, bem como a chave de um carro que haviam subtraído anteriormente. A dupla também informou a localização do automóvel das vítimas, onde estava o restante do grupo, que confessou que auxiliou na fuga. Foi verificado ainda que o autor dos disparos era procurado pela Justiça de Campinas. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o caso foi registrado como latrocínio, ato infracional pelo mesmo crime, tentativa de roubo, captura de procurado, apreensão de adolescente e corrupção de menor no plantão permanente da cidade e encaminhado ao 3º DP. Quatro pessoas são baleadas em residência no bairro Suarão em Itanhaém, SP Luciana Moledas/g1 VÍDEOS: as notícias mais vistas do G1
Crime aconteceu em Apiúna. Ninguém foi preso. Uma família de Apiúna, no Vale do Itajaí, teve a própria casa invadida por dois assaltantes durante a madrugada deste domingo (26). Um dos sete moradores, um homem de 47 anos, teve que levar um dos suspeitos até a farmácia da família, da onde foi levado R$85 mil. Enquanto isso, o outro assaltante mantinha o restante dos moradores rendidos. Os homens fugiram e não foram localizados pela Polícia Militar até as 15h de domingo. A PM foi acionada por volta das 3h40. Parte da família, três mulheres, uma de 27 anos, outra de 38 e uma 67 anos, além uma jovem de 14 anos, uma criança de 10 e um bebê com idade não informada, foram encontrados na sala da residência. O homem de 47 anos foi trancado no banheiro da casa pelos suspeitos antes de fuga. Ninguém ficou ferido. O assalto Segundo o boletim de ocorrência, uma das vítimas levantou para amamentar o bebê quando, ao chegar na cozinha da residência, se deparou com dois homens encapuzados e armados arrombando a porta da casa. Assim que entraram no local, a dupla anunciou o assalto. Ao renderem a mulher, os suspeitos acordaram os demais moradores. De acordo com a PM, os homens exigiram dinheiro ao proprietário da casa. Ao serem informados que as economias da família ficavam em um cofre na farmácia que possuem, a dupla se dividiu. Enquanto um foi até ao estabelecimento o outro ficou na casa com o restante do grupo. Após entregar o dinheiro do cofre para o suspeito, a vítima voltou para casa e foi trancada no banheiro. Os moradores contaram que a dupla estava encapuzada e vestia roupas escuras e luva. Os homens fugiram em um veículo branco e não foram localizados. VÍDEOS: Mais assistidos do G1 SC nos últimos dias Veja mais notícias do estado no g1 SC

De acordo com a Prefeitura, 58 bairros da cidade receberam o serviço de limpeza da rede de escoamento em 2021. Limpeza de bueiros é intensificada em Uberlândia Alex Rocha/Secretaria Municipal de Governo e Comunicação/PMU Com a proximidade do período chuvoso em Uberlândia, a limpeza de bueiros na cidade foi intensificada. A ação serve como medida de prevenção aos transtornos estruturais causados pelas chuvas. De acordo com a Prefeitura, até a segunda quinzena de setembro de 2021 a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos já havia recolhido entulho em 17.566 estruturas de escoamento e, com isso, desobstruiu o fluxo de água. A iniciativa já atendeu 58 bairros de Uberlândia em 2021, inclusivo ruas planas e avenidas de longa extensão. No período de estiagem, a limpeza ocorre duas vezes em cada ponto ou até mais, conforme a necessidade. Já durante as chuvas, a ação é mensal por bueiro. A Prefeitura alerta ainda que, para maior eficácia e durabilidade do trabalho, a participação da população é imprescindível, que deve evitar o descarte irregular de lixo em espaços públicos. Além das folhas de árvores, nos bueiros são encontrados resíduos da construção civil, materiais recicláveis, sacolas e animais mortos. É possível solicitar o serviço de limpeza por meio do Sistema de Informação Municipal pelo telefone (34) 3239-2800. VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas

Para ter acesso aos imunizantes, os indivíduos deverão estar com o nome do site da Secretaria Municipal da Saúde (SMS). Quem for tomar a segunda dose deve ficar atento à antecipação das datas de retorno. Prefeitura aplica 1ª, 2ª e 3ª doses contra Covid-19 nesta segunda Betto Jr./Secom Salvador vai retomar a estratégia de vacinação contra a Covid-19 na segunda-feira (27). Serão aplicadas a 1ª, 2ª e 3ª doses, das 8h às 16h. Para ter acesso aos imunizantes, as pessoas devem estar com o nome do site da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), no endereço www.saude.salvador.ba.gov.br. Quem tomou a 1ª dose da Oxford/Astrazeneca ou Pfizer deve ficar atento à data de retorno que foi antecipada. As pessoas que estavam previstas para receber a vacina até o dia 20/10, já podem procurar os postos para completar o esquema vacinal. A aplicação da 2ª dose da CoronaVac é para quem tem retorno previsto para o dia 28/09. Segundo a prefeitura de Salvador, haverá repescagem da primeira dose para os adolescentes com idades entre 12 e 17 anos sem comorbidades; para pessoas com 18 anos ou mais; para gestantes e puérperas com 12 anos ou mais, além dos jovens de 12 a 17 anos com comorbidades ou deficiência. A aplicação da 3ª dose para pessoas com 60 anos ou mais será para quem tomou a 2ª dose até o dia 15 de abril de 2021. Quem completou o esquema vacinal em casa, através do serviço do Vacina Express, não precisa fazer nova solicitação, uma vez que a administração da terceira dose acontecerá automaticamente. As equipes volantes também seguirão visitando as Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPI) para imunizar esse público. Para os indivíduos que tomaram a 1ª dose em outros municípios, a SMS segue com o fluxo de realizar a solicitação da 2ª dose através do cadastro na Ouvidoria da Saúde. A liberação da imunização dessas pessoas está sendo feito de forma gradativa. Aquelas que estão na situação citada e que ainda não fizeram o cadastro na Ouvidoria devem fazê-lo através do site www.saude.salvador.ba.gov.br/fale-com-a-ouvidoria/, informando os seguintes dados: nome completo; CPF; data da 1ª dose e do aprazamento da 2ª dose; nome da vacina; local em que tomou a primeira e telefone de contato. Após esta etapa, é necessário aguardar o contato da SMS informando dia e local do fechamento do esquema vacinal. Aqueles que já fizeram o cadastro, mas ainda não receberam contato da Ouvidoria da Saúde, devem aguardar a comunicação para o agendamento. 1ª DOSE - ADOLESCENTES SEM COMORBIDADES DE 12 A 17 ANOS – 8h às 16h Os adolescentes deverão ser acompanhados pelos pais ou outro responsável de maior idade durante o ato da vacinação. Para comprovação da responsabilidade, o pai ou a mãe deve apresentar documento de identificação original com foto no momento da imunização. No caso de outro responsável maior de idade, além do documento de identificação com foto, será necessário apresentar ainda uma declaração de responsabilidade, que pode ser feita manualmente. Drives: FBDC Brotas, Arena Fonte Nova (Nazaré), Barradão (Canabrava), Unijorge (Paralela) e Parque de Exposições (Paralela). Pontos fixos: USF Vista Alegre, USF Teotônio Vilela II (Fazenda Coutos II), USF Fernando Filgueiras (Cabula VI), USF Vale do Matatu, FBDC Brotas, Barradão (Canabrava) e Clube dos Oficiais da Polícia Militar (Dendezeiros). 1ª DOSE - GESTANTES E PUÉRPERAS: 8h às 16h Obedecendo nova recomendação do Ministério da Saúde, somente poderão buscar os pontos de imunização as grávidas e puérperas (até 45 dias pós-parto) que tiverem prescrição médica para receber a vacina. Para ter acesso ao imunizante, todas as gestantes e puérperas devem ter idade igual ou superior a 12 anos, estar com os nomes no site da SMS e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto, além de: Gestantes: devem também apresentar, obrigatoriamente, cópia impressa da prescrição médica. Puérperas: devem também apresentar, obrigatoriamente, cópia impressa da prescrição médica e Declaração de Nascidos Vivos (DNV) ou certidão de nascimento do bebê. Está suspensa a vacinação para gestantes e puérperas com os imunizantes Oxford/Astrazeneca e Janssen. As gestantes e puérperas menores de 18 anos deverão ser acompanhadas pelos pais ou outro responsável de maior idade durante o ato da vacinação. Para a comprovação da responsabilidade, o pai ou a mãe deve apresentar documento de identificação original com foto no momento da imunização. No caso de outro responsável maior de idade, além do documento de identificação com foto, será necessário apresentar ainda uma declaração de responsabilidade, que pode ser feita manualmente. Drives: 5º Centro de Saúde (Barris), Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos) e FBDC Cabula. Pontos fixos: 5º Centro de Saúde, USF Vila Matos (Rio Vermelho), Shopping da Bahia (LOJA NO 2º PISO - ENTRADA F0 - das 9h às 16h), USF Beira Mangue, UBS Virgílio de Carvalho (Bonfim) e USF Cajazeiras V. 1ª DOSE - ADOLESCENTES DE 12 A 17 ANOS COM COMORBIDADES E/OU DEFICIÊNCIA PERMANENTE COM NOME CADASTRADO NO SITE DA SMS: 8h às 16h Os adolescentes deverão ser acompanhados pelos pais ou outro responsável de maior idade durante o ato da vacinação. Para comprovação da responsabilidade, o pai ou a mãe deve apresentar documento de identificação original com foto no momento da imunização. No caso de outro responsável maior de idade, além do documento de identificação com foto, será necessário apresentar ainda uma declaração de responsabilidade, que pode ser feita manualmente. Drives: 5º Centro de Saúde (Barris), Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos) e FBDC Cabula. Pontos fixos: 5º Centro de Saúde (Barris), USF Vila Matos (Rio Vermelho), Shopping da Bahia (LOJA NO 2º PISO - ENTRADA F0 - das 9h às 16h), USF Beira Mangue, UBS Virgílio de Carvalho (Bonfim) e USF Cajazeiras V. 1ª DOSE - REPESCAGEM DAS PESSOAS DE 18 ANOS OU MAIS: 8h às 16h Drive: Uninassau (Pituba) Pontos fixos: UBS Pelourinho, USF Terreiro de Jesus, UBS Péricles Esteves (Barbalho), USF Alto de Coutos II, USF Itacaranha, USF Rio Sena, USF Alto de Coutos I, USF Cajazeiras XI, USF Fazenda Grande III, USF Boca da Mata, USF Itapuã, USF Vila Verde, USF Mussurunga, UBS Ministro Alckmin (Massaranduba), USF São José de Baixo, USF Joanes Leste, USF Úrsula Catharino (Garcia), USF Menino Joel (Nordeste de Amaralina), USF Alto das Pombas, USF Estrada das Barreiras, USF Prof. Guilherme Rodrigues da Silva (Arenoso), USF Antonio Ribeiro Neiva (Arraial do Retiro), USF Cambonas, UBS Castelo Branco, USF Vila Nova de Pituaçu, USF São Marcos, USF San Martim I, USF Santa Mônica, UBS Péricles Laranjeiras, UBS Marechal Rondon, UBS Frei Benjamin (Valéria), UBS Major Cosme de Farias, UBS Mario Andrea (Sete Portas), USF Candeal Pequeno, UBS Cesar de Araújo (Boca do Rio), USF Zulmira Barros (Costa Azul) e USF Parque de Pituaçu. 2ª DOSE OXFORD – 8h às 16h As pessoas que estão com a data de reforço da vacina contra a Covid-19 da Oxford programada para até o dia 20 de outubro já podem procurar os pontos de imunização para receber a vacina. Drives: Vila Militar (Dendezeiros), Shopping Bela Vista e Faculdade Universo (Avenida ACM) Pontos fixos: USF Colinas de Periperi, USF Plataforma, UBS Ramiro de Azevedo, USF Curralinho, USF Pirajá, UBS Nelson Piauhy Dourado (Águas Claras) e USF San Martim III. 2ª DOSE CORONAVAC – 8h às 16h Amanhã todas as pessoas que estão com a data de reforço da vacina contra a Covid-19 da CoronaVac programada para até o dia 28 de setembro já podem procurar os pontos de imunização para receber a vacina. Drive: Uninassau (Pituba) Pontos fixos: UBS Pelourinho, USF Terreiro de Jesus, UBS Péricles Esteves (Barbalho), USF Alto de Coutos II, USF Itacaranha, USF Rio Sena, USF Alto de Coutos I, USF Cajazeiras XI, USF Fazenda Grande III, USF Boca da Mata, USF Itapuã, USF Vila Verde, USF Mussurunga, UBS Ministro Alckmin (Massaranduba), USF São José de Baixo, USF Joanes Leste, USF Ursula Catharino (Garcia), USF Menino Joel (Nordeste de Amaralina), USF Alto das Pombas, USF Estrada das Barreiras, USF Prof. Guilherme Rodrigues da Silva (Arenoso), USF Antonio Ribeiro Neiva (Arraial do Retiro), USF Cambonas, UBS Castelo Branco, USF Vila Nova de Pituaçu, USF São Marcos, USF San Martim I, USF Santa Mônica, UBS Péricles Laranjeiras, UBS Marechal Rondon, UBS Frei Benjamin (Valéria), UBS Major Cosme de Farias, UBS Mario Andrea (Sete Portas), USF Candeal Pequeno, UBS Cesar de Araújo (Boca do Rio), USF Zulmira Barros (Costa Azul) e USF Parque de Pituaçu. 2ª DOSE PFIZER: 8h às 16h As pessoas que estão com a data de reforço da vacina contra a Covid-19 da Pfizer programada para até o dia 20 de outubro já podem procurar os pontos de imunização para receber a vacina. Drives: Universidade Católica de Salvador (Pituaçu) e Universidade Federal da Bahia - Campus Ondina. Pontos fixos: Universidade Católica de Salvador (Pituaçu), USF Eduardo Mamede (Mussurunga), USF Sérgio Arouca (Paripe), USF Tubarão, USF Cajazeiras X, USF Federação, USF Santa Luzia, USF Imbuí e CSU Pernambués. 3ª DOSE - PESSOAS COM 60 ANOS OU MAIS: 8h às 16h A aplicação da terceira dose será administrada em idosos com 60 anos ou mais que tomaram a segunda dose até o dia 15 de abril de 2021. Para este público também está disponível o serviço Vacina Express, assim como para os indivíduos acamados ou com dificuldade de locomoção. O site é o vacinaexpress.saude.salvador.ba.gov.br. Drives: 5º Centro de Saúde (Barris), Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos) e FBDC Cabula. Pontos fixos: 5º Centro de Saúde, USF Vila Matos (Rio Vermelho), Shopping da Bahia (LOJA NO 2º PISO - ENTRADA F0 - das 9h às 16h), USF Beira Mangue, UBS Virgílio de Carvalho (Bonfim) e USF Cajazeiras V. Veja mais notícias no g1 Bahia.

Embarcação chegou à ilha neste domingo (26) e conquistou o troféu Fita Azul ao cruzar a linha de chegada após 24 horas, 48 minutos e 58 segundos desde a largada, no Recife. Patoruzú chegou em primeiro lugar na Refeno pela terceira vez Ana Clara Marinho/TV Globo O barco pernambucano Patoruzú foi o primeiro a cruzar a linha de chegada, no Mirante do Boldró, neste domingo (26), pela Regata Recife-Fernando de Noronha (Refeno). O veleiro, que foi bicampeão em 2019, conquistou o troféu Fita Azul pela terceira vez. O barco fez o percurso das 300 milhas náuticas, o equivalente a cerca de 560 quilômetros, em 24 horas, 48 minutos e 58 segundos. O Patoruzú disputou o primeiro lugar geral com outro barco pernambucano, Aventureiro 4, que cruzou a linha de chegada com tempo de 25 horas e 55 segundos. Pesquisadores participam de regata com missão ecológica Em 2019, o Patoruzú foi o primeiro a chegar a Fernando de Noronha após 27 horas, 45 minutos e 35 segundos, tempo superior ao de 2018, quando terminou a prova em 25 horas, 58 minutos e 12 segundos e também levou o Fita Azul. A premiação dos vencedores acontece quarta-feira (29), no Museu do Tubarão. A largada da Refeno aconteceu no sábado (25). Segundo os organizadores, 77 veleiros partiram da capital pernambucana nesta 32ª edição regata. A competição foi cancelada em 2020 por causa da pandemia da Covid-19. Neste ano, os organizadores da Refeno adotaram um protocolo de segurança, com testagem prévia dos participantes. A direção da prova informou que cerca de 650 tripulantes embarcaram no sábado (25) e todos tiveram de apresentar exames com resultado negativo para a doença causada pelo novo coronavírus. Vídeos de PE mais vistos nos últimos 7 dias

Nomeação foi publicada em Diário Oficial do Amazonas. Após prisão de secretário de inteligência do AM, coronel do Exército é nomeado para assumir cargo Divulgação O coronel de infantaria do Exército Brasileiro Alexandre Luiz Gomes Perez de Rosário foi nomeado para secretário de Inteligência do Estado Amazonas. A nomeação foi publicada em Diário Oficial. Ele assume o cargo após o então chefe do setor de inteligência, delegado Samir Freire, ser preso na operação Garimpo Urbano, em julho deste ano. Samir Freire segue preso na sede da Delegacia Geral de Polícia Civil. A operação Garimpo Urbano, que resultou na prisão do delegado, investiga o envolvimento de agentes de segurança no desvio de cargas de ouro, obtidas durante abordagem aos transportadores. O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) fez uma denúncia à Justiça. O órgão aponta que a Seai foi sede para extorsões em casos de desvio de cargas irregulares de ouro, em Manaus. As ações de policiais ao abordarem um empresário foram captadas em imagens de câmera de segurança.

Serão disponibilizadas a 1ª, 2ª para pessoas a partir dos 12 anos e dose de reforço para pessoas acima dos 70 anos e em pessoas com baixa imunidade. Atendimento ocorre das 8h às 16h. Vacina acre rio branco covid-19 coronavírus Odair Leal/Secom A capital acreana continua aplicando a 1ª, 2ª e dose de reforço contra a Covid-19 nos moradores nesta segunda-feira (27). No total são 12 pontos de imunização abertos das 8h às 16h para atendimento. A dose de reforço é aplicada em idosos acima dos 70 anos e em pessoas com baixa imunidade (imunossuprimidos). Já a 1ª dose está disponível para pessoas acima dos 12 anos que não se imunizarem ainda. Já quem tomou a 1ª dose da Pfizer e da AstraZeneca há 60 dias pode buscar uma unidades de saúde e fechar o esquema vacinal com a segunda dose. Na última sexta-feira (24), mais de 1,7 mil doses de vacinas foram aplicadas durante a Campanha Vacina no Bem, que ocorreu na Escola Frei Heitor Maria Turrini, no Conjunto Habitacional Cidade do Povo, em Rio Branco. O levantamento é do Programa Nacional de Imunização (PNI). A ação foi realizada pelo Grupo Rede Amazônica, em parceria com o governo do Estado, Energisa e Universidade da Amazônia (Unama). Pontos de vacinação nesta segunda 1ª e 2ª dose da Pfizer e antecipação 60 dias ou + Urap Hidalgo de Lima Urap Maria Barroso Urap Rozangela Pimentel Urap Eduardo Assmar Urap Vila Ivonete Urap Roney Meireles Urap Ary Rodrigues Somente antecipação 2ª dose AstraZeneca com 60 dias ou + Urap Cláudia Vitorino Urap São Francisco Urap Valdeiza Valdez Urap Bacurau Urap Maria Barroso Urap Eduardo Assmar Policlínica Barral y Barral 2ª dose da CoronaVac Urap Eduardo Assmar Policlínica Barral y Barral Vacinação no Acre De acordo com informações do portal de transparência do governo, o Acre já recebeu 1.015.363 doses de vacinas e foram aplicadas 791.882 doses na população até este domingo (26). Das doses, 520.459 pessoas tomaram a primeira dose, 259.061 a segunda e 12.049 a dose única. Segundo o governo, o número de doses aplicadas que consta no portal refere-se aos dados já inseridos no sistema do Ministério da Saúde, cujas atualizações são realizadas pelos municípios. Por isso, pode haver atraso nas informações. Reveja os telejornais do Acre a

Conforme o Conselho Gestor de Safra, foram contabilizados 5.998 hectares de lavoura, sendo 4.850 de trigo sequeiro e 1.148 de cultura irrigada. Número registrado em 2020, foi 4.300. Imagem ilustrativa de plantação de trigo Embrapa Trigo/Divulgação A área plantada de trigo em Uberaba, da safra 2021, cresceu quase 40% em relação ao ano anterior. Conforme o Conselho Gestor de Safra — Emater, Embrapa e Secretaria Municipal do Agronegócio —, foram contabilizados 5.998 hectares de lavoura, sendo 4.850 de trigo sequeiro e 1.148 de cultura irrigada. Em 2020, o número de hectares registrados foi 4.300, o que representa um aumento de exatos 39,5% na área cultivada neste ano. Para o pesquisador da Embrapa Trigo, Vanoli Fronza, a conquista poderia ser ainda maior, caso não tivessem acontecido as anomalias climáticas e a seca histórica, registradas em 2021. “Se uma geada já é um fato raro, três, então, são raríssimas, e afetaram diretamente a qualidade do grão, e onde verificou-se tal intempérie, o grão ficou chocho, perdendo em qualidade e peso”, lamentou. Fronza ainda ressaltou que a última chuva significativa aconteceu em 19 de março, antes do período em que alguns produtores começaram a preparar as plantações. “Como não vieram mais chuvas, eles optaram por outras culturas mais resistentes ao tempo seco, como o sorgo”, enfatizou. Apesar das adversidades, o pesquisador afirmou que a produção obteve 9.558,80 toneladas de trigo. Dessas, 6 mil são de sequeiro e o restante é de trigo irrigado. A produtividade no irrigado ficou, em média, 3.100 kg por hectare e no sequeiro girou em torno de 2 mil kg por hectare. Para o próximo ano, Fronza afirmou ainda ser cedo para uma estimativa e que a produção irá depender da atratividade dos preços. "Hoje, os concorrentes, que são o milho safrinha e sorgo, também estão com os preços lá em cima. Por isso, agora, a opção do produtor é uma incógnita”, observou. Ele também salientou que há duas linhagens de cultivares de trigo de sequeiro que estão com pesquisas avançadas e bons resultados, sobretudo, de resistência à brusone — doença causada pelo fungo Pyricularia grisea. A expectativa é que até o final de 2023 e começo de 2024, a semente esteja à disposição do produtor. VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas

Celebrado tanto pela Igreja Católica quanto pelo Candomblé e Umbanda, Cosme e Damião foram irmãos médicos que atendiam gratuitamente os mais pobres, em especial crianças. Os doces hoje são preparados pela filha e neto de Enedina, em Campo Grande. Família Moura/Arquivo Pessoal Quarenta e oito anos atrás começava a devoção da família Moura aos irmãos São Cosme e Damião. Com a chegada da filha caçula de dona Enedina, Giane, nascia em Corumbá a tradição que passou de avó para filha e chegou ao neto aqui em Campo Grande. Hoje com 75 anos e aposentada, Enedina Flores de Moura volta no tempo para contar como conheceu os santos. Grávida, ela já havia perdido outros dois bebês em um só ano e precisou ficar os nove meses de repouso absoluto. "Foi uma situação bem complicada, Giane nasceu no meio de uma infecção tão grande”, recorda. Enedina engravidou no fim de dezembro e os médicos disseram à família que a gestação poderia trazer uma hemorragia muito grave. Se a hipótese se concretizasse, os profissionais fariam de tudo para salvar a mãe que já tinha um filho para criar. No 4º e no 6º mês, dona Enedina passou por sustos e quase perdeu a menina. No dia 27 de setembro de 1973, por conta de um sangramento fortíssimo, a gestante foi levada às pressas, de ambulância, para a maternidade em Corumbá. “Fiquei entre o morre e não morre, mas a Giane nasceu e por incrível que pareça ela não tinha nada. Eu operei de tardezinha e no outro dia, de manhã, já estava andando”, lembra. Ainda na maternidade, mãe e filha receberam visitas que fizeram a associação entre o nascimento de Giane e o dia de São Cosme e Damião. “Uma amiga veio me visitar e me disse: ‘ela nasceu protegida’, daí em diante comecei a conhecer Cosme e Damião”, narra. Três gerações de devoção: avó Enedina, a filha Giane e o neto Marcus. Família Moura/Arquivo Pessoal Como sempre trabalhou muito, principalmente no comércio, dona Enedina não tinha tempo para distribuir as sacolinhas, mas comprava e preparava com toda devoção. Quem entregava era sua líder espiritual, dona Antônia. Isso porque Enedina que é católica também frequentava o centro espírita. “Toda vida eu fiz e dei pra ela entregar. Minhas filhas foram muito protegidas espiritualmente. Eu sou apaixonada por Cosme e Damião. Giane nunca internou, ela é muita abençoada”, atribui. Para a filha “A lembrança que eu tenho é de correr atrás dos doces junto com todas as crianças do bairro, de ficar nas filas, de escutar os fogos e no fim do dia depositar todos os doces que a gente tinha conseguido numa bacia”, descreve Giane Moura, que neste dia 27 completa 48 anos. De família católica e também simpatizante do Espiritismo, a pedagoga frequentava as festas nos terreiros e achava maravilhoso ver os médiuns incorporando as crianças que cantavam e brincavam nos centros. “Eu nunca tive preconceito em relação a Cosme e Damião, depois entendi que também eram santos considerados pela Igreja Católica. Eles foram dois irmãos que se formaram em Medicina e ajudaram as crianças em toda a sua vida terrena, e a tradição de entregar os doces era o que eles faziam com as crianças pobres e doentes. Eu cresci ouvindo que Cosme e Damião faziam o bem e no dia, presentear as crianças com doces, é uma forma de tirar um pouco da amargura, da tristeza e da pobreza que muitas crianças vivem até hoje”, destaca. Imagem dos santos irmãos na casa de Enedina. Família Moura/Arquivo Pessoal Oito anos atrás, depois que dona Enedina ficou doente e deixou de fazer os doces, foi Giane que assumiu a tradição da família em Corumbá, passando o papel para o filho Marcus em 2020, já aqui em Campo Grande. “Eu sinto uma alegria muito grande, porque é tão difícil você passar uma tradição de pai para filho e eu vi isso crescer, na realidade já acontecia com a minha avó de alguma forma, depois mãe cultuou isso. Entregar os doces sempre foi uma emoção muito forte para mim e é muito legal ver que seu filho está mantendo essa tradição”, diz Giane. Para o neto Foi em 2020 que recebi uma mensagem chamando para ir buscar os doces de São Cosme e Damião, em Campo Grande, para os meus pequenos. Era a primeira vez que, de alguma forma, eles eram apresentados às figuras que perpassam pelo Catolicismo, Candomblé e Umbanda. Além da lembrança forte da infância e também da tradição da família, foi por querer passar adiante o amor pregado pelo Candomblé que o neto de Enedina, o jornalista corumbaense Marcus Moura, de 26 anos, passou a entregar os docinhos na Capital. “São dois santos protetores das crianças e aqui em Campo Grande não tem tanto essa tradição, então eu comecei a entregar para os filhos dos meus amigos. No ano passado foi meu primeiro ano e a pessoa que me voltou para o Candomblé e que não está mais entre nós, me ajudou a comprar parte dos doces. Para mim é uma data muito especial, estou fazendo em memória e tradição à minha família, mas também ao meu amigo que já não está mais aqui”. Depois de ver a mãe seguindo a tradição da avó, Marcus quem fez a promessa aos santos para dar continuidade. “Minha promessa é para conservar a minha saúde por conta da minha comorbidade. Eu vou distribuir o doce até o dia em que eu fechar meus olhos, esta é a minha promessa”, afirma. Tradição viajou 419 quilômetros e veio de Corumbá para ser feita por mãe e filho em Campo Grande. Família Moura/Arquivo Pessoal Significados Para a família Moura não tem nada que simbolize mais partilhar do que entregar doces no dia de Cosme e Damião. A tradição chegou a terceira geração e viajou 419 quilômetros, da Cidade Branca até Cidade Morena. “No quesito de alegria, de partilha, de amizade, a gente cresceu em Corumbá correndo com as crianças que eu nunca vi na vida, mas que se ajudavam. Em Corumbá ninguém nunca vai negar um copo de água para uma criança que está correndo Cosme e Damião, isso me lembra muito minhas raízes e o amor fraterno, o sentimento de ajudar o outro pela alegria de ver o outro feliz, sem querer nada em troca”. No Candomblé e na Umbanda, as figuras de Cosme e Damião são cultuadas e comemoradas no dia 27 de setembro, que teria sido a data em que os irmão foram mortos. Para a Igreja Católica, a memória celebrada é no dia 26 de setembro. Dentro do Catolicismo, os irmãos gêmeos que se formaram em Medicina atendiam gratuitamente os mais carentes. Considerados mártires, eles foram sentenciados à morte no início do século IV pelo imperador Diocleciano. “O mártir é sempre uma testemunha de fé, e consta que eles foram até o fim do posicionamento deles em relação a fé em Cristo”, explica o padre Adriano Stevaneli. A data celebrada no dia 26 de setembro seria a data provável da dedicação da basílica. São Cosme e Damião são patronos dos profissionais da área de saúde como médicos, farmacêuticos e enfermeiros.

Com ele, a PM encontrou porções de crack, cocaína e maconha. Caso aconteceu no bairro Vila Paraíba. Adolescente é apreendido por tráfico de drogas em Caçapava. Divulgação/PM Um adolescente de 16 anos foi apreendido por tráfico de drogas na noite deste sábado (25), em Caçapava. De acordo com a Polícia Militar, uma equipe que fazia patrulhamento de rotina no bairro Vila Paraíba, por volta das 20h45, desconfiou da atitude suspeita do jovem, que ao ver a viatura tentou fugir. Ainda segundo a PM, o jovem foi abordado e com ele foram encontradas cerca de 140 porções de cocaína, crack e maconha dentro de uma sacola plástica, além de uma certa quantia em dinheiro. O adolescente foi levado para a delegacia e autuado por tráfico de drogas. Ele foi liberado para ir pra casa na presença de um responsável. Veja mais notícias do Vale e região